segunda-feira, 29 de junho de 2009

Parabéns prá você..............


Parabéns amigo Adriano muitas felicidades.
Frango
Adriano é o da esquerda.

Agradecimento especial a Afrânio Pacheco

Quando realizo uma prova, nunca faço sozinho e a grande maioria só se lembra de me agradecer elogiar ou criticar e esquecem que muitas outras poessoas estão envolvidas até o pescoço junto comigo e então fica aqui um agradecimentop especial ao meu amigo Afrânio Marques Pacheco que sem ele seria impossível a realização do 1° Trofeu Papo Legal.
Desde o primeiro contato até a entrega da última grade ele esteve atuante junto a mim.
Foi um mes de correria da grossa e não podia ter escolhido um companheiro melhor do que Afrânio para estar ao meu lado. Que na verdade foi ele quem me escolheu e me chamou para a realização desta prova.
Todo o mérito se deve a ele em primeiro lugar.
Em momento algum tivemos atritos ou discusões e tudo foi realizado com bastante calma apesar da correria.
Agora mais do que nunca acredito que escolhi o cara certo para ser meu braço direito e esquerdo na Liga Mineira de Ciclismo.
Meu muito obrigado, voce é o cara.
Frango

Montes claros (Ciclismo)

BICIMAX–CICLISMO
IV GP de Ciclismo Cidade de Montes Claros
Valida pelo Ranking Nacional –Classe 1.12.2
Data: 5 de Julho de 2009
Local: Av. José Correa Machado
Tipo de Prova: Circuito Plano de 2.350 metros por volta.
Distancia: Categoria: Elite 50 voltas total 117.5km
Categoria: Open Máster 18 voltas total 42.3 km.
PROGRAMAÇÃO:
8.h - Largada Categoria: Open Máster.
9.h15’ - Largada Categoria: Elite.
13.h30’ - Premiação para todas as Categorias.
Congresso Técnico 4 de Julho de 2009 -18h
Local:SESC Pousada de Montes Claros MG
AV. Deputado Esteves Rodrigues,1124 Montes Claros MG
INSCRIÇÕES E PRAZOS
Inscrições abertas até 3 de Julho de 2009 Taxa de inscrição R$ 50.00
Inscrições encaminhadas via e-mail
bicimaxmoc@hotmail.com com as seguintes
informações:
Licencia: CBC Nº
Categoria:
Nome Completo:
Data Nascimento:
Federação a qual é filiado:
Equipe/Patrocínio:
CPF, RG,
Endereço Completo:
Tel. e-mail
NÃO SERÃO ACEITOS DEPOSITOS EM CAIXA RAPIDO.
Dados para deposito.
- Banco Caixa Econômica Federal.
- Agencia 0132
- Conta Corrente 39630-0
- Alayde Neves de Oliveira.
- NÃO FAREMOS INSCRIÇÕES NO LOCAL E DIA DA PROVA.
INFORMAÇÕES : Telefone: (038) 3221-9266 ou (038) 3214-6390
Premiação Categoria Elite 1º Lugar Troféu e do 1º Lugar ao 10º Lugar Medalhas.
Melhor Classificado Categoria Sub 23 Troféu e R$ 900.00
1º Lugar 2º Lugar 3º Lugar 4º Lugar 5º Lugar
R$3.500.00 R$2.500.00 R$1.500.00 R$900.00 R$800.00
6º Lugar 7º Lugar 8º Lugar 9º Lugar 10º Lugar
R$700.00 R$600.00 R$500.00 R$400.00 R$300.00
Quatro (4) Metas Volantes 1º Lugar R$ 400.00, 2º Lugar R$ 200.00,para cada meta
volante.
Categoria Open Máster 1º Lugar Troféu e do 1º Lugar ao 5º Lugar Medalhas.
1º Lugar 2º Lugar 3º Lugar 4º Lugar 5º Lugar
R$ 600.00 R$ 450.00 R$ 350.00 R$ 250.00 R$ 150.00
Uma (1) Meta Volante 1º Lugar R$ 200.00, 2º Lugar R$ 100.00

Medalhas de Participação para todos os atletas.
Ganhadores anteriores do GP de Ciclismo Cidade de Montes Claros.
- 2008 –Roberto Pinheiro da Silva
- 2007 –Fabiele dos Santos Mota
- 2006 –Rodrigo Caetano da Silva
Na II Edição do GP de Ciclismo Cidade de Montes Claros foi criado o Troféu Cidade
de Montes Claros, que o atleta poderá conquistar ganhando a prova 2 (duas) vezes
seguidas ou 3 (três) alternadas.

Por e-mail FMC

Ultra Maratona de MTB


ROGÉRIO PACHECO VOLTA A COMPETIR EM GRANDE ESTILO




Após dois meses parado devido a um acidente em treino na Lagoa da Pampulha em Belo Horizonte, Rogério Pacheco (foto) voltou a competir na 1°Copa Santa Luzia de Ciclismo disputada na cidade de Santa Luzia no último dia 14 de Junho. Prova organizada pelo Pedal do Frango. Pacheco além de competir na sua categoria a Master ‘A’, competiu também na categoria Elite. Como é de se esperar do melhor atleta de longa distância do Brasil da atualidade, sem contar que também é um excelente atleta tanto em corridas de MTB, circuito rápido e estrada.
Rogério Pacheco tem como meta principal esse ano a disputa das 24 h de Fortaleza no Ceará, que vai ser disputada nos dias 31 de Outubro e 01 de Novembro.
Pensando nas dificuldades para defender o tri do Desafio 24h treina forte para competições de menor duração para se manter atuante e tendo referências e metas como defender o título de campeão brasileiro Master, prova que será disputada em Macapá.
Mesmo estando fora da disputa da RAAM (Race Across América) deste ano não perde o ânimo e se deixa abater e continua atuante como sempre... Muitos são os desafios deste atleta que tem a RAAM como principal foco na sua carreira. “A logística de uma prova como a RAAM é algo grandioso quando se trata de esporte individual em nosso país, mas um país que tem o futebol como esporte prioritário, as coisas se tornam mais difíceis, uma vez que a mídia torna invisível a maioria dos esportes no Brasil. Assim as tentativas, e as chances vão ficando mais distantes.Na certeza de que o ciclismo brasileiro e mineiro segue no caminho correto. Com a criação da Liga Brasileira de Ciclismo e principalmente a Liga Mineira de Ciclismo que vem aí, com tudo, o esporte ganha força! Grande conquista para nosso estado. Em Minas Gerais vale destacar grande exemplo dado ao Demerson (Frango), futuro Presidente da Liga Mineira de Ciclismo que muito breve será ainda mais atuante no ciclismo mineiro. Tendo como vice-presidente Afrânio Pacheco, atleta atuante e experiente profissional da elite nacional tanto do ciclismo, também do MTB. Ficamos na torcida para que tudo corra bem este ano para nosso amigo Rogério Pacheco, estaremos sempre apoiando este que supera limites...Exemplo a ser seguido e orgulhosamente dizemos: “É mineiro”! O ciclismo mineiro e nacional agradece este personagem que é orgulho para todos nós!
Rogério Pacheco tem o apoio do blog Lapa Bikers.
Por E-mail: Cristiano Mota

Vídeos

http://www.sedentario.org/videos/putz-atrapalhou-a-competicao-e-quase-matou-o-ciclista-16977
dá até medo só de ouvir o barulho....
http://festerblog.com/esportes/o-drible-mais-bonito/
eh de futebol... mas brincadeira vei... vale a pena ver... .:
No Mais, Gerais ... :. Por E-mail: Júlio César

Thales Casagrande vence competição de Ciclismo



Thales Casagrande vence competição de Ciclismo
O atleta mineiro Thales Casagrande, conquistou o titulo de campeão infantil durante a competição: 1° Troféu Terra da Sobriedade de Ciclismo.
O evento fez parte de comemoração à Semana Mundial Antidrogas, que tem apoio da Prefeitura Municipal de Belo Horizonte e Governo do Estado de Minas Gerais. A edição mineira da homenagem teve encerramento na Lagoa da Pampulha, no sábado 27/06/09, com shows musicais, artesanato, atividades circenses, e uma competição ciclística, que teve a participação de mais de 150 ciclistas, divididos em sete categorias, entre elas, a Infantil, que foi disputada por 15 competidores.
O circuito de ciclismo foi montado na orla da Lagoa da Pampulha, frente à Igreja São Francisco. Logo na largada, Thales entrou em perseguição ao ciclista que abriu certa vantagem dos demais garotos. Faltando uma volta (1500m) para o final da prova, Casagrande fez um ataque forte ao adversário, que não teve condições de reagir à fuga, o campeão seguiu sozinho para concluir o percurso de cinco quilômetros e vencer a prova.
Thales Casagrande está sendo acompanhado de perto pelo preparador físico Reginaldo Gonçalves, que é Mestre em Treinamento Esportivo. Agora, Gonçalves está fazendo Doutorado, e, sua área de pesquisa é a Saúde da Criança e do Adolescente. Diante este estudo, Reginaldo está fazendo um trabalho de treinamento com Thales, visando o próximo ano, uma vez que o atleta, passa a disputar categorias oficiais da Confederação Brasileira de Ciclismo, que são para ciclistas com idade de 13 anos acima (ano base de nascimento) .
O evento foi organizado pelo Pedal do Frango, por Green Max Bikes, com apoio de Rogério Pacheco, Prefeitura Municipal de Belo Horizonte, BH Trans e Federação Mineira de Ciclismo.
Por E-mail: Jomane Casagrande

1° Trofeu Papo Legal ( Pedalando pela Vida) resultado geral

Amigos do pedal.
Vamos começar hoje com uma série de agradecimentos especiais a todos que ficaram envolvidos neste evento.
Começaremos por DEUS que sem este nada é possível , aos atletas, os voluntários da Terra da Sobriedade, Michelle da Oficina da Bike, Guilherme e Sr. Milton com seus caminhões, Warley na parte elétrica e minha esposa Eliane. Se esqueci de algum nome peço que me perdoem, é muita coisa para lembrar.
Quanto à prova, entre erros e acertos de minha parte, acertamos mais do que erramos.
Quando cheguei na lagoa no sábado achei que tudo ia se complicar devido ao quadro que me foi apresentado o circuito, nada que pedi estava em ordem, mas rapidinho Afrânio, Eliane e eu conseguimos por ordem na casa e a prova deu início.
Contamos com a participação efetiva na cronometragem da prova do presidente da FMC Wellington, que quis pessoalmente ser o comissário da prova, onde pude aprender mais sobre corridas.
Também nos premiou com sua presença e de sua filha na prova o Diretor Esportivo da União Marcelo Castelhões e também esteve presente o presidente da Associação Mineira de Ciclismo Marcelo Donabela, associação essa que fez parte da fundação da LMC.
Tivemos 8 categorias distintas e todas bombaram, a cobra fumou de verdade, fugas espetaculares, muita força foi feita para serem neutralizadas.
Na Elite os caras estavam voando todos juntos até o meio da corrida, depois numa fuga sensacional saíram cinco e com um Master no meio (Gilberto da CDC), passavam por nós a milhão, não deram mole hora nenhuma. Foi demais, um show!
Os garotos da infantil fizeram bonito. Tales (Revista Pedal) foi o campeão e o segundo lugar foi decidido em cima da linha pelos atletas Leonardo Ivo e Luiz Ricardo que chegaram roda a roda ..... levando a melhor Leonardo Ivo. Todos os garotos e garotas fizeram questão de terminar e a torcida saudou cada um na linha de chegada.
Nas Masters Rogério Pacheco incansável nas buscas e fugas onde todos queriam a vitória.
Por duas vezes Fernando Ladeia saiu em fuga e deu um trabalho danado para os companheiros, sendo que na segunda vez acabou indo para a vitória. Na Master B, Juraci e Robertão pareciam dois foguetes no sprint levando a melhor Juraci, categoria onde todos puseram a cara no vento pelo menos uma vez.
Open, que categoria! Desceram o carretel! Estes atletas precisam acreditar no potencial deles e irem para a categoria Elite pois são muito forte nos treinos e nas competições.
Tivemos uma categoria especial que foi a da Terra onde praticamente só atletas da entidade é que participaram. Digo praticamente porque deixei alguns competidores que nunca correram entrar nesta categoria, pois estavam de igual para igual no preparo físico. E na hora da chegada Roberto e Luiz Fernando fizeram um sprint de gente grande, ombro a ombro se tocando e Luiz acabou passando fora do cone para evitar um acidente e ficou com o segundo lugar devido às regras.
Na MTB tivemos apenas 4 competidores e um chegou atrasado e por se tratar de uma festa permiti que ele corresse e ele deu trabalho.Buscou o segundo lugar, que infelizmente não poderá ficar com ele, devido ao atraso na largada. Espero que o atleta entenda a situação.
Sempre corremos o risco de errar e não foi diferente comigo. Erros que não acontecerão novamente. Por se tratar de uma festa, permiti depois de dialogar com a categoria Estreante a presença de um triatleta, um atleta da Open e um da Master A que não buscariam a vitória, porém dariam um ritmo mais forte à prova. Foi um erro que não acontecerá de novo pois dois atletas se sentiram prejudicados por este fato e o outro foi permitir que o atleta que chegou atrasado largasse assim mesmo. Nada disto se repetirá em prova alguma que eu realizar. Apesar de que a decisão foi tomada por meio de votos de todos e a maioria concordou.
Fora isto tudo deu muito mais certo do que esperavam algumas pessoas, foi um show de pedal.
Mudança nos próximos eventos: Se o atleta for correr em duas ou mais categorias terão que fazer as inscrições antecipadas para as categorias que for disputar.
Espero vocês em Santa Luzia para a 3° Etapa da 1° Copa Santa Luzia de Ciclismo. As inscrições vão só atá o dia 09/07 e já estão nas lojas
Abraços
Frango

Resultado:

Elite
1° Ricardo Alcici Oficina da Bike 0.32.54 h 10 pontos
2° Edgard XPRO 7 ptos
3° Vagner Green Max 5 ptos
4° Jonatan gomes Oficina da Bike 3 ptos
5° Vinícius de Almeida XPRO 1 pto

Open
1° Reginaldo Caldeira Brets Video 0.32.19 h
2° Eudes Ramiro
3° João Fernando Green Max
4° Marco de Souza Oficina da Bike
5° Alan Alcebiádes

Master A
1° Fernando Ladeia Free Force/ Tripp 0.27.56 h
2° Marcelo Boschi Massas Andreani
3° Rogério Pacheco Gren Max/By Pacheco
4° Marcelo Morais Cicle Viana
5° Evandro de Deus Micro Fax

Master B
1° Juraci de Almeida XPRO 0.25.09
2° Roberto Leal Terapi
3° Nedson Conde Oficina da Bike
4° Adalto Lacerda Oficina da Bike
5° Eduardo Cardinale

Estreante
1° Lucas Vinícius 0.20.12 h
2° Rodrigo Padilha Micro City/BMG
3° Warley Marongon
4° Charles Saliber Stillo Celulares
5° Nelson Napoleão

Terra
1° Roberto Moreira Terra da Sobriedade 0.22.29 h
2°Luis Alexandre Zacarias Somateco
3° Paulo Cesar

MTB
1°Weverson Ventura Green Max 0.24.06 h
2° Israel Tomaz
3° Leandro Rebello
4° Rodrigo Venâncio

Infantil
1° Tales Casagrande Revista Pedal 0.22.52 h
2° Leonardo Ivo
3° Luiz Ricardo
4° Yuri Viegas XPRO
5° Lucas Casagrande Revista Pedal

(Participaram mais 10 competidores nesta categoria, incluindo 2 meninas).

domingo, 28 de junho de 2009

Fotos: 1° Prova Pedalando pela Vida

Rogério Pacheco e D. Nair Marques Pacheco
As fotos estão sendo postadas no blog:

Bike Fit ..............O que é isso?

Por e-mail

Muitos já ouviram falar, alguns não tem a menor idéia do que é e outros já fizeram. E o resultado é: Funciona! E farei sempre que trocar algo em minha bike.
O que é o Bike Fit?
Se fossemos traduzir para o português seria algo como: “O encaixe do ciclista na bike”, a adaptação do ciclista e o ajuste da bike, portanto às vezes é trocar ou ajustar a posição de componentes como mesa, pedivela, clip ou o que for necessário para que o ciclista esteja na melhor posição para pedalar.
O que é a melhor posição para pedalar?
Dentre inúmeras definições, as quais vieram ao longo desses anos de existência do ciclismo sendo criadas por Eddy Merckx, Bernard Hinault , Arnie Baker, Mark Hodges, John Howard, Greg LeMond, Andy Pruitt, Cristopher Kautz dentre outros, hoje podem ser resumidas em “Ajuste da bicicleta a fim de deixar o ciclista confortável e seguro, produzindo cada vez mais velocidade sem gastar energia desnecessária, evitando lesões e tornando o pedal agradável”.Claro que podemos dividir as situações, como para um ciclista recreacional, que visa ter uma bicicleta confortável e ter uma trilha, ou um pedal de estrada duradouro e prazeroso. Assim como podemos pensar em um atleta de elite, que pode preferir ter um pouco do seu conforto prejudicado para adquirir uma posição mais aerodinâmica e que produza mais potência. Neste caso ele visa velocidade, mas também não pode deixar o conforto completamente de lado, pois a posição desagradável pode deixá-lo com dores e sua velocidade diminuirá em conseqüência do desconforto.
Para quem e quando fazer?
Indicado a qualquer ciclista, seja moutain biker de provas de aventura, maratonas ou single-tracks; Triatletas, ciclistas de estrada ou recreacionais. Atletas amadores ou profissionais, e no caso de iniciantes o ideal é que haja uma orientação prévia no intuito da compra correta. Deve-se fazer um bike fit, sempre que estiver pedalando, seja para sanar a causa de uma dor ou à procura do posicionamento perfeito, lembrando que o nosso corpo passa por mudanças constantes, como lesões, mudanças de objetivo com provas diferentes (curta ou longa distância) ganho de flexibilidade, enfim, na média a cada 6 meses deve-se pensar nos objetivos que há pela frente, fazer uma avaliação física e traçar novas metas, pois muitas vezes pode-se deixar a bicicleta numa posição mais agressiva, mantendo conforto e você não sabe.Métodos e materiais de avaliaçãoFerramentas como goniômetro, prumo, trena e outros materiais que se parecem mais com os de um engenheiro. E hoje o ciclismo pode contar com o apoio da ciência para avaliação, com o uso de softwares, simuladores quase que reais e análise biomecânica com gráfico instantâneo de cada parte do ciclo da pedalada.
Como funciona um bike fit de verdade!
-Resumo das etapas:
1-Após um prévio agendamento, o ciclista passa por uma anamnese, nada mais que um diálogo, buscando detalhes e informações sobre histórico de lesões, dores freqüentes, tipo de pedalada. Quais objetivos existem em relação à bike, postura de trabalho, para saber suas possíveis influências na postura. Testes de flexibilidade, avaliação do arco do pé entre outras perguntas.
2-Após a medição da bike e antes das alterações, o ciclista inicia uma pedalada sobre um simulador para que dê inicio a avaliação.
3-Alguns fazem vídeo do “antes” e seguem para a parte prática, que vai desde o ajuste dos taquinhos da sapatilha até todas as modificações necessárias, como altura do canote, ajuste de selim, mesa, guidão etc.
4-Então faz-se o vídeo do depois, com a finalização para que se possa avaliar e comparar as posições. Normalmente há um retorno em 30 dias.Fatores como pedivela e guidão, alinhamento dos manetes, bar end, e principalmente ajuste dos taquinhos são comumente achados em tamanhos e posições fora do padrão ideal para determinado ciclista, por isso vale a pena uma avaliação feita por profissional, que dura em torno de 2h.
Por que fazer?Muitas vezes ouvimos que alguém fará um bike fit porque esta sentindo dores, e é exatamente isso que tem que mudar, pois assim como a hidratação onde existe aquele ditado: “antes de sentir sede tem que beber água”, na bike é igual, pois muitas vezes já estamos pedalando com a postura inadequada o com material incorreto e no futuro sentimos dores e nos machucamos. E o fator que considero o mais importante é o conforto, pois onde há conforto há performance, logo se estamos nos sentindo bem em cima da bike, por lá ficaremos horas e horas!Não se deixe enganar.Para que você tenha certeza de que está fazendo um bike fit com um profissional de qualidade, procure saber mais sobre ele, pesquise e converse com seu treinador ou o pessoal onde você leva a sua bicicleta para manutenção. A diferença está na tecnologia, no procedimento e know how que cada um possui. Pois cada um tem o seu ponto de partida e de finalização, ás vezes um é mais conservador que outro. Cada um tem sua técnica e sua seqüência de avaliação, seguido de uma filosofia individual.
Muitos já ouviram falar, alguns não tem a menor idéia do que é e outros já fizeram. E o resultado é: Funciona!
E farei sempre que trocar algo em minha bike.

sábado, 27 de junho de 2009

Liquigas para o Tour


Vincenzo Nibali e Roman Kreuziger serão os líderes da esquadra italiana na grande volta francesa deste ano. Murilo Fischer não faz parte da lista .
A Liquigas anunciou hoje sua escalação final para o Tour de France 2009, que começa em 4 de julho.
Vincenzo Nibali e Roman Kreuziger dividirão a chefia da esquadra, que também conta com Daniele Bennati, Franco Pellizotti, Fabio Sabatini, Aliaksandr Kuschynski, Alessandro Vanotti, Fredrik Willems and Brian Bach Vandborg.
“O objetivo é tentar vencer pelo menos uma etapa. Nossa meta é colocar Nibali e Kreuziger entre os dez primeiros da classificação geral”, afirmou, para o site ‘Cyclingnews’ Robert Amadio, técnico da equipe.
Infelizmente, o brasileiro Murilo Fischer não foi selecionado para a prova francesa. Dois acidentes, um na Paris-Roubaix e outro no Dauphiné Libéré foram os principais responsáveis pela ausência do brasileiro. Fischer competiu com o escafóide (osso do punho) quebrado durante o Dauphiné e a Volta da Eslovênia, mas sentia fortes dores para controlar a bicicleta.
Outra ausência é a do polonês Sylvester Szmyd, vencedor da etapa do Mont Ventoux na Dauphiné-Libéré. Por um pedido especial de Ivan Basso, Szmyd foi escalado para a Vuelta a España, quando ajudará o italiano na disputa do título.
Confira as escalações confirmadas até agora para o Tour de France 2009:
Liquigas
Daniele Bennati, Vincenzo Nibali, Franco Pellizotti, Roman Kreuziger, Fabio Sabatini, Alksandr Kuschynski, Alessandro Vanotti, Fredrik Willems e Brian Bach Vandborg.
Astana
Lance Armstrong, Alberto Contador, Andreas Klöden, Levi Leipheimer, Dmitriy Muravyev, Sergio Paulinho, Yaroslav Popovych, Gregory Rast e Haimar Zubeldia.
Cervélo
Inigo Cuesta, Volodymir Gustov, Heinrich Haussler, Thor Hushovd, Andreas Klier, Brett Lancaster, José Angel Gomez Marchante, Hayden Roulston e Carlos Sastre.
Cofidis
Stéphane Augé, Samuel Dumoulin, Leonardo Duque, Bingen Fernandez, Christophe Kern, Sébastien Minard, Amaël Moinard, David Moncoutié e Rémi Pauriol.
Garmin-Slipstream
Julian Dean, Tyler Farrar, Ryder Hesjedal, Dan Martin, David Millar, Danny Pate, Christian Vande Velde, Bradley Wiggins e David Zabriskie
Katusha
Alexandre Botcharov, Joan Horrach, Mikhail Ignatiev, Sergei Ivanov, Vladimir Karpets, Danilo Napolitano, Filippo Pozzato, Nikolay Trusov e Stijn Vandenbergh.
Milram
Gerald Ciolek, Markus Fothen, Johannes Fröhlinger, Linus Gerdemann, Christian Knees, Niki Terpstra, Peter Velits, Fabian Wegmann e Peter Wrolich.
Rabobank
Stef Clement, Juan Antonio Flecha, Oscar Friere, Juan Manuel Garate, Robert Gesink, Denis Menchov, Grischa Niermann, Joost Posthuma e Laurens ten Dam.
Saxo Bank
Kurt-Asle Arvesen, Fabian Cancellara, Stuart O'Grady, Gustav Larsson, Andy Schleck, Fränk Schleck, Chris Anker Sørensen, Nicki Sørensen e Jens Voigt.
Por E-mail

Vídeos



ESTILOSO OU NÃO?
---------------------------------------------------------------------------
EXPOSIÇÃO EM 2008 LOW RIDER

http://www.youtube.com/watch?v=477UJHzg-uw&feature=related
OBS: FICO IMAGINANDO ISSO EM UMA ETAPA DO GIRO D´ITALIA

----------------------------------------------------------------------------
SUSPENSÃO A AR

http://www.youtube.com/watch?v=0fMyr3n70S8&feature=related

---------------------------------------------------------------------------
UM DESSES AJUDARIA MUITO POR AQUI

http://www.youtube.com/watch?v=mo9Vlt5tGwY
----------------------------------------------------------------------------
http://oblog.virgula.uol.com.br/omedi/2009/06/estacionado-em-lugar-proibido/

ABRAÇO
Douglas Ceron (Por E-mail)
am outros...

sexta-feira, 26 de junho de 2009

É AMANHÃ!!!

Clique no cartaz p/ melhor visualização
Amigos. Amanhã, sábado, realizaremos a Prova 1° troféu Papo Legal Terra da Sobriedade. Este evento é beneficente e fecha a semana antidrogas, uma campanha muito séria.
Peço a colaboração de todos os atletas e ciclistas que compareçam neste sábado na Orla para prestigiar a prova, pois foi difícil conseguir que tudo acontecesse na Lagoa e com isso abriu um precedente muito importante para todos nós do ciclismo, pois à partir de agora ficará mais fácil conseguirmos o fechamento de parte da lagoa junto às autoridades competentes. Amigos, quem não for correr e puder colaborar com 1 kg de alimento não perecível a ser entregue no dia do evento.
Lembrando que teremos uma categoria infantil.
Levem seu filhos
Frango

*Obrigatório uso de capacete
ATRAÇÕES:
Corrida Pedalando Pela Vida
Trampulim
Encontro de Bonequeiros
Matraca
Tamanduá sem Bandeira
Cine Teatro Vagalume
Aldeia
SoLLeo
Reciclantes
Família Silva
Walu
PigmaliãoEsculturquemexe
Circulador
Watu
Caixa 4
Kabana
Mostra de Talentos do Programa Papo Legal
Tatá Sympa
Local: Praça Padre Dino Barbieri em frente a Igreja da Pampulha
Das 8 às 13 hs
UMA CELEBRAÇÃO PELA VIDA!

Equipe Oficina da Bike/IB Factoring compete no Pedal Sobriedade.

A equipe Oficina da Bike/IB Factoring, irá competir nesse próximo sábado na prova Pedal da Sobriedade que acontecerá em local inédito.
A prova será disputada na parte da manhã em frente à Igrejinha São Francisco na Lagoa da Pampulha.
A prova, que será disputada em circuito de 2 km, promete ser dura, pois terá dois retornos em cones, fazendo com que as bikes reduzam a velocidade a praticamente 0km/h a cada km de prova.
A equipe que apesar de pouco tempo de formação está confiante em bons resultados. “Os atletas estão com um bom ritmo de competição.” No último final de semana correram em duas provas no Rio de Janeiro. “Eles estão preparados e iremos trabalhar para o que estiver melhor no decorrer da competição”, Diz Ricardo Alcici, treinador da Equipe.
A equipe contará também com novos reforços.
No domingo Ricardo Alcici e Guilherme Svizzero irão disputar também a prova de Contra Relógio que será disputada paralelamente com o Campeonato Brasileiro de Duatlon na Lagoa da Pampulha.
A equipe tem o patrocínio da IB Factoring e Oficina da Bike e conta com o apoio da Academia Sport Fitness e dos Treinadores Ricardo Alcici e Júlio.

Trajeto - Prova Pedalando pela Vida


quinta-feira, 25 de junho de 2009

Matéria sobre 1° trofeu Papo Legal Pedalando pela Vida

http://www.bikemagazine.com.br/

http://www.amigosdabike.com.br/
Frango

Pedal Manifesto - Mais uma semente plantada em BH25/06/09 por Vinícius Mundim Zucheratto

Por E-mail

No dia 20 de junho de 2009, sábado, cerca de 70 ciclistas fizeram uma pedalada-manifesto pelas ruas do centro de Belo Horizonte, ao fim do qual entregaram uma carta de reivindicações destinada ao Prefeito.

O manifesto, organizado pelo Mountain Bike BH e apoiado por diversos grupos e entidades relacionadas à bicicleta, chamava a atenção para a oportunidade de aproveitar as obras de duplicação da avenida Antônio Carlos e ali inserir uma ciclovia, ligando o Centro ao Mineirão, à UFMG e à orla da Lagoa da Pampulha. Com a aprovação da cidade como uma das sedes para a Copa de 2014, há a recomendação expressa da Fifa para que o acesso aos estádios privilegie meios de transporte alternativos ao automóvel particular.Nesse contexto, a criação da ciclovia, aliada à construçào de um bicicletário seguro no Mineirão, poderia desafogar o trânsito nos dias de jogos: muitas pessoas prefeririam ir ao estádio pedalando, em vez de enfrentar os inevitáveis engarrafamentos. E o benefício seria permanente para a cidade.

A carta foi entregue, após a pedalada, ao Presidente da BHTrans, Ramon Victor César, que representou o Prefeito Márcio Lacerda. Ele disse que, embora a obra já esteja adiantada, vai levar a reivindicação para a próxima reunião do grupo gestor do projeto.

Repercussão
Vídeo: Fala do Presidente da BHTrans
MGTv - Rede Globo - mostra também o estado deplorável da Ciclovia da Av. 12 de Outubro, região da Pampulha
Jornal O Tempo
20/jun Prefeito recebe hoje proposta de ciclovia na Antônio Carlos

21/jun
Ciclistas de BH pedalam em protesto
Jornal Hoje em Dia Ciclistas pedem ciclovia na Antônio Carlos
Revista Ragga Manifestação a favor de ciclovia acontece neste Sábado em BH
Jornal Super Notícia Para desafogar o trânsito
Blog Vá de Bike BH prefere mais carros na Copa de 2014

Parabéns prá você..............


Pessoal,

Hoje é um dia especial. O grupo Mountain Bike BH completa 5 anos de fundação!



Muita coisa boa já aconteceu nessa história, que começou numa comunidade no Orkut e coleciona momentos de muita alegria em torno da Bicicleta. Trilhas, rólés urbanos, viagens, competições, churrascos, pedais solidários, pedais-manifesto ...

E para comemorar, nada melhor que subir na bicicleta e encontrar os amigos.

A programação de hoje, 25 de Junho de 2009.
Lançamento do novo portal do grupo: http://mountainbikebh.com.br/;
RUA - Rolé Urbano de Aniversário
Saída às 19:30, do Café do Sol (Av. do Contorno, ao lado do Music Hall);
Trajeto: 8km (mapa) , tópico no Fórum;
Orientações sobre conduta durante a pedalada, são as mesmas do RUTs (Rolé Urbano das Terças);
Confraternização após a pedalada, no Café do Sol.
Compareça para a pedalada e/ou para a "butecada"!


Abraços
Vinícius Mundim Zucheratto----------------------------------------Cel.: +55 31 9133-7574
MSN: vinicius.mz@hotmail.com----------------------------------------http://www.bdmg.mg.gov.br/

Brasileiro de Triatlon no Rio

Confiram desconto em hospedagem no Rio para atletas que vão participar do Brsileiro de Triatlon do Rio no link abaixo

Fonte: www.cleitonabilio.spaceblog.com.br

http://cleitonabilio.spaceblog.com.br/419312/Hoteis-da-Rede-Ibis-Desconto-para-atletas/

Frango

Nota de agradecimento

Família do pedal, quero agradecer juntamente com Eliane a todo as manifestações , e-mails , abraços recebidos em relação aos nossos anos de casamento e espero com a ajuda de DEUS ter muito mais que 23 anos pela frente junto a ela.
Frango

Comunicado Pedal do Frango

Amigos hoje é o último dia para a inscrição para a prova de sábado dia 27 de junho.
A inscrição é apenas 5 kilos de arroz e valerá ponto para a 1° Copa de Santa Luzia de Ciclismo
As incrições poderão ser feitas na Green Max e Oficina da Bike até às 18.30 hs e no escritório do Pedal do Frango até às 22 hs.
A categoria feminina foi substituida pela MTB
1° TROFEU PAPO LEGAL PEDALANDO PELA VIDA

Movimento antidrogas muito importante realizado mundialmente e que abriu espaço para o nosso esporte então compareçam em massa.
Se não for correr compareça e leve 5 kilos de arroz para doação.
Repito, não aceitem nenhum convite que seja para retirá-los do evento pois é muito imoportante o apoio de voces. Deixem a farraperagem de lado neste dia.
Apoiar eventos de ciclismo demonstra união, independente de quem esta realizando ou em que local.
Frango

quarta-feira, 24 de junho de 2009

Nasceu filho de Lance Armstrong


O heptacampeão do Tour é pai pela quarta vez.

O heptacampeão do Tour de France, Lance Armstrong, é agora pai pela quarta vez.

Seu mais novo filho, chamado Max, nasceu dia 04/06/2009.

Em Aspen, com sua namorada, Anna Hansen, e Max, o norte-americano anunciou a novidade em seu Twitter.

O casal anunciou em dezembro de 2008 que estava à espera do bebê, que é o primeiro filho dos dois juntos.

Seguindo os passos do pai, Max Armstrong já tem seu próprio Twitter.

Os outros três filhos de Lance são de seu antigo casamento, com Kristin Richard – todos frutos de inseminação artificial, já que o tratamento contra o câncer poderia ter limitado sua capacidade de ser pai.

Porém, esse não foi o caso de Max, que nasceu do procedimento tradicional de procriação.

Tour do Cárcere


Começou no dia 04/06/2009, na cidade de Lille, França, uma competição por etapas um tanto diferente.
Seu pelotão é formado por 196 presos de diversas cadeias francesas.
Pedalando por um percurso total de 2.300 km, divididos em 17 etapas, os competidores terão acompanhamento de 124 policias e instrutores.
O principal objetivo da iniciativa é fomentar o companheirismo entre os encarcerados, que jantarão e dormirão em hotéis nas cidades da meta de cada jornada, retomando, durante o evento, o contato com a sociedade.
Porém, o fato mais curioso da prova é a proibição das escapadas, uma medida de segurança que visa evitar possíveis fugas, com o perdão do trocadilho.
Dessa forma, a competição não terá uma classificação individual, valendo o melhor trabalho em conjunto.A última etapa do Tour do Cárcerie acontecerá em Paris.

Campeonato Mineiro de BMX (alteração de data)

A 2ª ETAPA DO CAMPEONATO MINEIRO DE BMX FOI ALTERADA PARA OS DIAS 04 E 05 DE JULHO. FIQUE ATENTO A PROGRAMAÇÃO E FAÇA A SUA INSCRIÇÃO! FEDERAÇÃO MINEIRA DE CICLISMO - FMC
DEPARTAMENTO TÉCNICO DE BMX - DTB
CAMPEONATO MINEIRO DE BMX - 2009
2ª ETAPA BETIM 04 E 05 DE JULHO
PROGRAMAÇÃO
SÁBADO – 04 de MAIO - TREINAMENTOS OFICIAIS
8 h as 12 h
Credenciamento - Pagamento das Inscrições
8 h as 17 h
Inspeção de Bicicletas
8 h as 17 h
Treinamentos divididos por categorias
8h as 8h20min
Boys 5/6 anos até Boys 15 anos
8h20min as 8H40min
Boys 16 anos Men 17/24 / Men 25/29 / Men 30 anos +
8h40min as 9H
Todas categorias Femininas - Categoria Especial -
9h as 9h20min
Cruisers Challengers – MTB CROSS
9h20min as 9h40min
Elite Men e Junior Men
9h40min as 10h
Boys 5/6 anos até Boys 15 anos
10h as 10h20min

Boys 16 anos Men 17/24 / Men 25/29 / Men 30 anos +
10h20min as 10h40min
Todas categorias Femininas - Categoria Especial -
10h40min as 11h
Cruisers Challengers – MTB CROSS
11h as 11h20min
Elite Men e Junior Men
11h20min as 13h
Pista Fechada
13h as 17h
Treinamentos dividido por categorias
13h as 13h20min
Boys 5/6 anos até Boys 15 anos
13h20min as 13h40min
Boys 16 anos Men 17/24 / Men 25/29 / Men 30 anos +
13h40min as 14h
Todas categorias Femininas - Categoria Especial -
14h as 14h20min
Cruisers Challengers – MTB CROSS
14h20min as 14h40min
Elite Men e Junior Men
14h40min as 15h10min
Boys 5/6 anos até Boys 15 anos
15h10min as 15h40min
Boys 16 anos Men 17/24 / Men 25/29 / Men 30 anos +
15h40min as 16h
Todas categorias Femininas - Categoria Especial -
16h as 16h30min
Cruisers Challengers – MTB CROSS
16h30min as 17h
Elite Men e Junior Men
17h
Pista Fechada
16h as 16h30min
Reunião Team Manager
Placa Fundo Verde
Boys 5/6 anos até Boys 15 anos
Placa Fundo Branco

Boys 16 anos Men 17/24 / Men 25/29 / Men 30 anos +
Placa Fundo Azul
Todas categorias Femininas - Categoria Especial -
Placa Fundo Amarela
Cruisers Challengers – MTB CROSS
Placa Fundo Preta
Elite Men e Junior Men


Domingo – 05 DE JULHO - COMPETIÇÃO
Treinos Divididos por categorias
8h as 8h20min
Boys 5/6 anos até Boys 15 anos
8h25min as 8h45min
Boys 16 anos Men 17/24 / Men 25/29 / Men 30 anos +
8h50min as 9h10min
Todas categorias Femininas - Categoria Especial -
9h15min as 9h35min
Cruisers Challengers – MTB CROSS
9h40min as 10h
Elite Men e Junior Men
10h15min as 16h
Inicio Competições / Premiação


OBS: INSCRIÇÕES ATÉ QUARTA DIA 01 DE JULHO AS 18:OOhs
dtbmx@interpira.com.br / bmx@fmc.org.br

VALORES INSCRIÇÕES
Categorias
Valor
Elite Woman/Elite Men
R$ 60,00
Júnior Men/Júnior Woman
R$ 50,00
Expert/ Elite Master/Elite Cruiser
R$ 40,00
Feminino/Para-olímpico (PNE)
Gratuito
por e-mail: FMC

terça-feira, 23 de junho de 2009

Pedal Noturno



O período noturno é a única opção de horário de treino para muitos ciclistas. Saiba quais equipamentos e cuidados são necessários para garantir sua segurança no pedal

Por Cesar Candido dos Santos
Depois de um longo dia de trabalho, o período noturno é a única opção de treino para muitos ciclistas. A temperatura agradável e o fluxo de veículos menos intenso são algumas das vantagens de se pedalar à noite, mas é também neste horário que existem mais perigos para os atletas, pois a bicicleta tem pouca visibilidade no trânsito, e alguns cuidados são necessários para garantir a segurança.“O programa de quem pedala de noite não difere muito de quem treina durante o dia. Existem muitas pessoas que na semana fazem o treino no período noturno e nos fins de semana de manhã”, afirmou Fábio Rosa, treinador de ciclismo da MPR Assessoria Esportiva. “É importante quem realiza atividades físicas à noite fazer um desaquecimento mais longo, para que não tenha dificuldade de pegar no sono após o exercício”, completou Fábio.“Comecei a pedalar à noite porque fazia faculdade de manhã e trabalhava de tarde. Mas continuei treinando neste horário depois que me formei. Além de ser menos corrido para mim, gosto do clima ameno, do trânsito mais leve e do cenário que se forma com as ruas e casas iluminadas”, declarou Fabiano Rocha, 29, publicitário.
SegurançaSeja de dia ou de noite, o ideal é sempre procurar um lugar apropriado para a prática do ciclismo, como parques ou ruas com pouco fluxo de carros. Infelizmente, não é possível encontrar locais assim na maioria das cidades, e isto exige daqueles que pedalam, não só no período noturno, mas em qualquer horário, atenção redobrada. No escuro, além da falta de iluminação esconder perigos como buracos e obstáculos, o ciclista fica menos visível para os automóveis, e, conseqüentemente, mais exposto ao risco de sofrer acidentes. Por isso, é muito importante utilizar alguns acessórios que aumentam a segurança de quem está na bike.
O Código de Trânsito Brasileiro obriga usar refletores na dianteira, traseira e laterais da bicicleta, mas, por razões ópticas, a luz emitida por eles geralmente abrange apenas um ângulo de 40º (20º para cada lado). Por isso, o mais prudente é utilizar um sinalizador de luz vermelha, os famosos pisca-piscas, na parte de trás e um farol de luz branca na frente.“Os faróis dianteiros servem como uma sinalização para carros e pedestres e são muito importantes. Mas eles também chegam a iluminar algumas ruas mais escuras”, declarou Roberto Allegrini, da Tutto Bike, que promove passeios noturnos as terças e quintas-feiras pelas ruas de São Paulo.Utilizar roupas com cores claras e adesivos refletivos nas vestimentas ou no capacete também ajuda a aumentar a visibilidade. “Possuo um capacete só para pedalar à noite, cheio de adesivos refletivos. Também coloco na roupa umas faixas refletivas de velcro. Tenho umas cinco, uso nos braços e nas costas, fico ridículo, parecendo um vaga-lume, mas a segurança é muito mais importante do que a estética”, declarou Fabiano.Também é importante ter sempre a mão ferramentas, bomba de ar e câmeras reservas para solucionar qualquer problema eventual, e sempre obedecer as leis de trânsito. “É preciso respeitar semáforos, pedestres e tomar cuidados nos cruzamentos, olhar sempre antes, mesmo que o sinal esteja verde para o ciclista. Além disso, nunca se deve andar na contramão. Algumas pessoas acham que isto é mais seguro, mas na verdade isto é muito mais perigoso”, alertou Roberto, que recomenda sempre pedalar em grupos durante a noite, pois isto aumenta a visibilidade dos veículos e diminui os riscos de assaltos.
Hora do jantar a alimentação de quem pedala à noite também não é muito diferente. A dieta deve ser rica em carboidratos, proteínas e fibras, mas é preciso evitar pratos muito pesados, principalmente antes de dormir. “O ideal é comer imediatamente após o treino, e evitar alimentos pesados ou muito calórico. Deve-se priorizar os carboidratos e evitar gorduras e fibras depois do treinamento. Durante o dia, a alimentação pode ser igual a de qualquer atleta”, disse Fábio Rosa.

Pedal do Manifesto

Bom dia pedaleiros de plantão!Gostaria de mais uma vez parabenizar o trabalho da galera do MTB-BH com a iniciativa do pedal manifesto.
VEJAM A REPORTAGEM E POR FAVOR DEIXEM COMENTÁRIOS!!!!!! http://globominas.globo.com/GloboMinas/Noticias/MGTV/0,,MUL1201729-9033,00.html#frmPost
Mas o mais importante é chamar a atenção dos CICLISTAS que não comparecem a estes eventos, pois estas pessoas são diretamente ligadas ao processo e não comparecem em tão valiosa oportunidade de dar o seu recado e chamar a atenção da sociedade!!!Isso mesmo, apesar de ter um número razoável de ciclistas no pedal manifesto, este número poderia ser 3, 4 vezes maior.Fica a registrada a "pisada na bola" dos ciclistas que receberam o chamado mas não compareceram...Desta forma vai ficar difícil vocês tirarem suas bikes de casa pra andar pela cidade, e principalmente pelos parques (as bikes são proibidas nos principais parques de BH), etc... Sem contar a insegurança, roubos. assaltos, etc....Fica o registro também que o projeto PEDALA BH - da BHTrans (que cuida destas causas) já tem algum tempo de existência e o secretário que estava representando o prefeito disse que o manifesto foi atrasado... ISTO É DESCASO? OU INCOMPETÊNCIA?Grande abraço e bons pedais...
Por e-mail: Israel

Parabéns pra você....

Parabéns p/ o nosso amigo ciclista Ricardo Alcici que está aniversariando hoje.
Que Deus te abençoe
Frango
adf

O peso da aposentadoria


MAURO RIBEIRO
Um dia desses, Michael Boogerd, um experiente ciclista holandês, deu uma entrevista para uma emissora de TV de seu país e confessou estar pensando em voltar.
Tudo o que ele quer é uma oportunidade para entrar novamente no pelotão.
O holandês está treinando forte e, se conseguisse patrocínio, poderia estar competitivo já no Tour do ano que vem.
Lembro-me quando ele teve de parar de correr devido a uma queda, que acarretou em uma contusão grave no joelho.
Inconformado em parar de competir por causa de uma lesão, o holandês ainda acredita ter “lenha para queimar” e por isso é movido por uma paixão que o faz se superar em prol do esporte.
Sua verdadeira vontade é se aposentar apenas quando estiver satisfeito, com a sensação de missão cumprida.
De forma diferente, atletas mais velhos expressam a mesma ambição. “Se me dessem uma oportunidade, voltaria a correr”, disseram-me recentemente Patrick Clerc, grande vencedor de provas clássicas, e Jean-Claude Colotti, por quem tenho muita admiração.
De cada dez ciclistas que já participaram do circuito profissional e hoje estão aposentados, sete, com certeza, dirão a mesma coisa se o assunto for o retorno às pistas.
Trata-se de algo que acabou, mas que deixa uma profunda sensação de saudade.
Algo que até chega a ser romântico.
Uma mistura de paixão com prazer e nostalgia.
Todos que entram nesse grupo, porém, são conscientes da realidade: a de que os tempos de esporte competitivo se acabaram.
O assédio da mídia, dos expectadores e dos fãs também. Por tudo isso é possível imaginar como é difícil abandonar algo que se gosta de fazer.
A dificuldade de saber a hora de parar é muito comum nesse mundo.
Penso agora em Lance Armstrong, que anunciou seu retorno para o ano que vem.
Ele ainda teria algo para provar hoje? Acredito que ele esteja sentindo uma sensação estranha, uma incapacidade de conseguir se desligar desse mundo que o fascina.
Isso está faltando no cotidiano dele: ser o vencedor que ele é.
Os testes já provaram que ele está competitivo.
Mas será que ele realmente precisa de mais um Tour?
O fato é que falaram mais dele nas últimas 48 horas após ter sido anunciado seu retorno do que nos últimos três anos em que estava aposentado.
A questão é que virar a página nem sempre é fácil.
Entendo bem o sentimento dos atletas que relutam em se aposentar.
Se me perguntassem se sinto falta do circuito, diria que sim, mas minha realidade é outra.
Sempre dei tudo o que tinha da minha condição física e acredito ter realmente atingido o meu limite.
Minha saída das pistas aconteceu quando adquiri o que chamam de “alergia da primavera”.
O circuito passava por lugares como a Bélgica e eu me sentia com uma saúde espetacular.
Mas quando alcançávamos a Itália, por exemplo, e a temperatura mudava e a poeira aumentava, ficava com bastante febre e complicações na respiração.
Meu organismo começou a ceder.
Os médicos podiam amenizar, mas não curar o que se tornaria uma condição permanente, que criava uma grande dificuldade para gerar esforço.
Depois de ficar três anos andando bem em abril, no frio e na chuva, e padecendo nas provas clássicas como a Dauphiné-Libéré, optei por me aposentar como atleta.
Essa é a realidade do profissional.
Um mundo apaixonante, que muitas vezes ludibria as pessoas.
Mas o verdadeiro espírito do atleta para mim está no caso do ciclista Francesco Moser.
Você pode encontrá-lo ainda hoje nos mundiais e Olimpíadas, como expectador, em cima de sua bicicleta.
Uma imensa paixão, um caso mal resolvido ou uma nova oportunidade.
Histórias comuns no ciclismo, mas com caráter bastante particular. Para saber qual a realidade de cada um, só mesmo perguntando para eles.

EQUIPE GREEN MAX FAZ BONITO NO SUPER BIKE EM LAGOA DA PRATA MG


A equipe Green Max By Pacheco MTB mais uma vez fez bonito no Super Biker em Lagoa da Prata, MG nesse domingo dia 16/06.
Confira os resultados Wagner Pereira quinto geral e terceiro colocado na elite, Afrânio Pacheco sétimo geral e quinto na categoria elite, Raimundo Nonato (Maranhão) ficou em terceiro na categoria sub 35, Alexandre Junior ficou em terceiro na categoria estreante, e Alexandre Freitas ficou em primeiro na sub40.
MATÉRIA LAPA BIKE / http://www.lapabike.blogspot.com/

foto: Diney cachorro louco adventures PL

segunda-feira, 22 de junho de 2009

Fotos: 1° Copa Santa Luzia de Ciclismo-2° Etapa


Mais fotos estão postadas no blog:

Parabéns prá você..............

Lembram dele? Fez um aninho com uma festança caipira da boa. Confiram algumas fotos no nosso blog www.pedaldofrangofotos.blogspot.com Parabéns Vinicius, e que DEUS te abençoe sempre. Frango


Fabrícia e Vinícius

Treinar é possível

Treinar é possível
Mesmo tendo que dar atenção à família, ao trabalho e aos amigos, ter uma rotina consistente de pedal não é impossível.

Basta ter foco e força de vontade.

Por Felipe Vilasanchez

Conciliar a família, o trabalho, a vida social e os treinos não é fácil.
Cumprir com todos os compromissos, ao mesmo tempo em que o corpo se recupera, para, em seguida, arrumar tempo para pedalar, sem deixar de dar atenção para a família e os amigos é uma verdadeira engenharia de planejamento.
Mas não é impossível – basta ter vontade e dedicação.“É difícil por causa da rotina.
O horário que sobra para treinar é de manhã, bem cedinho”, conta o engenheiro Ricardo Pupo, de 31 anos, que trabalha das 9h às 19h. “Tudo é uma questão de adaptação, porque o corpo entra no ritmo de dormir cedo e acordar cedo.
À noite, às 20h30, 21h, já estou com sono, porque o dia começou cedo.
A maior dificuldade é entrar na rotina, depois fica fácil”, completa.
Assim como Ricardo e a maioria dos ciclistas amadores, Antonio Paulo Medeiros Junior, 47 anos, é mais um que reserva o horário da manhã para os treinos e também sentiu as dificuldades da adaptação.
“Quando eu comecei a treinar às 5h, achei que não conseguiria, mas a gente vai se envolvendo, e isso é muito salutar”, pondera o empresário, que durante a semana pedala das 5h às 7h.
Muitos praticantes do ciclismo madrugam para pedalar por causa do trabalho, que muitas vezes acaba tarde, quando não há mais segurança nem luz suficiente para treinar de forma ideal.
No entanto, não é apenas com o horário de trabalho que se deve lidar no dia-a-dia ciclístico.
A família é outro fator de importância da vida do atleta e não se recomenda trocá-la pelos treinos.
“Eu procuro incluir minha família nos eventos ciclísticos”, conta Junior, que transforma viagens para provas em turismo para sua família. “Eu planejo meus treinos ao longo do semestre junto com minha mulher.
Nós fazemos um pacto”, ensina ele, que, além de ter que convencer a mulher, precisa também negociar o pedal com os filhos:
“Quando não tem corrida, pedalo de sábado ou de domingo.
Mas quando tem alguma pela frente, pedalo de sábado e domingo”, relata.
Já Pupo passa por outra situação, que muitas vezes não abre brechas.
“Com um filho pequeno, você dorme muito mal, o que acaba prejudicando os treinos.
Mas é muito bom curtir o filho”, pondera o pai de Enzo, de sete meses.
Porém, a vida de ciclista amador também traz suas vantagens, como a admiração de colegas de trabalho e o respeito dos próximos pela dedicação e compromisso com o esporte.
“No trabalho, as pessoas descobrem que você treina e compete e admiram isso, te entendem, não fazendo você trabalhar até tarde”, conta Ricardo, que afirma trabalhar melhor por causa do pedal:
“Nos dias em que eu não treino, fico estressado, de mau humor e as pessoas percebem isso. Quando você se acostuma, sente necessidade”.
Mas, mesmo assim, a preguiça não é deixada de lado.
“Você fica torcendo para chover. Fica procurando uma desculpa, mas também não quer deixar de ir”, confessa Junior, que já faltou a treinos por cansaço e também por ter tido compromissos no dia anterior e não ter conseguido acordar no dia seguinte.
Por isso, deve-se ter responsabilidade também em relação à vida social.
“Às vezes você tem que voltar mais cedo ou deixar de ir a festas, um jantar, um casamento. Mas é importante conciliar, se não você perde o contato com os familiares, os amigos”, contrapõe Pupo.
Mesmo com os compromissos, treinar de forma séria não tem segredo, desde que se tenha em foco o que é mais importante para si próprio, além de força de vontade e prazer no que se faz. “Eu levo os treinos muito a sério, mas a prioridade é a família, o trabalho e o ciclismo”, enumera Junior. “Quando você se acostuma, sente necessidade”, afirma Pupo, que compartilha seu ponto de vista com Junior: “A gente vai se envolvendo, e isso é muito salutar”.

Por E-mail

Vídeo - Como fazer um suco contra stress e dor lombar


Segue link abaixo de um suco milagroso da Chef Ana Larcerda que ensina
a fazer um suco estimulante contra o stress e para a dor lombar

http://st1.mais.uol.com.br/embed.swf?path=/6/4D/85/&id=142743&host=http://st1.mais.uol.com.br&mediaId=161554&codProfile=gf2wii0e2xyu&hash=suco-contra-o-estresse-e-dor-lombar-0402346AD4896326

Equipe Oficina da Bike no Rio

Por e-mail: Assessoria equipe Oficina da Bike
A Equipe de Ciclismo Oficina da Bike viajou nesse final de semana para o Rio de Janeiro para correr 2 provas.
No sábado foi na cidade de São João da Barra. Uma prova no centro da cidade onde estava sendo festejada a Festa do Padroeiro de São João da Barra que teve um grande público presente e grande organização. A equipe competiu na Elite com Guilherme Svizzero, Jonatas Gomes e Ricardo Alcici. Com 15minutos de prova, Alcici estava em uma fuga com mais 4 atletas e infelizmente teve um problema na sua blocagem da roda traseira e sua roda soltou. Mas Guilherme conquistou uma grande 8ª colocação mostrando ter grande potencial. Ele chegou no segundo grupo de 4 atletas.
No domingo a equipe competiu na Volta da Enseada de Botafogo na Praia de Botafogo na capital do Rio. Uma prova com participação de muitos atletas em todas as categorias. A equipe conseguiu se destacar em alguns momentos da prova neutralizando fugas. A prova foi para o sprint final e Ricardo Alcici conseguiu subir no pódio conquistando a 5ª colocação. A prova foi vencida por Fabielle Mota da equipe Sundown/São Caetano do Sul.
A equipe de Belo Horizonte tem o patrocínio da:
Loja Oficina da Bike
Apoio:
Academia Sport Fitness e dos treinadores Júlio e Ricardo Alcici.

23 anos de casamento e......................

muita alegria e felicidade e então agradeço aqui a minha esposa por todos esses anos ao meu lado e aos dois filhos maravilhosos que me deu.
Espero poder corresponder sempre a tudo que ela e meus filhos tem feito por mim.
Obrigado Eliane

Frango

Roberto Leal campeão da subida da Cartuxa em Mariana

"COM UM ALTO GRAU DE DIFICULDADE DEVIDO AO CLIMA SECO NA CIDADE DE MARIANA, FIZ A SUBIDA COM MUITO CUIDADO E ATENÇÃO, CUIDADO ESTE QUE CONSEGUI FICAR ENTRE OS DEZ NO GERAL E SAGRANDO CAMPEÃO DA CATEGORIA......"

Reportagem

http://g1.globo.com/Noticias/Brasil/0,,MUL1201757-5598,00-CICLISTAS+FAZEM+MANIFESTACAO+EM+BELO+HORIZONTE.html

Por e-mail Cleiton Abílio

Pois é.
Nós deveriamos estar todos lá apoiando. Foi mais uma pisada na bola de nós spedeiros.
Frango

Vitória de Lance em Nevada

Lance Arsmtrong vence competição em Nevada
A prova do último fim de semana foi um passeio em família para Lance, Levi e Chris Horner, seus escudeiros inseparáveis. As famílias dos competidores acompanharam os atletas na competicao o que deu um tom familiar para a prova e também incentivo para os competidores como o próprio lance disse em sua página de relacionamentos twitter.A prova foi dominada por 3 competidores, levi leipehimer, Lance Armstrong e Ben Jacques-Maynes o único competidor capaz de andar no ritmo dos atletas da equipe Astana, segundo Chris Horner em seu blog.Nas voltas finas o ritmo aumentou e lance comecou seu ataque finalizando a corrida em primeiro colocando uma diferença de 12 segundos para o segundo colocado demonstrando sua boa forma.Agora é aguardarmos o TDF que será um show à parte contando com a presença dos grandes nomes do ciclismo mundial. A disputa já começou dentro da própria equipe Astana quando o competidor Alberto Contador declarou que Lance Armstrong é apenas mais um corredor da equipe. Dia 04 de julho, começa a guerra das rodas! .

No Mais, Gerais ... :.
Júlio César
"Minas não tem mar. Minas tem montanhas, matas e tem céu. Minas não tem mar. Lá, quem quiser navegar tem de aprender que o mar de Minas é em outro lugar. O mar de Minas não é no mar. O mar de Minas é no céu, pro mundo olhar pra cima e navegar sem nunca ter um porto onde chegar." (Rubem Alves)

Mudança de data da Ultra Maratona de MTB Caminho da Fé






A organização da Ultra Maratona de Mountain Bike, vem informar a todos que o calendário de eventos de 2009 sofreu uma pequena alteração nas datas. A 6ª e 7ª etapas serão realizadas em um único final de semana como consta abaixo.

As etapas da Ultra Maratona de Mountain Bike do Caminho da Fé são válidas pelo Ranking Brasileiro de Mountain Bike da CBMTB.


6ª etapa - 29 de agosto de 2009(sábado) – Águas da Prata/ Ouro Fino - 77 km*
Largada: Praça das Bandeiras
7ª etapa - 30 de agosto de 2009(domingo) – Descalvado/ Santa Rita do Passa Quatro - 40 km*
Largada: Praça Central - Igreja Matriz



A quinta etapa continua na mesma data, dia 12 de julho , de Paraisópolis a Campos do jordão - 60 km.

Sarcedote do Ciclismo Mineiro

Frango Pandit
Por Nedson Conde

domingo, 21 de junho de 2009

Comunicado Pedal do Frango

Clique no cartaz pra melhor visualização.
Amigos. Neste próximo Sábado dia 27, realizaremos a Prova 1° troféu Papo Legal Terra da Sobriedade, evento beneficente que com muito custo conseguimos a liberação da parte da lagoa para a realização do mesmo.
Este evento fecha a semana antidrogas, uma campanha muito séria.
Devido a outro evento, não poderemos realizá-lo em volta da Praça da Pampulha, então foi sugerido pela prefeitura e transferido para a frente da Igrejinha impossibilitando o treino da União.
Sei que acabou causando um transtorno para este treino, porém será apenas um sábado no ano e que ocorrerá sempre nesta data pois se trata da Semana Mundial Antidrogas, que a meu ver é mais importante que qualquer outro evento ou treino.
Peço a colaboração de todos os atletas e ciclistas que compareçam neste sábado na Orla para prestigiar a prova e não marquem e não aceitem propostas que sejam para afastá-los deste evento, pois foi muito difícil conseguir que tudo acontecesse na Lagoa e com isso abriu um precedente muito importante para todos nós do ciclismo, pois à partir de agora ficará mais fácil conseguirmos o fechamento de parte da lagoa junto às autoridades competentes. Mas para isso devemos mostrar que somos unidos, então vamos comparecer em massa para corrermos e torcemos para nossos colegas de treinos.
Ultimamente tivemos dois eventos importantíssimos que deveríamos apoiar e a desunião foi enorme, os mais interessados não compareceram, os ciclistas de asfalto, pois todas as reinvidicações foram destinadas a nós e depois reclamamos que os MTB estão sobressaindo sobre a gente, mas eles sim são unidos e estão reinvindicando melhores condições para os ciclistas de asfalto e vocês ainda não caíram na real.
Amigos, quem não for correr e puder colaborar com 1 kg de alimento não perecível a ser entregue no dia do evento.
Lembrando que teremos uma categoria infantil.
Levem seu filhos
Frango
*Inscrições até o dia 25 5 kg de alimento somente //Green Max 031 3441-4161
*Obrigatório uso de capacete

sexta-feira, 19 de junho de 2009

Subida da Cartuxa/Mariana



NESTE DOMINGO(21/06/2009)
PROF ROBERTO LEAL ESTARÁ NA 8ª EDIÇÃO DA SUBIDA DA CARTUXA EM MARIANA.
PROVA QUE ELE TENTARÁ MANTER O TÍTULO DAS CINCO EDIÇÕES ANTERIORES...

Amigos em recuperação (Ivan, Lúcio e Pina)


Nossos amigos estão se recuperando muito bem. Nos prestigiaram com sua presença na 1° Copa Santa Luzia de Ciclismo 2° Etapa. Só temos que agradecer.
Que Deus abençoe a todos.
Frango

A imagem da vergonha


Antes de lerem este postagem, quero deixar claro que não temos nada contra o esporte Judo, o interesse aqui é outro.

Frango


ACREDITE SE QUISER
Sem receber competições, Velódromo do Rio vira espaço para treinamento de judôVelódromo é um local para ciclistas e patinadores, certo? Errado. Construído para os Jogos Pan-Americanos de 2007, a instalação não abriga competições desde março do ano passado e tem sido utilizada na preparação de atletas de outra modalidade: o judô. De olho na disputa do Grand Slam do Rio, em julho, no Maracanãzinho, os judocas da seleção brasileira estão aproveitando para suar o quimono nos tatames montados na área central da arena esportiva.Velódromo faz parte do projeto Rio-2016O velódromo está sob a responsabilidade do Comitê Olímpico Brasileiro (COB) desde março de 2008, quando a Prefeitura do Rio cedeu as instalações por período de 20 anos
( CEDEU PRA QUÊ ? Para ser utilizado pelo JUDÔ ? ).

Assim como o Parque Aquático Maria Lenk, o Velódromo é uma das instalações que estão prontas dentro do projeto do Rio para 2016, caso a cidade seja a escolhida para sediar os Jogos.Em nota, a Federação de Ciclismo do Rio (Fecierj) afirmou que pretende utilizar o velódromo em competições e também como local de treinamentos de atletas e descoberta de novos talentos. A entidade informou que vem mantendo contato com o COB para definir um calendário de provas ainda em 2009 ( não esqueçam que já estamos em JUNHO ) A última competição de ciclismo realizada no velódromo foi o Campeonato Interestadual de Pista, em março do ano passado.

Perguntas que não querem calar:
- Que modelo administrativo desastroso é esse, onde COB e
entidades de ciclismo como a CBC, não se entendem ?
Não conseguem chegar em um denominador comum em prol do ciclismo ?
- É com esse modelo administrativo, que considera o patrimônio público como "seu", que o COB pretende realizar as olimpiadas de 2016 no Rio ?
- Quantos cemitérios desportivos mais ( como o velódromo e o Maria Lenk, entre outros )
o Sr. Nuzmam vai construir ? Quantos milhões de dólares mais ?
- Por que o judô pode treinar no velódromo e os ciclismo não pode ?

Essa imagem do velódromo cheio de tatames....é uma VERGONHA
Por e-mail Paulo Aquino

Resultado da Audiência Pública - Ciclovia e Bicicletário

Por e-mail: Luiz Carlos (Lucarol)


Resultado da Audiência Pública

realizada pelo Vereador João Bosco Rodrigues (João Locadora), em 17.06.09, no GETECO, em Venda Nova

Assunto: Discussão sobre a estação BHbus Vilarinho e a reestruturação do sistema viário no âmbito das Regionais Venda Nova e Norte.

19h55 – Início

Mesa composta pelos vereadores João Bosco Rodrigues, Silvinho Resende, Luzia Ferreira (representada), João Batista Branco (Secretário Regional), Ângelo Martinez, Adão Guimarães (representante da CBTU), João Pádua Rezende (BHtrans), Maurício dos Reis (Transporte Suplementar), professor João Hernane, Angel Eguinoa (Gerente de Ação de Venda Nova – Bhtrans), Sérgio Cordeiro (SETRA-BH) e outros.

Todos se apresentaram e alguns se disponibilizaram para quaisquer reivindicações. Em seguida, cada um fez o seu relato:

1. O Vereador João Locadora falou da importância social que o BHbus tem para a cidade, como também da integração com o metrô e com os ônibus metropolitanos. Três soluções foram apresentadas: Priorizar o eixo BHbus/Vilarinho, fazer reparos nas rotas, e criar banheiros públicos; Implantação BH-Vilarinho / linha metropolitana, através de estudos da rede; Integração da estação com metrô e ligação com o Centro Administrativo do Estado.

2. João Pádua Rezende falou do interesse de se criar novas linhas de ônibus, de Venda Nova ao Centro Administrativo. Comentou sobre o impacto causado pelos transportes da região de Neves, Vespasiano e Venda Nova.

3. Angel Eguinoa, explicou que o BHbus-Venda Nova é dividido em dois setores: O norte e o sul. O norte é gerenciado pelo DER e o sul pela BHtrans e que um Shopping que deveria estar construído em cima de uma laje, denominado “lajão”, que atualmente está descoberto , apresenta goteiras nos futuros boxes dos ônibus. Acrescentou, também, que está previsto um bicicletário, como o existente o BHbus-São Gabriel, um banheiro público, e que serão construídas faixas exclusivas para ônibus. Ressaltou a nova ciclovia da av. Vilarinho, construída no canteiro central.

4. O representante do Setor de Planejamento da BHtrans falou sobre o investimento de 100 a 150 milhões, ainda em licitação, para que a obra do Shopping seja concluída, mas devido a crise atual, estão preocupados com a sua construção e com os resultados futuros. Salientou defeitos do banheiro existente no lado norte que serão consertados e a construção de um bicicletário maior do que o existente no São Gabriel. Reinvindica novos trens para atender a demanda na hora de pico, e explicou que isso requer alto investimento.

5. O Coordenador técnico (?), disse que está sendo feito uma pesquisa para a implementação de novas linhas de ônibus, mas, antes, tem que ser protocolado na BHtrans, para uma avaliação e passar pelo crivo da sociedade local.

6. Participação da platéia - Pediram para melhorar os ônibus suplementares nos finais de semana, pois os passageiros ficam muito tempo nos pontos esperando pelos mesmos; Reclamações sobre a falta de educação e desrespeito de alguns motoristas; Pedido de unificação de cartões do BHbus, porque, às vezes, tem que usar dois cartões diferentes para o mesmo trajeto; Mais respeito à pessoa idosa; Dificuldade para encontrar um banheiro público;

7. Reivindiquei em nome de todos, a inclusão de um bicicletário seguro, com vestiário, para que os usuários da estação BHbus/Vilarinho/metrô, pudessem circular com segurança e tranqüilidade e um corredor seguro (ciclovia ou ciclofaixa) para a av. Antônio Carlos. Comentei sobre o Pedala BH e as suas ciclovias que até hoje não foram reestruturadas ou construídas. Dei ênfase aos benefícios causados pelos mesmos e pedi às autoridades da mesa que me dessem uma resposta naquele momento para eu repassá-las para um grande número de interessados que anseiam por soluções concretas do governo.
Falei sobre o Pedal-manifesto e da entrega da carta ao nosso prefeito.


Respostas:

Silvinho Resende não ficou satisfeito com a inauguração inacabada do BHbus-Vilarinho, realizada pela CBTU.

Agora, a mais importante:

“Eu tenho uma notícia em primeira mão para o senhor, Sr. Luiz Carlos! Será construída uma ciclovia ou ciclofaixa na av. Antônio Carlos, conforme o nosso projeto em andamento. Ela será instalada no trecho viaduto São Francisco / Pampulha e não tem data prevista para implantá-la. Quanto ao bicicletário, achei pertinente e ficaremos de analisar!” João Pádua Resende (BHtrans)

O Angel Eguinoa me convidou para conhecer a equipe técnica que está trabalhando com ciclovias a serem implantadas em diversos lugares.

“Ainda não tem data marcada para a instalação de bicicletários, porque depende da conclusão dos estudos. Eles deverão ser terceirizados para dar mais segurança.” Sérgio Cordeiro - Setra-BH

“É complicado a construção de banheiros públicos por causa do vandalismo. Quem quiser usar o banheiro do metrô, pode pedir ao funcionário da própria estação!”

“Hoje, os trens circulam com quatro carros. Pretendemos incluir mais dois carros em cada comboio. Para isso, precisamos de recursos e eles não foram liberados até hoje.”

“Será criado um transporte (parador ?) da cidade até o Centro Administrativo.”

21h45 – Encerramento

O vereador João Bosco Rodrigues, se ofereceu para ser o nosso patrono e receberá nossas reivindicações. Que ótimo! Contamos com ele.

joaolocadora@cmbh.mg.gov.br

- - - - - - - - - - - -

Várias autoridades presentes me pediram que, para termos sucesso em nossas reivindicações, é preciso fazer muita pressão, para que os políticos possam nos atender e que dependem de verba federal para a conclusão de algumas obras.

Quanto a construção de banheiros no BHbus e outros, a maior dificuldade em mantê-los é por causa do vandalismo crescente. Acredito que se colocar vigia ou zelador e cobrar uma pequena taxa, como na rodoviária, o problema será amenizado.

Nós desejamos uma Belo Horizonte mais humana, mais verde e menos violenta, para transitarmos com segurança em nossas bicicletas e podermos resgatar, inclusive, maior aproximação entre as pessoas.

Um abraço,

Lucarol

Oportunidade de emprego

Por e-mail: FMC

A FEDERAÇÃO MINEIRA DE CICLISMO ESTÁ EM BUSCA DE FUNCIONÁRIO PARA AUTAR NA ÁREA ADMINISTRATIVA EM NOSSA SEDE, DE SEGUNDA À SEXTA-FEIRA. PERFIL: SEGUNDO GRAU COMPLETO; CONHECIMENTOS DE INFORMÁTICA, PACOTE OFFICE, REDAÇÃO DE TEXTOS E PLANILHAS, IMPRESCINDÍVEL O CONHECIMENTO DE EXCEL; CONTROLE DE CONTAS A PAGAR E RECEBER; COMPRAS COM FORNECEDORES; SERVIÇOS EXTERNOS - BANCOS, CARTÓRIOS, ETC E DEMAIS ATIVIDADES DO SETOR.É IMPORTANTE TER BOA CAPACIDADE DE COMUNICAÇÃO E SER DINÂMICO.O CANDIDATO DEVERÁ RESIDIR EM BELO HORIZONTE OU REGIÃO METROPOLITANA. O INTERESSADO DEVERÁ ENVIAR SEU CURRÍCULO, COM PRETENSÃO SALARIAL, PARA O SEGUINTE E-MAIL ciclismofmc@hotmail.com
© Federação Mineira de Ciclismo 2003 - Todos os direitos reservados Av: Olegário Maciel, 311 SL 109 Centro - Cep: 30180.110Belo Horizonte - MG / Brasil - Tel: 31 3201 3610

Duas matérias interessantes

Por e-mail: Julio Cesar

Uma otima saida para a sua bike que está enferrujando na sua ksa...http://revistacasaejardim.globo.com/Revista/Common/0,,EMI77993-16940,00-DAS+RUAS+PARA+A+SALA+DE+ESTAR.html

http://globoesporte.globo.com/Esportes/Noticias/Esportes_Radicais/0,,MUL1199080-15040,00-CICLISTA+BRASILEIRA+PEDALA+H+POR+DIA+EM+DESAFIO+DE+MIL+QUILOMETROS+NOS+EUA.html