terça-feira, 30 de novembro de 2010

Ciclistas profissionais contra ideia de testes noturnos

Ciclistas profissionais contra ideia de testes nocturnos

Fotografia © François Lenoir-Reuters

A Associação dos Ciclistas profissionais (CPA) mostra-se contrária à ideia de se realizarem controlos antidoping nocturnos, considerando que os mesmos violam as leis europeias de protecção pessoal.

Dirigida pelo antigo ciclista italiano Gianni Bugno, esta posição da CPA foi comunicada à União Ciclista Internacional (UCI) depois de esta federação internacional ter recebido uma sugestão nesse sentido, emitida pelos observadores independentes nomeados pela Agência Mundial Antidopagem (AMA), a convite da UCI, para acompanharem o programa de controlo de doping na Volta à França de 2010 e produzirem um relatório independente com as falhas detectadas e sugestões para as resolver.

A proposta dos observadores estava relacionada com a previsibilidade dos controlos, feitos usualmente ao início da manhã ou ao final do dia, e visava os ciclistas sob fortes suspeitas, levantadas por informações das autoridades policiais ou desportivas ou por dados de análises ao sangue ou à urina que indiciem dopagem (ver artigos relacionados).

De acordo com uma carta dirigida por Bugno a Pat Mcquaid, presidente da UCI, se as sugestões da AMA forem acolhidas nos regulamentos da federação internacional vão entrar em conflito com a legislação europeia de protecção das pessoas.

O presidente da CPA lembrou ainda que os ciclistas profissionais estão já sujeitos ao sistema ADAMS (sistema de administração e gestão de controlo antidoping), o qual permite saber a localização exacta dos ciclistas fora do período de competição, permitindo a recolha de amostras entre as 06:00 e as 22:00, sem aviso prévio.

fonte:http://dn.sapo.pt/desporto/antidoping/interior.aspx?content_id=1723281

Facilidade de locomoção é a arma de Holanda e Bélgica para ter Copa-2018

Com Ruud Gullit como presidente do comitê organizador, maior distância entre as cidades-sede é de 373km. Candidatura não está entre as favoritas

Por Lucas Loos e Marcio Iannacca Rio de Janeiro

gullit, campanha para copa de 2018Ruud Gullit 'lidera' passeio de bicicleta (Foto: AP)

Após garantir o vice-campeonato da Copa de 2010 ao realizar uma campanha irrepreensível na África do Sul, a Holanda tem um novo objetivo no futebol: ser sede do Mundial de 2018. A escolha será feita na próxima quinta-feira, em Zurique, na Suíça, e para atingir o sonho o país se uniu à Bélgica para tentar convencer os juízes da Fifa que pode receber o torneio daqui a oito anos. E a principal arma da candidatura é justamente a distância entre as cidades indicadas para abrigar os jogos do torneio. O maior percurso que terá que ser percorrido por uma seleção ou pelos torcedores caso a dupla seja escolhida é de 374km de Enschede para Charlelroi, menor do que o trajeto para chegar do Rio a São Paulo (cerca de 450km).

E é justamente a tecla da facilidade de lomoção que é a mais batida pelo comitê organizador da candidatura de Holanda e Bélgica, presidido pelo ex-jogador Ruud Gullit, que esteve no Brasil na semana passada para participar da Soccerex, convenção de negócios e futebol, realizada no Forte de Copacabana, Zona Sul do Rio de Janeiro, para divulgar a campanha. Além dele, outros ex-atletas como Pierre Van Hooijdonk, Jean-Marie Pfaff, Rob Witschge e Artur Numan também fazem parte do grupo que tentar levar o Mundial aos dois países.

Frans Van der Grint, responsável pela campanha, falou do conforto do torcedor para ir aos estádios caso os dois países sejam escolhidos como sede e do uso das bicicletas, meio de transporte comum na Bélgica e principalmente na Holanda.

Soccerex - Seleção da Holanda em campanha pela Copa de 2018Van Hooijdonk, Gullit e Pfaff são embaixadores da campanha de Holanda e Bélgica para receber a Copa do Mundo de 2018. A escolha será feita na próxima quinta-feira (Foto: Marcio Iannacca / Globoesporte.com)

- Durante o Campeonato Holandês, os jogadores chegam de bicicleta aos estádios e costumam conversar com os torcedores antes de entrar nos estádios. Isso em comum em nosso país. Os torcedores deixam as bicicletas nas estações de trem próximas de casa e vão aos estádios. Na volta, basta pegar a bicicleta e retornar para casa - contou Grint.

Os dois países indiciaram 14 estádios para a Fifa em 12 cidades. Seis já estão prontos e o restante será remodelado ou reformado pelo comitê organizador.

No Rio de Janeiro, Gullit admitiu que a candidatura não é a favorita a receber o Mundial, mas que a campanha na reta final da escolha da Fifa pode ajudar a superar Rússia e Inglaterra, que levam uma pequena vantagem no pleito.

- Não estamos na frente pela disputa, mas acho que podemos superar os rivais nesta reta final. Tudo depende da forma como as pessoas viram a nossa campanha - afirmou o jogador, que chegou a visitar um projeto social de um holandês em uma comunidade no Rio.

Confira abaixo a entrevista com um dos representantes do comitê organizador:

Estádio Holanda Amsterdam ArenaAmsterdam Arena é um dos principais estádios
da campanha de Holanda e Bélgica (Divulgação)

GLOBOESPORTE.COM: Você pode listar os principais pontos fortes da candidatura? Qual é a vantagem em relação aos outros concorrentes?

ROB DE LEEDE: Nós somos uma candidatura muito compacta. A maior distância entre qualquer uma das cidades-sede é de 370km. A distância média entre as cidades é de 175km quilômetros. Com isso, o próximo jogo de uma seleção nunca está longe.

Além das distâncias, algum outro ponto forte da candidatura?

RL: Podemos organizar a Copa do Mundo mais ecológica de todos os tempos graças aos sistemas construtivos e materiais inovadores que vamos utilizar. Teremos um Mundial 50% mais sustentável do que qualquer um dos anteriores graças ao trabalho de reciclagem de água e resíduos que estamos fazendo. Os torcedores com ingressos para os jogos terão transporte público gratuito e teremos dois milhões de bicicletas disponíveis para os fãs que visitarem o nosso país durante o Mundial.

O fato dos dois países terem sido sede da Eurocopa de 2000 pode facilitar a escolha?

RL: Queremos mostrar ao mundo que os países com mais tradição no futebol não podem ter o monopólio de receber uma Copa do Mundo. Queremos mostrar que os países médios também podem conseguir realizar uma competição de sucesso. Outras nações serão inspirados por nós, assim como outras nações foram inspiradas por nossa campanha conjunta em 2000.

Holanda e Bélgica se acham experientes após a Euro de 2000 para receber uma Copa?

RL: Nós temos a experiência de um bom evento em 2000, que foi o primeiro evento conjunto com um grande lucro. Quem estava lá sabe do que estou falando.

O fato de o futebol holandês e belga ter vários profissionais espalhados pelo mundo também é um facilitador para a escolha da Fifa?

RL: Nós produzimos grandes jogadores e treinadores durante as últimas décadas, que têm contribuído para o desenvolvimento do futebol do clube e de várias seleções internacionais. Curiosamente, um país pequeno como a Holanda tinha quatro treinadores na Copa do Mundo 2006, na Alemanha. Queremos que o mundo veja como os nossos clubes são organizadores, como o país é organizado.

Por que a candidatura em conjunto com a Bélgica?

RL: Não podemos sediar a Copa do Mundo como um país individual. Por esse motivo, voltamos para o sucesso que foi a Euro de 2000, quando mostramos o que podemos fazer juntos. Agora, queremos inspirar outros países a pensar em juntar forças e considerar os benefícios de sediar a Copa do Mundo.

Como foi receber o escândalo da venda de votos dos membros do Comité Executivo da Fifa?

RL: Temos ouvido e lido sobre isso, mas não envolve a nossa candidatura. Segundo assim , nós podemos ficar concentrados apenas na nossa campanha.

tabela distância das cidades de holanda e bélgica
  • fonte:http://globoesporte.globo.com/futebol/copa-do-mundo/noticia/2010/11/facilidade-de-locomocao-e-arma-de-holanda-e-belgica-para-ter-copa-2018.html

Tandem no velódromo

Prova de 200mts em Tandem

Por e-mail: Ricardo Alcici
Profissional de Educação Física
Especialização em Treinamento Desportivo
Ciclista Profissional
Prime Team Escola Johnny G
(31) 8742-3503 begin_of_the_skype_highlighting (31) 8742-3503 end_of_the_skype_highlighting
“Os que esperam no Senhor, adquirirão sempre novas forças, tomarão asas como de águia, correrão e não fatigarão, andarão e não desfalecerão.” Isaías 40:31
http://ricardoalcici.blogspot.com/2010/11/tandem-na-pista-paulinho-e-rita.html

Mapa 3.passeio Ikenfix


Olá pessoal,
não se esqueçam que amanhã é o ultimo dia para inscrição com participação no primeiro sorteio , heim ... são muitos brindes legais !!! segue em anexo mapa com o nosso ponto de encontro - Hotel Poço Verde - Lagoa Santa.
atenciosamente
Equipe Ikenfix Bikes

Novidades MTB Brou Aventuras!

INFORMATIVO SEMANAL LAPA BIKE CICLISMO

Flyer Pega das Meninas


Olá meninas.
Vamos participar !!! precisamos estar presentes para mostrar como tem meninas pedalando pelas trilhas de Minas Gerais . Eu e a Nina estaremos presentes e contamos com todas vocês !!!
abraços
Lilian - Ikenfix Bikes

segunda-feira, 29 de novembro de 2010

6° Desafio 10 Voltas da Lagoa / 2° Pedalando Contra a Dengue

As fotos estão postadas no blog:
Aguardem o vídeo.

Filme:Ladrões de Bicicleta



Pedalando com a Caloi...
Hollywood detém o monopólio da produção artística cinematográfica mundial. Ok, alguns mais teimosos poderão dizer que na Índia se produz mais filmes que nos EUA, mas eu me refiro a repercussão de projetos e marketing envolvido, o que consequentemente, leva a muita, muuuuuuuita grana.

E por falar em grana, isso era tudo o que não existia no cinema italiano no período do pós guerra.
Bem, poderia não haver dinheiro sobrando, mas vontade e genialidade, ah, isso existia em larga escala na terra do tio Berlusconi...
Tal período do cinema da "bota" ficou conhecido com Neo-realismo e gerou algumas obras primas como a que vou falar aqui, "Ladrões de Bicicleta".
O belíssimo filme em questão foi feito por Vittorio de Sica e mostra aquele período difícil da Itália no pós guerra: desemprego, fome, miséria, uma certa desilusão que pairava no ar. Isso tudo reunido era uma espécie de caldeirão de idéias para o emotivo povo italiano.

Cena eternizada
O filme narra a história de Ricci (Lamberto Maggiorani), um desempregado que, após grande espera, consegue um emprego de (colar cartazes) e para isso necessista de uma bicicleta para sua locomoção. Ele consegue a bicicleta (acredite, leitor, uma simples bicicleta é capaz de render cenas inesquecíveis nas mãos de um hábil diretor) e a mesma acaba sendo roubada.
Eis que o filho de Ricci, o pequeno Bruno (Enzo Staiola) entra na história para ajudar o pai a procurar pela bicicleta e, claro, roubar a cena do filme. Inesquecível.


O que se segue são algumas das melhores e mais memoráveis cenas do cinema mundial de todos os tempos.
A bicicleta era mais que um transporte, era uma vida. Esperança de dias melhores. Um quase que simbolismo para a própria Itália e o futuro dela como nação.
Isso tudo fica ainda mais explícito pela belíssima fotografia.
A trilha sonora é magistral.


O elenco do filme se sustenta, mesmo que grande parte dos atores seja composta de amadores. Crédito total para de Sica.
O enredo é triste, emotivo (não podia ser diferente em se tratando de Itália).
A crueza da história retrata bem o que eram aqueles tempos: duros, difíceis e que transformavam a pequenez humana em algo ainda menor.

Ladrões de Bicicleta é um filme lindo. Diz respeito muito mais do que a cinema. Diz respeito a vida.
Não é por acaso que minha mãe assistiu junto comigo (ela nem curte muito filmes) e ao final abriu um baita sorriso de satisfação.
Afinal de contas, obras que tocam a alma nem mesmo o tempo consegue roubar a grandeza.
fonte:http://barulhodigital.blogspot.com/2010/11/ladroes-de-bicicletas.html

domingo, 28 de novembro de 2010

Bicicletas - um ótimo meio de transporte


Por Renan

Dentre os muitos problemas de São paulo, o transporte público ganha destaque.A dificuldade em se resolver o problema, é o fato de se ter muita gente.A saturação provocada pelo intenso tráfico de veículos, faz com que se perda horas no congestionamento, além de gerar doenças de ordem psicológica.

As bicicletas são uma boa saída.Primeiro porque contribuem para a preservação do meio ambiente.Segundo porque, o custo benefício de uma bicicleta é infinitamente menor do que um carro.Fora que é saudável, tanto fisicamente, como psicologicamente.As pessoas, iam se sentir melhores.

Entretanto, alguns fatores teriam de ser pensados.A primeira coisa, se chama chuva.Complicado, seria sair de bicicleta, enquanto se cai um temporal.Teria de ser criada toda uma infra estrutura, para em caso de chuva.Nada impossível de se fazer, todavia exigiria um maior empenho governamental.

No canadá, por exemplo, se aproveitam do subterrâneo.Enquanto no Brasil, só se utiliza, para a construção de metrô lá se faz muito mais.Verdadeiras cidades abaixo da terra.Assim se aproveita muito melhor a área.Fizeram túneis que ligam com os principais bairros da cidade, assim no inverno ou no verão ninguém se expõe ao frio e ao sol.

Projetos não faltam.Inúmeros países, nos mostram que é possível.Basta uma maior conscientização da sociedade como um todo.Assim nossos gestores governamentais, obrigatoriamente, se empenharão, para por em prática projetos, que beneficie, o transporte público.

fonte:http://www.osabetudo.com/bicicletas-um-otimo-meio-de-transporte/

China- Ônibus que leva 1,4 mil passageiros promete acabar com trânsito caótico

Foi projetado para funcionar como uma espécie de túnel em movimento. Enquanto está circulando, os carros podem passar por baixo dele.

As pipas ainda enchem de cores o céu da China. As lanternas continuam balançando ao vento. As bicicletas nas ruas reforçam o velho retrato que fazemos do país mais populoso do mundo. Mas por quanto tempo? As bicicletas estão perdendo espaço. A cada ano, são 13 milhões de novos carros no país.

A China de hoje é uma país que olha para o futuro e procura encontrar soluções para aqueles problemas que atingem todas as grandes cidades, como poluição e trânsito caótico. Um ônibus, por exemplo, pode levar 1,4 mil passageiros. Ele foi projetado para funcionar como uma espécie de túnel em movimento. Ele é alto e, enquanto ele está circulando, os carros podem passar por baixo dele. Resultado: nada de congestionamento.

O ônibus elevado roda a 2,2 metros do chão, sobre trilhos colocados nas laterais das pistas. Ele é movido à energia elétrica, e a velocidade média é de mais ou menos 50 km/h. Quando ele para no ponto para pegar ou deixar passageiros, o trânsito não precisa parar junto com ele. As estações também ficam no alto, bem longe da pista.

Desfazer o nó do trânsito é um desafio, porque a paciência chinesa com o engarrafamento já acabou há muito tempo. A trilha sonora mais ouvida nas cidades é o som irritante das buzinas.

O engenheiro que projetou o ônibus elevado diz que ele pode reduzir os congestionamentos em até 30%. Cada quilômetro da linha vai custar cerca de US$ 10 milhões, mais ou menos R$ 17 milhões. Mas, se o trânsito andar tão bem como em uma cidade de mentira, valerá a pena. O que os chineses mais querem é se modernizar valorizando o passado.

fonte:http://g1.globo.com/globo-reporter/noticia/2010/11/onibus-que-leva-14-mil-passageiros-promete-acabar-com-transito-caotico.html

TRANSPORTE GRATUITO -Sorocaba-SP/ Cidade terá bicicletas públicas em 2011

Marcelo Andrade

Notícia publicada na edição de 27/11/2010 do Jornal Cruzeiro do Sul, na página 6 do caderno A
  • Bruno Cecim / Arquivo Cidade é cortada por ciclovias

A Prefeitura de Sorocaba implantará o sistema de bicicletas públicas na cidade até o final do primeiro semestre de 2011, disponibilizando, gratuitamente, à população como meio de transporte alternativo e sustentável, apoiando-se nas ciclovias já existentes no município. A intenção é usar o sistema de cartão integrado de ônibus para fazer a retirada das bikes. A informação foi dada pelo prefeito Vitor Lippi (PSDB), ao antecipar que os detalhes do edital para escolha da empresa que deverá operar a concessão desse sistema de transporte estão em fase de elaboração.

De acordo com o prefeito, a medida faz parte do Plano Cicloviário, que se viabiliza com a construção de ciclovias em avenidas e interligações de pistas novas com as já existentes, para propiciar aos usuários deslocamentos mais longos, o que representa, em sua avaliação, um novo conceito de qualidade de vida e mobilidade urbana. Até o fim deste ano, ou no máximo até o início do próximo ano será publicado o edital para licitação da empresa que vai instalar as bicicletas públicas em Sorocaba, adiantou Lippi.

Inicialmente serão 13 pontos de retirada e entrega das bicicletas. Os locais, entretanto, ainda são objetos de estudo por parte de técnicos da Urbes - Trânsito e Transportes. Ainda não temos esses locais definidos, mas a ideia é que sejam os trajetos mais utilizados pela população. Quem mora no Éden pode pegar uma bicicleta num dos pontos e seguir até um outro instalado no Centro. Tudo através do cartão social do transporte coletivo, mas apenas para identificação e controle do sistema, exemplifica o prefeito.

O valor de investimento previsto para colocar em prática o sistema, que será totalmente custeado pela Administração, não foi divulgado pelo prefeito, pois, segundo ele, passa por estudos finais de regras de concessão. Adiantou que haverá reforço na educação de trânsito para convivência de motoristas e ciclistas e fatores de inibição de furtos. A longo prazo espera-se melhorias no tráfego local uma vez que o conceito de mobilidade urbana sustentável é o investimento no transporte coletivo e nos meios não motorizados, que resultam em melhorias nas condições ambientais locais, informou o chefe do Executivo. Temos que preparar a cidade para ser um espaço promotor de saúde.

A meta do plano é viabilizar 100 quilômetros de ciclovias interligados, o que permitiria a circulação entre todas as regiões da cidade. Além disso, o prefeito promete ampliar a implantação de paraciclos, que são pontos de estacionamentos para bicicletas em locais com grande circulação de pessoas.

'Bicicultura 2010'

Entre os dias 1º e 4 de dezembro, Sorocaba será sede do Bicicultura 2010, evento organizado pela União de Ciclistas do Brasil (UCB) e que reunirá representantes desse segmento de mobilidade urbana de todo o País. A programação inclui a realização de palestras, oficinas e vivências, pedaladas e confraternizações, destinadas ao aprimoramento no conhecimento do ciclismo.

De acordo com os organizadores, a escolha de Sorocaba para sediar esta nova etapa do Bicicultura ocorreu justamente por causa das políticas públicas do município voltadas ao incentivo desse meio de transporte. A cidade possui atualmente 65 quilômetros de ciclovia e promove frequentemente eventos para estimular o uso da bicicleta.

Por email: tadequine

fonte:http://www.cruzeirodosul.inf.br/materia.phl?editoria=39&id=369845

Drª Bianca Barone fala sobre os riscos dos anabolizantes para a saúde das mulheres

Fotos para 3. passeio






Só para vocês terem uma noção do trajeto do nosso passeio do dia 05/12 em Lagoa Santa ... o percurso é de aproximadamente 30 km, mas com algumas subidas duras .... a nossa marca registrada, não é !!!
Equipe Ikenfix Bikes

Vídeo


Por e-mail: Márcio S. Neves (Marcinho)

Revista MundoTRI Magazine - edição de novembro no ar



ESCOLA DE ESPORTES AKADEMIA OLYMPOS-CLUBE BH



quinta-feira, 25 de novembro de 2010

6° Desafio 10 Voltas da Lagoa / 2° Pedalando Contra a Dengue



Já confirmaram presença nas 10 voltas:
Equipe CDC (Gilberto, Cirineu, Guilherme Svizzero e novos integrantes), Carlos Leônidas, Pedro Nicácio Altran, Marquinho Bike Boy, Afrânio Pacheco, Rogério bombeiro, Cristiano Mota, Humberto Cardoso, Rosinha e muitos outros.
Aqueles que tiverem interesse em fazer inscrição na hora do evento, o horário limite será até as 7:30 hs para não prejudicar o andamento do evento. Lembrando que teremos 100 kits para os 100 primeiros que fizerem as inscrição.
Os Kits contem: 1 camisa, trofeu, um par de meias da Liga Mineira de Ciclismo, 3 squeezes, 1 Carb up, 1 sachê de Malto Dextrina e muitos outros brindes oferecidos pelos patrocinadores e lojistas abaixo .
Confiram abaixo todos que estáo nos apoiando para a realiza;ao deste evento.
Não percam.

Mais informações no blog da Liga Mineira de Ciclismo:

Abraços
Frango 8817-1472
Dia 27 de Novembro de 2010 (Sábado)
Local: Lagoa da Pampulha
Concentração: 8:00 hs - Arena em frente à Igrejinha da Pampulha
Entrega de numeral até às 8:30 hs
Largada: 9:00 hs

Patrocínio
Minas Compressores e Válvulas Ltda
Expressa Group
Planeta Celular
GWR Peças para tratores e Parafusos
Diniz Pneus
Paulo Aquino e Rita (Tanden)
Apoio
Icidert Nutrition
Damatta Nutri
By Japão
Vidroser
Brasa Grill
Giro Sport Center
Green Max
Roda Nova
Cicle Mundial
Cicle Viana
BH Sport Cicle
Oficina da Bike
Bici Shop
+ Bike
Lagoa Bike
Elétrica Gutierrez
Dotbikers
Galgani
Adelmo Fernandes Pessoa

Mídia:

Revista Pedal

Revista Pamp

Segurança
EMIVE

Realização e Supervisão:
Pedal do Frango / Liga Mineira de Ciclismo

Dez vantagens de se praticar o ciclismo indoor (Spinning)

Tivemos nessa segunda-feira (22/11) a estreia da nova modalidade na Academia Vida Ativa, o Spinning, também conhecido como Ciclismo Indoor! Quem compareceu gostou e disse que a aula é motivante e animada :) . Hoje, quarta-feira (24/11) teremos mais uma aula, confira agora dez vantagens para se praticar essa modalidade:

1) É praticado em ambiente seguro e controlado

2) O perigo de acidente é quase zero

3) É mais fácil o controle da intensidade e frequência cardíaca desejada

4) É uma boa opção para quem não pode ou não quer pedalar na rua

5) É mais fácil para corrigir postura e o gesto esportivo diante do espelho

6) Para quem está se recuperando de lesões, é um estágio quase obrigatório

7) Quase todos os métodos de ciclismo podem ser feitos na bike

8 ) O Convívio social pode ser melhor, porque todos estão no mesmo lugar

9) As boas academias possuem bikes de boa qualidade que custam caro e o preço da mensalidade não aumenta por causa disso

10) É mais seguro, por estar longe da poluição, trânsito e violência urbana

Por: Luiz Carlos Moraes

fonte:http://www.eutenhovidaativa.com.br/blog/?p=91

Videos para distrair - Para variar, Cancellara!

"Esses vídeos são para relembrar esta descida memorável no TDF 2009...
O primeiro está resumido mas com imagem excelente, em HD.
O segundo é mais completo, com imagem piorada, mas além de todas as curvas feitas no limite, tem uma cena aos 4:23 que até faz a barriga revirar: após ultrapassar um carro, saindo da claridade, a entrada em curva num túnel escuro!"

Adriana Osores



Pedalando

"Texto muito bonito, mas não sei quem escreveu"...
Ana Furtado


Eu via Deus como um observador, um juiz que não perdia de vista as coisas erradas que eu fazia.
Mas, quando me aproximei mais Dele e passei a conhecê-Lo melhor, pareceu que a vida era como um passeio de bicicleta para duas pessoas e percebi que Deus estava no banco de trás, me ajudando a pedalar.
Não me lembro quando Ele sugeriu-me que trocássemos de lugar e a vida não foi mais a mesma...
Com o Seu poder, a vida tinha se tornado muito mais excitante!!!
Quando era eu no controle era tudo previsível.
Mas quando Deus assumiu a liderança (Ele conhecia atalhos maravilhosos), passei a subir montanhas e atravessar terrenos pedregosos em velocidade vertiginosa!
Embora tudo aquilo parecesse loucura, Ele ficava dizendo: "Pedale, pedale!!!"
Eu ficava preocupada, ansiosa e perguntava:
"Para onde o Senhor está me levando?"
E Deus apenas ria e não me dava uma resposta. Eu me vi confiando Nele.
Quando dizia que estava assustada, Ele se virava para trás e tocava minha mão.
Deus levou-me até pessoas com dons de que eu precisava como os da aceitação e da alegria.
Essas pessoas me ajudaram a prosseguir na minha jornada.
"Ele" me disse então: "Desfaça-se da bagagem extra, pesa demais!"
Então, eu comecei a fazer doações e descobri que, quanto mais eu dava, mais eu recebia!
O meu fardo ficava mais leve!
Confesso que, a princípio, eu não confiei muito em Deus.
Mas, o Senhor conhecia os segredos da bicicleta, sabia como incliná-la para fazer curvas fechadas, pular para evitar buracos, aumentar a velocidade para encurtar os caminhos difíceis.
Também estou aprendendo a me calar e pedalar nos lugares mais complicados.
E quando estou certo de que não posso mais seguir em frente, Ele apenas sorri e diz: "Pedale!"
Por e-mail: Ana Furtado

quarta-feira, 24 de novembro de 2010

Entrevista com Renata Falzoni

Renata Falzoni, cicloativista e videorreporter de esportes de ação, aborda nesta entrevista os mais diferentes assuntos, desde o começo da sua carreira profissional como fotógrafa e sua paixão pela bicicleta, até a questão da mobilidade urbana no Brasil e no mundo - Parte 2/2 - Filmado em 18/Out/2010.

terça-feira, 23 de novembro de 2010

3° Passeio Ikenfix Bikes



Não percam !!!! Na próxima quarta feira dia 01/12 faremos o primeiro sorteio de brindes e entrega dos kits do passeio Ikenfix. Todos os brindes foram oferecidos pelas empresas que apóiam nosso passeio !

Serão vários itens :

* Capacete ciclismo MET

* Óculos de lentes intercambiáveis Ryders

* Camisa de ciclismo Mauro Ribeiro

* Meia De Feet + acessórios My Bike

* Camisa de ciclismo FCA Sports

* Bretelle active Free Force

* Camisa ciclismo VO2 Max

* 1 mês grupo de bike Bita Sports

* Mochila infantil Skeeter Camelbak

* Bermuda ciclismo Flets Sport

Lembrando, o passeio vai acontecer no domingo 05/12, na região de Lagoa Santa, HOTEL POÇO VERDE, com um lanche delicioso do PONTO DO AÇAÍ durante o percurso.

Para participar do sorteio, basta estar inscrito no passeio. No mesmo dia, entregaremos os kits do passeio, com a CAMISA DE CICLISMO IKENFIX/SCOTT ( FOTO EM ANEXO ), e repositor energético GU para utilizar no domingo.

LOCAL DO SORTEIO DE BRINDES E ENTREGA DOS KITS: IKENFIX BIKES, BH2 MALL – BELVEDERE – BH - 31-32868199

HORÁRIO: 20:00 h.

BOAS PEDALADAS !!!

EQUIPE IKENFIX

Picc Pedal no Serradinho

http://picasaweb.google.com/111644207603786778654/41PiccPedalNoSerradinhoCanaVerde13A151110?authkey=Gv1sRgCKvmmYC8jPGuFg&feat=email#
Convite para visualizar o Álbum da Web do Picasa

Release BMX e Ciclismo/SP


Caros Amigos, Bom Dia!

Venho encaminhar um release referente aos resultados obtidos pelos meus atletas no Campeonato Paulista de 2010 de Bicicross.

Foto da direita para e esquerda: Gilberto dos Reis Júnior (Campestre), Alfredo Ferreira (Campestre), Igor Martins (Varginha), Jean Correa (Varginha), Gustavo Mesquita (Três Pontas), Pedro Pussieldi (Itaúna), Guilherme Pussieldi (Itaúna), Naiara Silva (São José dos Campos) e Priscila Carnaval (Sorocaba).

Desde ja, agradeço.

Um Grande Abraço

Guilherme Pussieldi

Técnico Principal da Seleção Brasileira de Ciclismo - BMX
Universidade Federal de Viçosa - Campus de Florestal
Grupo de Estudos em Atividade Física e Saúde
MSN: guipussi@hotmail.com
SKYPE: Guilherme Pussieldi

CINCO ATLETAS TREINADOS POR GUILHERME PUSSIELDI VENCEM O

CAMPEONATO PAULISTA DE 2010

Professor Pussieldi como é conhecido obteve excelentes resultados com os seus atletas neste ano durante o Campeonato Paulista de Bicicross.
Ao todo foram cinco primeiros lugares, um segundo lugar e dois terceiros lugares.
Gustavo Mesquita que já treina com Guilherme há mais de dois anos venceu novamente em sua categoria Expert 17-24 anos. Anderson Ezequiel Júnior que começou a treinar há apenas um ano com Guilherme, venceu na categoria Expert 14 anos, da mesma maneira Priscila Carnaval na Junior
Women, Jean Correa na Cruiser 15-16 anos e Pedro Pussieldi, que passou atreinar com o pai desde o início do ano, pois antes treinava com a equipe de Betim.
Além destes resultados o professor Guilherme também conseguiu dois vice-campeonatos com Naiara Silva na categoria Júnior Women e com Igor Martins na categoria Júnior Men, e dois terceiros lugares com Jean Correa na Expert 16 anos e Alfredo.Ferreira. na Novatos 15-16 anos.
Professor Guilherme Pussieldi, que tem doutorado em Treinamento Esportivo pela Universidad de León na Espanha e coordena um grupo de
pesquisa e estudo em atividade física e saúde na Universidade Federal de Viçosa e vem se dedicando a auxiliar atletas há bastante tempo, desde quando começou a carreira de professor e treinador em 1985. O professor Pussieldi também é o atual técnico da seleção brasileira de BMX ondejuntamente com a Confederação Brasileira de Ciclismo e a participação ativados treinadores auxilia na orientação e supervisão do Bicicross nacional.
Além do BMX, Guilherme é treinador de Mountain Bike e Ciclismo de Asfalto, inclusive é o treinador de Isabela Lacerda, Campeã Brasileira na
categoria sub-23, e 3ª Colocada na Elite Feminino e de Rodrigo Silva na categoria Sub-23.
Para o próximo ano o professor Guilherme espera conquistar mais resultados expressivos e conseguir que o BMX nacional e o ciclismo cresçam
como vem crescendo nos últimos anos.

Acessórios para bicicletas


CANNONDALE LEFTY E OS SEUS BENEFÍCIOS

Tirem as próprias conclusões.
O vídeo pretende demonstrar as limitações de uma suspensão "comum" frente a uma Cannondale Lefty.
Reparem como em torção em curva, a Lefty continua a funcionar em pleno, enquanto que a suspensão "comum" fica limitada nesta situação, comprometendo mesmo a sua função que é a obsorção de irregularidades.

fonte:http://azuribike.blogspot.com/2010/11/cannondale-lefty-e-os-seus-beneficios.html

Seleção Brasileira de ciclismo de pista treina no velódromo de Maringá

Teve início nesta sexta-feira (19), os treinamentos da Seleção Brasileira de Ciclismo de Pista, que acontece no velódromo do Complexo Esportivo da Vila Olímpica de Maringá. No total 17 atletas, no masculino e feminino estão em Maringá treinando até o próximo dia 28. Os treinos em Maringá servem de preparação para a 1ª etapa do Mundial de pista que acontece no início de dezembro na Austrália.

Dos 17 atletas que treinam em Maringá, somente quatro vão para o mundial na Austrália, os outros estarão passando por uma avaliação e possível formação da futura Seleção Brasileira de Pista, que estará representando o Brasil no Campeonato Pan-americano de Ciclismo, no próximo ano, no mês de maio na Colômbia. O evento será classificatório para os jogos Pan-americanos de Guadalajara, no México.

Os atletas são treinados pelo coordenador técnico da Seleção Brasileira de Pista, Luciano Pagliarini, que elogiou a estrutura do velódromo e também de toda a estrutura do Complexo Esportivo. "Nossos atletas estão encantados com essa estrutura. O velódromo é muito bom. Escolhemos Maringá por contar com uma estrutura que abrange tudo que precisamos em um mesmo local. Isso nos possibilita um maior desempenho nos treinos", destacou Luciano, elogiando ainda a parceria com a Prefeitura de Maringá que sempre está de portas abertas para realizar grandes parcerias.

O coordenador técnico da Seleção Brasileira de Ciclismo de Pista, o ciclista Luciano Pagliarini traz em seu currículo 17 anos de carreira e mais de 300 vitórias, entre elas campeão brasileiro, bronze no Pan-americano em 2007. Em 2008 participou das olimpíadas de Pequim na China, onde completou a prova com muita garra representando o Brasil, após percorrer mais de 240 km.

Durante os quase 11 anos na Itália, Luciano Pagliarini representou o Brasil no exterior conquistando mais de 50 vitórias e participou das provas mais importantes do Calendário Mundial de Ciclismo como o Tour de France, Giro da Itália, Paris- Roubaix, Milão - San Remo, entre tantos outros títulos.

Entre os atletas de destaque que estão treinando em Maringá, a ciclista Sumaia Ribeiro, que coleciona vários títulos na categoria, elogiou muito a estrutura da cidade. "Essa estrutura é muito boa. Nosso objetivo com esse treinamento e se preparar para o mundial na Austrália. Me sinto bem preparada, e com os treinos no velódromo de Maringá com certeza vou sair daqui pronta para conquistar mais um título", comentou a atleta que destacou ter uma rotina intensa de treinos diariamente.

Sumaia Ribeiro é 4º lugar na categoria velocidade por equipe no Pan-americano de ciclismo no México em 2009; bicampeã brasileira de velocidade individual, medalhista Sul-americana Medellin-Colômbia, bronze nos 200 e 500 metros, prata na velocidade por equipe; participação na Copa do Mundo na Inglaterra Manchester; tricampeã de velocidade dos Jogos Abertos do Interior, entre outros títulos.

Nesta sexta-feira, a secretária de Esportes e Lazer, Edith Dias, acompanhada do diretor da secretaria, Márcio Stabile, acompanhou os treinos dos ciclistas. "É um prazer receber atletas de várias modalidades em nossa Vila Olímpica. Aqui já tivemos a oportunidade de receber seleções de vôlei, vôlei de praia, agora o ciclismo e entre tantas outras. Isso é um orgulho para nós, saber que podemos oferecer uma estrutura de qualidade, além de contarmos um espaço que é referência para muitas cidades brasileiras", frisou a secretária.

O diretor da Secretaria de Esportes e Lazer, Márcio Stabile, adiantou que o município está oferecendo toda a estrutura necessária para esses atletas. "Aqui eles tem o alojamento, alimentação e estrutura esportiva que atende tudo no mesmo lugar. Essa concentração da estrutura proporciona aos atletas um maior rendimento e desenvolvimento técnico".

Os atletas que treinam no velódromo são: Robson Dias Ribeiro, Davi Pontarolli Romeo, Tiago Nardin, Flavio Cipriano, Mauricio Knap, Janildes Fernandes Silva, Sumaia Ale dos Santos Ribeiro, Marcia Fernandes Silva, Valquiria Alessandra Bento Pardial, Maira Hendi de Moraes Barbosa, Rafael de Barros Gasparini, Raul Guilherme Malaguty, Caio Moretto Buoni, Leandro Alves da Silva, Carlos Alexandre Manarelli, Gideoni Monteiro, Rafael Andriato.

Os treinos acontecem de 19 a 28 deste mês, das 9 às 12 horas e das 17 às 19 horas. O velódromo estará aberto ao público que quiser acompanhar os treinos da Seleção Brasileira de Ciclismo de Pista.

Visita COB

Também nesta sexta-feira, a equipe de alto rendimento do Comitê Olímpico Brasileiro – COB, esteve visitando o velódromo. Os membros da equipe elogiaram o local e toda a estrutura da Vila Olímpica. "Temos que aproveitar essa parceria entre Prefeitura e COB que está dando muito certo. Essa estrutura é excelente. Espero que essa parceria continue para trazermos ainda mais treinos e competições de grandes níveis para Maringá", comentou o supervisor técnico do COB, Jorge Ajus, que esteve na visita acompanhado do supervisor de Ciência do COB, Julio Noronha e do coordenador médico do COB, Gustavo Campos.

Há tipos e tipos...


Amigos...

HÁ O CICLISTA... Este é a ELITE das bicicletas. Todas as ruas são pistas do Giro D'Itália. Roupas? Malhinhas "técnicas" para a pele respirar, não acumular suor - mas no calor de Recife, acumula uma 'nhaca' daquelas! Chegar perto da "fera" depois de suada só se com máscara anti-gases! Sonho de consumo, a "Maglia Rosa"! E o papo? É 100km para cá, quadro de carbono para lá! Ele não come, se alimenta de gel de carbohidratos, repõe os sais minerais, hidrata-se. Assunto do dia: para onde vou pedalar sábado? E domingo?

HÁ O TRILHEIRO... Este é o 'MILICO' das bicicletas. O melhor caminho tem lama, sujeira, ladeiras enormes para subir, 'pirambeiras' perigosissimas para descer. É a aventura de pedalar, de chegar sujo, enlameado, fedendo a tudo, mas com um sorriso besta na cara!

HÁ O CICLOTURISTA... Este é o TURISTA das bicicletas. Mistura de Ciclista com Trilheiro, junta quilômetros com aventuras. Adora uma rota turística, de preferência sem carros e com carregado de alforges cheios de pra-que-isso!

HÁ O PEDALEIRO... Este é o PEÃO das bicicletas. Pode ser visto indo para o trabalho todos os dias da semana, em cima de sua confortável barraforte com o marmita presa do bagageiro, guarda-chuva no quadro, calça arregaçada no tornozelo. Sinal fechado, ir pela contramão, pedalar na calçada? Ora, que nada! Devagar e sempre, sem ligar para o resto do trânsito, ele costura desfilando sua habilidade entre os carros e motos, como se fossem apenas pedras no jardim de asfalto!

HÁ O CICLOATIVISTA... Este é o POLÍTICO das bicicletas. Pode ser ouvido sempre defendendo sua posição de usuário da bicicleta frente ao mundo, ajudando a combater o aquecimento global, a sociedade de consumo, a tresloucada carrocracia! Meta de vida: sumir com todos os carros do planeta! Pode ser encontrado em bicicletadas, vestidas ou peladas! Têm uma grande qualidade: respeita as leis, porque quer ver a lei que protege sua amada bicicleta, sendo seguida! E para isto, grita e berra, punho para cima, quando um monstro de quatro rodas quase o atropela!

HÁ O PEDALISTA... Este é o CIDADÃO das bicicletas. Meio pedaleiro, porque usa a bike para tudo, meio cicloativista, porque respeita as leis de trânsito. Goza do prazer de pedalar. Roupas? Qualquer uma, fresquinha! Comida? Qualquer uma, fresquinha! Não defende, não debate, não levanta bandeiras. Muitas pessoas se tornam pedalistas sem nem mesmo ter ouvido o termo. Basta pedalar com responsabilidade e ir sem pressa, aproveitando o ir para, em algum momento, chegar. Apenas dando um bom exemplo.
fonte:
http://pedalandoeolhando.blogspot.com/2010/02/ha-tipos-e-tipos.html

OBESOS OU CICLISTAS??!

Amigos...

O Globo Reporter de ontem (19/11) trouxe uma matéria sobre a epidemia de obesidade que está acontecendo nos Estados Unidos e que em 10 anos estará da mesma forma no Brasil. Dois em cada 3 americanos está obeso, ou seja, 66% da população, resultado de um estilo de vida onde ter é mais importante do que ser. Para ter mais, o americano médio trabalha mais e com isto, não tem tempo de viver, de escolher e preparar alimentos de qualidade, de se alimentar com parcimônia. Comer muito, de forma errada e com alimentos que não atendem a todas as necessidades do corpo resulta mesmo é em muita banha!

O programa também trouxe um contraponto interessante: a cidade de BOLDER, no Colorado, estado do meio-oeste americano, que tem a população mais magra do país. A receita para isto é que o povo de lá se mexe! A cidade foi eleita a mais saudável, a que a população mais COMUTA o carro pela bicicleta, a que mais gente pratica trekking. É uma cidade para vegetarianos saudáveis e que gostam de comer bem. Além disso seus moradores tem o saudável hábito de se reunirem para praticar caminhadas, esquiar, pedalar, etc, ao invés de marcar jantares, almoços ou churrascos! Quem não adere, se sente por fora da comunidade, e isto age como estímulo as melhores práticas de saúde. A saúde da cidade se deve a essas práticas saudáveis de seus moradores, plenamente estimulada pelos seus gestores!

Como Bolder, Recife é uma planície cercada pelos morros, e poderia ter um estilo de vida similar. Pensem em como seria o Recife cheia de bicicletas, com MUITO menos carros, com os ônibus de boa qualidade, com ar condicionado e horário para passar nas paradas, com qualidade de vida. Provavelmente, seria a terra dos magrinhos!
fonte:http://pedalandoeolhando.blogspot.com/2010/11/obesos-ou-ciclistas.html

Equipe dos irmãos Schleck contratam mais dois reforços de peso para 2011


zaugg
Oliver Zaugg a nova Contrataçao Dos Irmãos Schleck

A equipe Luxembourg Pro Cycling conta desde hoje com mais dois ciclistas, o escalador suíço Oliver Zaugg (ex-Liquigas) e o especialista holandês na luta contra-relógio, Joos Posthuma. As contratações da equipe dos irmãos Schleck deverá estender-se até aos 25 ciclistas mas, para já, coloca a equipe luxemburguesa dirigida por Brian Nygaard e Kim Andersen num nível muito elevado com a liderança do ranking “esportivo” da UCI. Depois de ontem ter recebido a confirmação da presença no pelotão ProTour a equipe vai agora contratar mais três ciclistas e encerrar o seu plantel.

Joos Posthuma Novo Contratado Pela Equipe Irmãos Schleck.

Luxembourg Pro Cycling – 22 ciclistas confirmados :

Andy Schleck, Fränk Schleck, Daniele Bennati, Will Clarke, Stefan Denifl, Brice Feillu, Jakob Fuglsang, Linus Gerdemann, Dominic Klemme, Anders Lund, Maxime Monfort, Martin Mortensen, Giacomo Nizzolo, Stuart O’Grady, Bruno Pires, Tom Stamsneijder, Davide Viganò, Jens Voigt, Fabian Wegmann, Wouter Weylandt, Oliver Zaugg e Joost Posthuma

Equipe de Blanco, Sastre e Menchov fora da primeira divisão de ciclismo


A nova equipe espanhola Geox, da qual fará parte o triplo campeão da Volta a Portugal David Blanco, foi hoje excluída da primeira divisão do Circuito Mundial de estrada da União Ciclista Internacional (UCI).

Entre as 18 equipas corretamente inscritas contam-se as novas Luxemburgo Pro Cycling, dos irmãos Andy e Frank Schleck e do português Bruno Pires, a norte-americana BMC e a holandesa Vacansoleil.
Além da Geox, que conta ainda nas suas fileiras com o espanhol Carlos Sastre e o russo Denis Menchov, também a francesa Cofidis foi relegada para a segunda divisão mundial -- o escalão Continental Profissional.
Desta forma, apesar de todas as decisões serem ainda passíveis de recurso e só se formalizarem a 10 de dezembro, o pelotão de topo conta até agora com um total de 18 conjuntos, enquanto a segunda divisão mundial tem, para já, 15.


- Lista de equipas do escalão maior do Circuito Mundial da UCI:

Estados Unidos: Garmin, RadioShack, Columbia e BMC.
Bélgica: Ómega e Quick Step.
Espanha: Euskaltel e Movistar.
Itália: Lampre e Liquigas.
Holanda: Rabobank e Vacansoleil.
Dinamarca: Saxo Bank.
França: AG2R.
Grã-Bretanha: Sky.
Cazaquistão: Astana.
Luxemburgo: Luxembourg ProCycling.
Rússia: Katusha.
fonte:

http://sic.sapo.pt/online/noticias/desporto/equipa+de+blanco.htm

segunda-feira, 22 de novembro de 2010

Atletas da Elétrica Gutierrez/Lorenzetti/Lâmpadas Golden confirmam participação no 6º desafio da Lagoa 2010















Todos os Atletas da Elétrica Gutierrez/Lorenzetti/Lâmpadas Golden estão convocados a participarem do 6º desafio 10 Voltas da Lagoa 2010 e "2º Pedalando Contra a Dengue"

Aguardamos a participação de Carlos Leônidas (Carcaça), Ivankler Chaves (Baiano), Luiz Otávio (Superfrango), Marcelo Franco, Hamilton Junior, Amarante, Ricardo Alcici, Jonatas Gomes, Guilherme Balesteros, Fernando Ladeia e Nedson Conde.






A Elétrica Gutierrez/Lorenzetti/Lâmpadas Golden oferecerá brindes ä organização para que sejam distribuidos aos atletas que completarem as 10 Voltas em torno da Lagoa.

Luis Otávio (SuperFrango)