sexta-feira, 28 de setembro de 2012

1° Olimpíada AEB - Ciclismo 2012






"Esta prova é de caráter beneficente, portanto, mesmo que não vá competir, leve sua doação. Ajude a LMC e os atletas a aumentar o volume doado". 
Mudança de percurso:
O percurso será no sentido horário.

Competição beneficente
Local: Av. Prof. Mário Werneck , rua Des. Amilcar de Castro , Av. Senador Lima Guimarães
Percurso: 1.000 m aproximadamente
Data: 29/09 (sábado)
Concentração: 13:00 h
Largada: 14:00 h

Inscrições: no local, meia hora antes de cada bateria
Valor: R$10,00 ou 1 kg de alimento não perecível para 1 categoria
Valor: R$20,00 ou 2 kg de alimento não perecível para 2 categorias
Alimentos válidos: arroz, feijão, açúcar, pó de café ou macarrão.

Entidade que receberá as doações:
LAR DE IDOSOS PADRE LEOPOLDO MERTENS
Endereço: Rua Padre Leopoldo Mertens, 1231 - Bairro São Francisco
Contato: Ione
Fone: 3492-6747

Premiação
Troféus do 1° ao 5° colocado

Será sorteado 3 velotrois para as crianças presentes no evento. Oferecimento da BH Bikes


Categorias:
Largarão na seguinte ordem e juntas:

Giro 30 - 30 min + 1 volta
MTB - 35 min + 1 volta

Amadora  - 40 min + 1 volta
Estreante - 35 min + 1 volta

Master A - 45min + 1 volta
Master B - 40 min + 1 volta
Master C - 35 min + 1 volta

Caminhada da Família + crianças presentes no evento.

Open - 50 min + 1 volta

Regulamento: 
Leiam com atenção as regras abaixo:
- Se for correr duas categorias deverá levar 2 kg de alimento ou R$20,00
- A largada será dada pontualmente.
- Atleta que se atrasar perderá o direito de correr na categoria que estiver inscrito.
- Todo atleta deverá preencher corretamente o termo de responsabilidade para correr. Caso contrário será desclassificado.
-É obrigatório para a categoria MTB o uso de pneus MTB, e pé de vela com coroa no máx. de 48 dentes.
- Não será permitido a categoria MTB correr com pneus lisos (carecas).
-Obrigatório uso de capacete
-Em caso de acidente, o atleta será removido para o Pronto Socorro mais próximo.
-Em caso de pneu furado ou avaria mecânica, o atleta deverá se posicionar no espaço reservado para a manutenção e valerá a volta. Para retornar à prova, deverá aguardar na linha de chegada o último da sua categoria passar com os pés no chão.
-Qualquer discursão, bate boca ou atitude antiesportiva durante a prova o atleta será suspenso de toda a temporada 2012.
-Em caso de reclamação o atleta deverá procurar a tenda da organização, preencher um formulário, pagar a taxa de R$100,00 e aguardar o julgamento. Caso seja procedente a reclamação será devolvida a taxa. Caso o atleta insistir na reclamação junto ao diretor de prova será suspenso imediatamente.
-O atleta não poderá subir no pódium usando capacete ou chinelos e camisa sem manga
-O atleta não poderá correr de camisa sem manga.
-A premiação ocorrerá dentro do pátio da BHTrans
-Não será permitido colocar bicicletas na frente do pódium. Salvo se ela for patrocinadora do evento.
-O atleta que não comparecer para a premiação sem prévio aviso será desclassificado.
-Nenhum atleta poderá entrar na tenda da organização sem prévia autorização.
-Reservo o direito de uso de todas as fotos tiradas no evento.

-As fotos serão publicadas no blog: facebook.com/ligamineiradeciclismo e estarão liberadas, sendo obrigatório colocar o nome do fotógrafo (direitos autorais).
-Será fornecido pela organização água para os atletas.
-Todo o lixo produzido pelo atleta terá apenas um local de descarte, próximo à linha de chegada, onde a organização se encarregará de fazer a limpeza.
-Atleta que for pego urinando fora das instalações próprias será desclassificado e corre o risco de ter problemas com segurança local (Polícia Militar).
- Todo atleta menor de idade deverá ter a inscrição assinada por um responsável maior de idade que deverá estar presente durante a prova.

Apoio:
RDMec
By Japão
BH Bikes
GWR - Peças para tratores e parafusos em geral
Delta Service - Manutenção e Assistência técnica em microcomputadores
Homecinema - Sua casa automatizada
Pedala BH
BHTrans
www.pedaldofrango.blogspot.com

Realização:
Associação dos Empregados da BHTrans

Organização e supervisão:
Liga Mineira de Ciclismo
Lei Federal n° 9.615/98 (Lei Pelé) de 24 de Maio de 1998
Decreto Lei 3.944 de 28/09/200

Pateta - Como andar de bicicleta

Encontros Massa Crítica nasceram há 20 anos nos EUA e na sexta decorrem em Lisboa

Lisboa, 27 set (Lusa) -- Os encontros Massa Crítica, que juntam uma vez por mês grupos de pessoas em passeios de bicicleta pelas estradas mais movimentadas de cidades de todo o mundo, chegaram a Lisboa há nove anos, cidade onde decorrerão esta sexta-feira.

"Na última sexta-feira de setembro de 1992, um grupo de ciclistas juntou-se na Market Street, em São Francisco, para a primeira Massa Crítica", refere a página oficial na Internet da iniciativa naquela cidade da Califórnia.

Este passeio tornou-se, de acordo com o site, numa "coincidência organizada" mensal, e, ao longo dos anos espalhou-se por cidades de todo o mundo.

Em Portugal, mais especificamente em Lisboa, estes passeios realizam-se há nove anos.

De acordo com a página na Internet da Massa Crítica (MC) -- Portugal, trata-se de "um passeio no meio da cidade feito em transportes suaves", que se realiza "sempre na última sexta-feira de cada mês às 18:00, partindo de um local predeterminado".

"As MC também são conhecidas nos países lusófonos como 'Bicicletada' porque a maioria dos participantes desloca-se em bicicleta. No entanto o termo 'Massa Crítica' é mais apropriado porque encoraja a participação de pessoas que se deslocam de outras formas suaves: patins, skate, trotinete," pode ler-se no site.

Em 2003, foram 14 as pessoas que participaram na primeira MC em Lisboa. Há um ano, os participantes foram cerca de 400.

Entretanto, a iniciativa estendeu-se a outras cidades, como Aveiro, Braga, Coimbra, Porto, Guimarães, Beja e Sines.

Na sexta-feira, além do passeio, o 20.º aniversário da MC de São Francisco e o 9.º da de Lisboa serão comemorados com o habitual passeio e uma festa no Largo do Intendente, que começa pelas 21:00.

JRS

Lusa/Fim

Trânsito também tem ciclistas imprudentes


Ciclistas que trafegam pelas ruas de São Paulo devem respeitar as leis de trânsito. Mas muitos ignoram as regras e, como não são multados, não seguem o que prevê o código de trânsito.

Bikeromaria - prorrogação da inscrição


Olá pessoal,

As inscrições da IV Bikeromaria, foram prorrogadas para o dia 06 de outubro de 2012 até as 12:00 horas ou até que esgotem as 170 vagas.
As camisas devem ser retiradas na Divina Roda do dia 18 a 20/10/12 no horário comercial. Não entregaremos camisas após a data limite e em hipótese alguma poderá ser trocada por tamanho diferente , para isso temos as camisas para prova na loja.
As reservas somente para quem mora fora de Pará de Minas e mediante deposito com identificação que deverá ser apresentado na retirada da camisa.

APÓS O DIA 06/10/2012 NÃO HAVERÁ CANCELAMENTO DA INSCRIÇÃO E A DEVOLUÇÃO DOS VALORES PAGOS.

ATENÇÃO: O LOCAL DE CONCENTRAÇÃO MUDOU PARA O PARQUE DO BARIRI, E É DE INTEIRA RESPONSABILIDADE DO CICLISTA A RETIRADA DA BIKE NA VOLTA QUE TEM COMO PONTO FINAL O POSTO BATISTA, A ORGANIZAÇÃO NÃO SE RESPONSABILIZARÁ PELA BIKE NÃO RETIRADA E MUITO MENOS ESTÁ OBRIGADA A CUIDAR DA MESMA APÓS A CHEGADA.

BIKEROMARIA A CAPELA DE PADRE LIBÉRIO, FÉ ESPORTE E ECOLOGIA.
PROMOÇÃO E ORGANIZAÇÃO: ACICLIS- ASSOCIAÇÃO PARAMINENSE DE CICLISTAS –

ECONOMIZE TEMPO E DINHEIRO E GANHE SAUDE: USE BICICLETA!

Quanto tempo dura uma bicicleta de ser roubado em Sevilha?

Bim Resgate





  • A Empresa
  •  
  • Serviços
  •  
  • Cliente
  •  
  • Fotos

  • Contato

  • Uma das empresas, fora do ramo de ciclismo, que veste a camisa da Liga Mineira de Ciclismo desde 2011. E continuará presente este ano em todos os eventos e ações da LMC.

    Dia do Parque Nacional do Gandarela


    Campeonato Mineiro de Ciclismo movimenta Pará de Minas


    Highslide JS

    A sétima etapa do  Campeonato Mineiro  de Ciclismo promovida pela Liga Mineira trouxe a Pará de Minas, mais de oitenta cicilistas de todo o Estado de Minas Gerais  e também de São  Paulo. A competição teve o apoio da Associação dos Ciclistas de Pará de Minas e foi realizada em um circuito improvisado na Avenida Presidente Vargas,  entre  a Coopará e o trevo da BR 352. As provas começaram  às 8 horas e terminaram  às 13 horas, com pontuação e premiações aos participantes. Dezenas de corredores amadores de Pará de Minas e região também participaram do evento esportivo. O presidente da Liga Mineira de Ciclismo, Demerson Furtado Pulis Gomes, fez um balanço muito positivo do evento, elogiando a pista:

    O presidente da Liga ficou tão entusiasmado com o resultado que está pensando em fazer a entrega dos troféus e certificados do final do campeonato em uma grande festa na cidade de  Pará de Minas. O ex presidente da  Associação dos Ciclistas de Pará de Minas, Jairo Mendes, ficou muito satisfeito e agradeceu as pessoas que contribuíram para que o evento fosse um sucesso:

    Uma das atrações da corrida  foi o atleta Rogério Pacheco que é recordista mundial na modalidade de corridas em 24 horas:

    Ele sempre realiza  campanhas contra as drogas e está sempre debatendo o tema em um trabalho preventivo:

    http://www.santacruzam.com/parademinas/noticia/4975/0

    Você foi convidado a visualizar o álbum de fotografias de Israel Tomaz: Prova de MTB em Coimbra-MG 23-09-2012

    Foto
     












































    Coimbra, próximo a Viçosa -
    23/09/2012
    de Israel Tomaz
    Paulo Dutra e eu enfrentamos uma dura prova de MTB no último domingo. O Homem tá pedalando forte mesmo. Confiram. Grande abraço. 

    Bike video

    My NS Metropolis I on Pinkbike
    Fonte:http://www.pinkbike.com/video/278493/

    quinta-feira, 27 de setembro de 2012

    CARREATA EM DEFESA DA MATA DO PLANALTO / BH


    1° Olimpíada AEB - Ciclismo 2012


    1° Olimpíada AEB - Ciclismo 2012



















    "Esta prova é de caráter beneficente, portanto, mesmo que não vá competir, leve sua doação. Ajude a LMC e os atletas a aumentar o volume doado". 

    Mudança de percurso:
    O percurso será no sentido horário.

    Competição beneficente
    Local: Av. Prof. Mário Werneck , rua Des. Amilcar de Castro , Av. Senador Lima Guimarães
    Percurso: 1.000 m aproximadamente
    Data: 29/09 (sábado)
    Concentração: 13:00 h
    Largada: 14:00 h

    Inscrições: no local, meia hora antes de cada bateria
    Valor: R$10,00 ou 1 kg de alimento não perecível para 1 categoria
    Valor: R$20,00 ou 2 kg de alimento não perecível para 2 categorias
    Alimentos válidos: arroz, feijão, açúcar, pó de café ou macarrão.

    Entidade que receberá as doações:
    LAR DE IDOSOS PADRE LEOPOLDO MERTENS
    Endereço: Rua Padre Leopoldo Mertens, 1231 - Bairro São Francisco
    Contato: Ione
    Fone: 3492-6747

    Premiação
    Troféus do 1° ao 5° colocado

    Será sorteado 3 velotrois para as crianças presentes no evento. Oferecimento da BH Bikes















    Categorias:
    Largarão na seguinte ordem e juntas:

    Giro 30 - 30 min + 1 volta
    MTB - 35 min + 1 volta

    Amadora  - 40 min + 1 volta
    Estreante - 35 min + 1 volta

    Master A - 45min + 1 volta
    Master B - 40 min + 1 volta
    Master C - 35 min + 1 volta

    Caminhada da Família + crianças presentes no evento.

    Open - 50 min + 1 volta

    Regulamento: 
    Leiam com atenção as regras abaixo:
    - Se for correr duas categorias deverá levar 2 kg de alimento ou R$20,00
    - A largada será dada pontualmente.
    - Atleta que se atrasar perderá o direito de correr na categoria que estiver inscrito.
    - Todo atleta deverá preencher corretamente o termo de responsabilidade para correr. Caso contrário será desclassificado.
    -É obrigatório para a categoria MTB o uso de pneus MTB, e pé de vela com coroa no máx. de 48 dentes.
    - Não será permitido a categoria MTB correr com pneus lisos (carecas).
    -Obrigatório uso de capacete
    -Em caso de acidente, o atleta será removido para o Pronto Socorro mais próximo.
    -Em caso de pneu furado ou avaria mecânica, o atleta deverá se posicionar no espaço reservado para a manutenção e valerá a volta. Para retornar à prova, deverá aguardar na linha de chegada o último da sua categoria passar com os pés no chão.
    -Qualquer discursão, bate boca ou atitude antiesportiva durante a prova o atleta será suspenso de toda a temporada 2012.
    -Em caso de reclamação o atleta deverá procurar a tenda da organização, preencher um formulário, pagar a taxa de R$100,00 e aguardar o julgamento. Caso seja procedente a reclamação será devolvida a taxa. Caso o atleta insistir na reclamação junto ao diretor de prova será suspenso imediatamente.
    -O atleta não poderá subir no pódium usando capacete ou chinelos e camisa sem manga
    -O atleta não poderá correr de camisa sem manga.
    -A premiação ocorrerá dentro do pátio da BHTrans
    -Não será permitido colocar bicicletas na frente do pódium. Salvo se ela for patrocinadora do evento.
    -O atleta que não comparecer para a premiação sem prévio aviso será desclassificado.
    -Nenhum atleta poderá entrar na tenda da organização sem prévia autorização.
    -Reservo o direito de uso de todas as fotos tiradas no evento.

    -As fotos serão publicadas no blog: facebook.com/ligamineiradeciclismo e estarão liberadas, sendo obrigatório colocar o nome do fotógrafo (direitos autorais).
    -Será fornecido pela organização água para os atletas.
    -Todo o lixo produzido pelo atleta terá apenas um local de descarte, próximo à linha de chegada, onde a organização se encarregará de fazer a limpeza.
    -Atleta que for pego urinando fora das instalações próprias será desclassificado e corre o risco de ter problemas com segurança local (Polícia Militar).
    - Todo atleta menor de idade deverá ter a inscrição assinada por um responsável maior de idade que deverá estar presente durante a prova.

    Apoio:
    RDMec
    By Japão
    BH Bikes
    GWR - Peças para tratores e parafusos em geral
    Delta Service - Manutenção e Assistência técnica em microcomputadores
    Homecinema - Sua casa automatizada
    Pedala BH
    BHTrans
    www.pedaldofrango.blogspot.com

    Realização:
    Associação dos Empregados da BHTrans

    Organização e supervisão:
    Liga Mineira de Ciclismo
    Lei Federal n° 9.615/98 (Lei Pelé) de 24 de Maio de 1998
    Decreto Lei 3.944 de 28/09/200

    IV Bikeromaria Beneficente à Capela de Pe. Libério


    PARÁ DE MINAS A LEANDRO FERREIRA-75KM -
    Fé, esporte e ecologia.

    DATA: 21 DE OUTUBRO DE 2012.
    LOCAL DE CONCENTRAÇÃO: PARQUE BARIRI HORÁRIO: 5:30 HORAS .
    INSCRIÇÕES: DE 10/09/2012 A 29/09/2012. LOCAL: DIVINA
    RODA. PÇA MELO VIANA Nº98.
    VALOR: R$50,00 + 2 KG ALIMENTO.(exceto fubá, sal e farinha)
    DOAÇÃO PARA SOCIEDADE SÃO VICENTE DE PAULA.
    NÃO HAVERÁ PRORROGAÇÃO NA DATA DE INSCRIÇÃO E
    NEM FAREMOS RESERVAS. E PAGAMENTO SOMENTE EM
    DINHEIRO.
    DISPONIVEL A CAMISA PARA TESTE DO TAMANHO CORRETO
    NA LOJA.
    VAGAS: 170

    REGULAMENTO.
    -ITENS OBRIGATÓRIOS:
    -CAMISA DO EVENTO
    -CAPACETE
    -LUVAS
    -CALÇADO FECHADO(TÊNIS OU SAPATILHA). 
    NÃO SERÁ PERMITIDA A PRESENÇA DO CICLISTA QUE NÃO ESTIVER EQUIPADO COM OS ITENS OBRIGATÓRIOS.

    KIT DE ACESSÓRIOS DE RESPONSABILIDADE DO CICLISTA:
    -GARRAFA DE AGUA
    -CAMARAS DE AR RESERVA OU REMENDOS E COLA
    -BOMBA E ESPATULAS
    -LUBRIFICANTE DE CORRENTE
    OBSERVAÇÃO: A BIKE TERÁ QUE ESTAR EM ÓTIMO ESTADO
    DE USO, NÃO FAREMOS MANUTENÇÃO NO TRAJETO E SIM
    APENAS AJUDA EM REPAROS PEQUENOS COMO TROCA DE
    CAMARA DE AR.
    É DE INTEIRA RESPONSABILIDADE DO CICLISTA A RETIRADA
    DA BIKE QUE VIER NO CAMINHÃO OU NO ÔNIBUS QUE TERÁ
    COMO PONTO DE CHEGADA O POSTO BATISTA.

    ESTRUTURA DE APOIO:
    Apoio Alimentar, Água, apoio mecânico para pequenos reparos,

    transporte para as bikes, transporte de Volta e Camisa de ciclista do evento. Está programado os seguintes locais de Apoio Alimentar: Carioca (25 km), Santana da Prata (42 km), Conceição do Pará (58 km) . Somente nestes lugares será feito o apoio coletivo em hipótese alguma haverá apoio alimentar individual. -Haverá uma equipe da organização comandando o evento e responsável pelo trajeto. 
    O grupo terá que pedalar unido, respeitando ao comando da organização e jamais ultrapassando, evitando desta forma
    dispersão e desvio de algum ciclista.
    -Note-se que não se trata de um evento competitivo e sim interativo, com o intuito de incutir as virtudes do companheirismo, solidariedade, união, descontração e apreciação da natureza e também conhecimento e familiarização entre todos os participantes,  portanto não é local para demonstração de habilidades técnicas e
    de força, para isto existem as competições. -A bicicleta deverá estar em ótimas condições de uso.Faça uma
    revisão com antecedência. 
    Na semana do evento mantenha um ritmo de vida com boa
    alimentação e descanso adequado.
    Faça uso de massas (carboidratos) dois dias antes do evento.

    ORGANIZAÇÃO:
    ACICLIS- ASSOCIAÇÃO PARAMINENSE DE CICLISTAS-

    Use Bicicleta, Seja ecológico! Pedale Sempre!

    Copa Light 2012


    A Canção de bicicleta por Rob Deez


    Um homem, uma bicicleta, uma música, cinco minutos ...

    MPF contesta decreto sobre bicicletas elétricas no Rio


    A Procuradoria Regional da República da 2ª Região considerou ilegal o decreto do Município do Rio de Janeiro que equipara bicicletas elétricas às comuns. O decreto, editado em maio após um ciclista ser multado na Operação Lei Seca, foi questionado porque apenas a União pode legislar sobre trânsito e transporte
    A unidade do Ministério Público Federal (MPF), que vem examinando as legislações locais recentes, enviou representação para o procurador-geral da República, Roberto Gurgel, avaliar se contesta a norma no Supremo Tribunal Federal (STF), com uma Arguição de Descumprimento de Preceito Fundamental (ADPF).
    Na representação para Gurgel, a Procuradoria sustenta que o decreto é uma "violação expressa ao comando constitucional", pois altera conceitos do Código de Trânsito Brasileiro e da regulamentação federal. O pedido defende que bicicletas elétricas equivalem a ciclomotores ou ciclo-elétricos, logo requerem um Certificado de Registro de Veículo (CRV), placa e licenciamento anual emitidos pelo Conselho Nacional de Trânsito (Contran), sob pena de multa e apreensão.
    O Contran exige ainda limites de potência e velocidade e torna obrigatórios equipamentos como capacete, retrovisores, farol dianteiro, lanterna e buzina. De acordo com o Código de Trânsito, o condutor de veículo elétrico deve ser penalmente imputável e ser alfabetizado.

    Abaixo-assinado Petição pública em prol do Projeto de Lei 3.285/12 da Assembléia Legislativa de Minas Gerais

    http://www.peticaopublica.com.br/?pi=P2012N29429

    Essa petição tem o objetivo único de apoiar a aprovação e aplicação do projeto de lei supracitado, para iniciar um processo de desoneração fiscal da bicicleta e dos produtos relacionados à mesma, tais como peças e acessórios - Diminuição do ICMS de 18% para 12%. Queremos que o projeto entre em vigor ainda em 2012.
    Todos que aqui se manifestam a favor de tal projeto sabem que a bicicleta é uma solução não só para a saúde, trânsito caótico das grandes cidades e meio ambiente, mas também entendem que um maior número de pessoas praticando este esporte ou se deslocando com este meio de transporte no dia-a-dia gera menos custos de saúde e infra-estrutura para o Estado (ciclovias são mais baratas que estradas e levam mais gente em menos espaço), incentiva a indústria do turismo, melhora a qualidade de vida dos cidadãos, fornecendo um transporte limpo, prático e barato; dentre outros inúmeros benefícios.
    Entendemos também que este projeto ajuda a aumentar a arrecadação do Estado a médio prazo, uma vez que aumenta as vendas via comércio formal – gerando novos empregos para a sociedade.
    Autor da Lei: Senhor Deputado Carlin Moura (PC do B)
    Relator do Projeto: Senhor Deputado André Quintão (PT)
    Os signatários  Link para votaçaõ: www.peticaopublica.com.br-bike

    Leitor distribui críticas a ciclista, mensaleiro e grevista


    LEITOR CELSO P. LIMA
    DE SÃO PAULO
    Só gostaria de entender:
    1) Por que ciclistas circulam nas calçadas, na contramão e atravessam sinais fechados, ameaçando e atropelando pedestres, e só são notícia quando são eles os atropelados;
    2) Por que motociclistas acrescentam às suas tradicionais imprudências o mesmo mau comportamento, incluindo, agora, a nova moda de andar com suas motos nas calçadas;
    3) Por que o sr. José Dirceu clama, na melhor retórica estudantil, contra a "burguesia", mas possui mansão de campo, apartamento nobre em São Paulo, treinador de ginástica, assessor de comunicação, advogados pagos regiamente;
    4) Por que o presidente da Câmara Federal insiste que a corrupção e o mau uso de dinheiro público, fartamente documentados no processo em julgamento no STF, são farsas;
    5) Por que a presidente diz que recebeu uma herança magnífica, mas o país enfrenta, novamente, a inflação, o baixo desenvolvimento e uma infraestrutura cada vez pior;
    6) Por que os funcionários da Caixa Econômica Federal entram em greve quando os bancários estão parados e param também quando todos trabalham?
    *
    PARTICIPAÇÃO
    Os leitores podem colaborar com o conteúdo da Folha enviando notícias, fotos e vídeos (de acontecimentos ou comentários) que sejam relevantes no Brasil e no mundo. Para isso, basta acessar Envie sua Notícia ou enviar mensagem para leitor@uol.com.br ouleitor.online@grupofolha.com.br.

    Vai de bike? Saiba seus direitos e deveres no trânsito e veja dicas

    O Código de Trânsito Brasileiro dedica alguns trechos para as bicicletas


    É perigoso andar na contramão





    Aos poucos, os soteropolitanos estão usando a bicicleta para se locomover na capital baiana, seja para adotar uma postura mais sustentável, para economizar ou até para fugir do sedentarismo. Este meio de transporte, que muitas pessoas aprendem a "pilotar" desde criança, também tem sido uma alternativa para fugir dos engarrafamentos diários, como foi mostrado pelo Desafio Mobilidade iBahia.

    O que muitos ciclistas não sabem é que o Código de Trânsito Brasileiro (CTB) também regulamenta o uso da bicicleta e estabelece direitos e deveres para quem conduz este veículo. No Dia Nacional do Trânsito (25), oiBahia reuniu os principais pontos desta lei (nº 9.503/1997) e conversou com um usuário, que deu algumas dicas para quem já anda de bike ou pretende adotá-la como meio de transporte.

    Antes de sair com a bicicleta, é preciso assegurar que ela tenha todos os equipamentos obrigatórios: um espelho retrovisor do lado esquerdo, a campainha, e a sinalização noturna dianteira, traseira, lateral e nos pedais (Art. 105). Estes equipamentos já devem estar incluídos na hora da compra, pois é uma obrigação dos fabricantes, importadores e revendedores, por exemplo, comercializar a bicicleta com todos eles. 

    Também devem ser fornecidos no ato da comercialização um manual, que contém normas de circulação, direção defensiva, primeiros socorros, infrações, penalidades e anexos do CTB (Art. 338). Já o uso do capacete e outros equipamentos de proteção não é obrigatório por lei. 

    continue lendo: 
    http://www.ibahia.com/detalhe/noticia/vai-de-bike-saiba-seus-direitos-e-deveres-no-transito-e-veja-dicas/

    Efeito dominó no ciclismo


    Um grande acidente levou ao chão em torno de 50 ciclistas durante a segunda volta da final feminina na categoria estrada do Mundial de Ciclismo, em Limburg (Holanda).
    O replay dá a entender que uma atleta russa (uniforme azul), aparentemente, deixou o pneu dianteiro de sua bicicleta encostar em uma concorrente, o que a fez tombar logo no meio de um pelotão. Em um efeito dominó, praticamente todas as atletas que estavam atrás e ao lado foram atingidas pela queda. Causando um verdadeiro ‘strike’.
    A campeão da prova foi a holandesa Marianne Vos. O acidente fez com que a disputa pelo título ficasse restrita às corredoras que, por sorte, conseguiram escapar ilesas da confusão.

    A História do Le Tour de France


    Às vezes, é difícil de acreditar que um dos mais famosos eventos esportivos encontrou o seu início no hype de uma promoção do jornal. Um jornalista aventureiro colocá-lo aos leitores a embarcar em uma competição de ciclismo em toda a França, que abrange cerca de 2, 500 quilômetros em sua viagem ousada. Géo Lefèvre, o jornalista que iniciou este magnífico evento esportivo, nunca teria acreditado a magnitude que o evento iria chegar, incríveis 109 anos mais tarde.

    Como referido acima, o mais comentado evento de ciclismo da história começou a partir de começos humildes. Embora possa ter começado com apenas 60 pilotos levando a condições traiçoeiras em uma tentativa de completar a corrida, a corrida atualmente atrai mais de 180 ciclistas a cada ano. Sessenta concorrentes levou para a linha de partida da primeira Le Tour de France, no entanto, apenas 21 pilotos concluído com êxito o curso.

    Boechat critica lei de embriaguez ao volante


    "Nós sempre vamos presenciar cenas deste tipo", diz o jornalista após reportagem em que ciclista é morto por homem bêbado em SP



    Jornal da Band desta segunda-feira mostrou o caso de um homem que, embriagado, mata um ciclista atropelado no interior de São Paulo. Logo após a reportagem, o âncora Ricardo Boechat critica as leis brasileiras relacionadas ao tema.

    "Coisas da lei brasileira. Se um homem neste estado - incapaz até de pronunciar o próprio nome - mata alguém e sai da delegacia sem sequer fazer um exame de alcoolismo no sangue, definitivamente, nós sempre vamos presenciar cenas deste tipo", diz o jornalista.

    Boechat comenta que as imagens serão cada vez mais comuns caso não haja uma mudança. "A tal ponto que daqui a pouco não vamos nem dar na televisão. Ninguém vai mais assistir isso", completa.

    O caso 
    José da Cruz foi preso em flagrante por embriaguez ao volante e homicídio culposo (sem intenção de matar). O ciclista, de 54 anos, morreu no local. Se condenado, o motorista pode pegar até quatro anos de prisão. 

    Ex-ciclista diz que Armstrong está com medo e prevê novos depoimentos: 'verdade vai aparecer'


    Enquanto a União de Ciclismo Internacional não assume uma posição sobre o banimento do americano Lance Armstrong do esporte – decretado pela Agência Antidoping dos Estados Unidos –, novas declarações surgem no ciclismo. Tyler Hamilton, ex-companheiro do heptacampeão da Volta da França, detalhou o esquema de doping em sua biografia, lançada no início do mês, e prevê que outros atletas irão se posicionar.
    “Ouvi que as coisas que vão surgir nas próximas semanas vão tomar a primeira página dos jornais de esporte. (O código de silêncio) Omertà ainda existe, mas muitos ciclistas do pelotão, diretores (de equipes), sabem muito sobre Lance. Eles não falaram muito porque estão com medo. Mas a verdade está surgindo”, declara Hamilton ao jornal inglês The Guardian.

    Doping no esporte



    Foto 1 de 31 - A atleta de Belarus, Nadzeya Ostapchuk, perdeu a medalha de ouro do Arremesso de Peso, conquistada em Londres-2012 após seu exame anti-doping constatar a presença do agente anabolizante metenolone ROBERT GHEMENT/EFE

    DIRETOR DA USADA É AMEAÇADO

    • “(Travis) Tygart merece uma medalha. Espero que todas as declarações que vão aparecer nas próximas semanas encorajem outros ciclistas, em atividade, a falar. Se um diretor quiser contar a verdade, não sei se ele deve ser punido. Deveriam permitir que eles fossem transparentes sem se preocupar com o futuro”, diz Hamilton.
    Em seu livro, Hamilton coloca Armstrong no centro da narrativa sobre doping e revela como a equipe fazia o uso constante de eritropoietina (EPO) para aumentar a produção de glóbulos vermelhos no organismo. Hamilton integrou a US Postal nos três primeiros títulos do compatriota na Volta da França, entre 1999 e 2001.
    “Eu gostaria de dizer a ele: ‘Lance, você vai ser mais feliz se tirar esse peso das costas’. Mas, agora, Lance está com medo. Com medo de decepcionar sua família, seus amigos, a comunidade do câncer. É uma pílula difícil de engolir, mas as pessoas vão perdoá-lo”, diz Hamilton, que foi flagrado em exame antidoping três vezes na carreira e admitiu sua culpa em 2011.
    “Eu ainda gostaria de ter tomado a decisão certa, mas estou empolgado com a segunda parte da minha vida. Eu não poderia ter dito isso dois anos atrás. É o mesmo com Lance. Seu futuro vai ser muito melhor se ele contar a verdade”.
    Se você não assumisse riscos, sempre estaria um passo atrás. Você poderia ser o melhor ciclista do mundo, mas não venceria a Volta da França. É preciso dinheiro e conexões com médicos
    Para Hamilton, Armstrong agia como se fosse invulnerável e a UCI fez muito pouco para combater o doping. O ex-ciclista acredita que, com mais declarações de atletas, as evidências serão incontestáveis.
    “Você pode dizer que eu estou mentindo. Mas você não pode dizer que 10 estão mentindo. Então, Lance está em uma situação difícil. Eu passei por isso, menti por anos e anos. Isso te consome por dentro e eu não desejaria essa dor a ninguém”.
    O norte-americano ainda conta que os ciclistas Christophe Bassons e Filippo Simeoni, únicos que tentaram lutar abertamente contra o doping, em 2004, foram “derrubados” por Armstrong. “As carreiras deles foram ladeira abaixo e eles abandonaram o esporte. Naquela época, as pessoas estavam felizes que eles saíram. Agora eu penso: ‘que trágico’. Eu adoraria que eles soubessem como eu me sinto. Eles eram apenas dois peixes pequenos em uma lagoa com centenas de pescadores, tinham pouca chance”.