quinta-feira, 30 de abril de 2009

Vídeo da XXXII Prova da Inconfidência - Estrada - Linha Verde - 19/04/2009

O Projeto Linha Verde, lançado em 24 de maio de 2005 pelo governo do estado de Minas Gerais, é um conjunto de obras viárias em Belo Horizonte e região metropolitana.
O empreendimento inclui intervenções nas avenidas Andradas, Contorno e Cristiano Machado e na Rodovia MG-010.
Uma via de trânsito rápido, com 35,4 km de extensão, liga o centro de BH ao Aeroporto Internacional Tancredo Neves, na cidade Confins.

http://www.youtube.com/watch?v=HCrE-hyq54M

Paulo Aquino/TANDEM

Passeio cilclístico


Por e-mail: Paulo Aquino

Videos de musculação de Ricardo Alcici

Agachamento 190kg:
http://www.youtube.com/watch?v=_gb75OQzUwc
Leg press 190Kg- 60 repetições:
http://www.youtube.com/watch?v=O256jlx9rQA

Abr
Ricardo Alcici
Treinador Esportivo
(31) 8742-3503

Roberto Leal tenta vitória em Itabirito

ACONTECE NESTE DOMINGO A COPA ALE DE MTB.
COPA VÁLIDA PELO RANKING MINEIRO DA CATEGORIA.
ROBERTO LEAL TENTARÁ FAZER UMA BOA PROVA PRA FICAR ENTRE OS TRÊS MELHORES DA CATEGORIA.
A PROVA ACONTECERÁ EM ITABIRITO (SEDE CAMPESTRE)

Rebellin (Doping Confirmado)

Stefan Schumacher também está entre os seis atletas que foram pegos por uso de CERA na Olimpíada de Pequim em 2008
Davide Rebellin teve seu nome confirmado na lista de atletas que utilizaramdoping na Olimpíada de Pequim, em 2008. O ciclista italiano, acusado pelautilização de CERA, conquistou a medalha de prata na modalidade estrada.
O alemão Stefan Schumacher também teve resultado positivo no teste pela utilização da mesma substância, uma variante do medicamento EPO, utilizado no tratamento de insuficiência renal crônica.
Ao todo, foram revisadas 847 amostras de sangue depois da descoberta da possibilidade de detecção do CERA.
Além de Davide e Rebellin, os atletas pegos no controle foram o barenita Rashid Ramzi, corredor medalha de ouronos 1.500 metros, a croata Vanja Persic, corredora de 800 m livres, a grega Ahanasia Tsoumeleka, marchadora e medalhista de ouro em Atenas no ano de2004 e a dominicana Yudelquis Contreras, que disputou a prova de levantamento de peso. Um destes nomes também é apontado por um segundo resultado positivo, obtido de uma segunda amostra de sangue. No entanto, ainda não se sabe qual deles é. O Comitê Olímpico Internacional (COI) declarou ter dado atenção especial a atletas que disputaram provas de resistência em ciclismo, remo, natação e atletismo. De acordo com a instituição, os resultados foram obtidos da amostra de sangue A, e qualquer atleta pode pedir um novo teste com a amostra B.
São permitidos pelo COI testes até oito anos depois da coleta do sangue, caso um novo método de detecção de doping seja desenvolvido.

Reginaldo Soares
Fonte: prologo uol

Wagner Pereira


Wagner Pereira fica em terceiro na na 1 etapa do Montanha Cup em Nova Friburgo RJ
Com o tempo 02:20:42 Wagner pereira atleta Lapa Bikers fica em terceiro lugar na categoria elite.

Wagner está se dedicando mais ao mountain bike.

Lapa Bikers

Cristiano Mota

Meta e Chegada 5° Etapa (Quinta dia 7/05)

Amigos a nossa Meta será realizada na quinta dia 07/05, na Pampulha.
Aguardo todos voces.
Colaboração de 10.00 reais e trofeu do 1° ao 3° lugar.
Pontuação até o 5° lugar.
2 voltas com uma Meta e uma Chegada
Largada às 8:00 hs na praça da Meta
Frango

Lance liberado para competir

Lance volta a competir e termina a primeira etapa do Tour of the Gila em 8º.
Após a proibição da UCI da equipe ASTANA participar do Tour of the Gila, Lance Armstrong conseguiu a liberação para disputar a prova com algumas ressalvas, como a proibição do carro de apoio e o famoso diretor de prova com seus rádios comunicadores. Lance e mais 2 integrantes da equipe ASTANA disputaram a prova formando a equipe Mellow Johnny’s, uma conceituada loja de bicicleta de Austin-Texas, cidade onde reside o competidor.
Segundo depoimento de seu companheiro de equipe Levi Leipheimer no site de relacionamento TWITTER, Lance serviu de técnico para a equipe ditando o rítmo da prova e também o momento exato do seu companheiro sair para o "sprint" final que garantiu a vitória no primeiro dia de competição que contou com um percurso de 128 km com muitas subidas e um sol forte. Levi Leipheimer, abriu 49 segundos para o 2º e garantiu o primeiro lugar.
Lance completou a prova em 8º, 1:40' após seu companheiro.
Convenhamos, o homem estava passeando.

Informações : http://www.astana-cyclingteam.com/race_recaps/gilast1.html

Por E-mail: Júlio César

Gilberto (ESTE TROFÉU É NOSSO!!!!)


Parabéns por garantir que esse trofeu ficasse em Minas. Vendo as fotos de baixo vi que voce esta virando uma estrela mesmo.

Gilberto e Autran


Damian, Gilberto e Ivo



Gilberto e Chamorro

Dominiconi e Gilberto


Chupa rodas


Quando o pelotão está nesta formação, significa que a velocidade está altíssima e estão se preparando para o "sprint" final.
Frango
Colaboração: Marcim

quarta-feira, 29 de abril de 2009

Agradecimento By Japão


A By Japão Promoções e Eventos agradece a todos que participaram e contribuiram para o sucesso da 2° Meia Maratona Linha Verde.
Clique na imagem para ampliar

Treino na Pista nesta Sexta-feira.

Supervisão de Ricardo Alcici.
Sexta (feriado) à partir das 8:30 hs.
Saída: 8:00 hs da igrejinha, sentido velódromo.

"Vamos botar fogo ali! Ranca rabo ali é tudo"
Abraços, Ricardo Alcici
Treinador Esportivo
Cel.: (31) 8742-3503

Confirmem presença com Ricardo.

Copa Inconfidentes

Para o próximo final de semana teremos esta competição em Itabirito.
Vale o reforço pois teremos companheiros andando nas duas modalidades ( MTB).

Data: 03/05/2009
Local: Pesque Pague e Pousada Campestre
Cidade: Itabirito / MG
Telefone: (31) 9109-4304
Organizador: Daniel Sardinha
Site do Evento: http://www.copainconfidentes.com.br/
Premiação: medalhas aos 10 primeiros colocados e brindes aos 3 primeiros de cada categoria, exceto Eelite masculina e feminina que receberão:
1º Colocado – R$ 700,00
2º Colocado - R$ 400,00
3º Colocado – R$ 300,00
Atletas que competem na Copa receberão medalhas para os 5 primeiros colocados de todas as categoria.

Inscrições:
As inscrições podem ser feitas pelo portal Webventure até o dia 29 de Abril, via cartões de crédito Visa ou MasterCard, além de boleto bancário, veja:Cartões de Credito –
Inscrições até o dia 29/04/2009.
Sábado também aceitará a inscrição mas o valor aumentará 60%.

Valores:
Elite Masculina (Idade 23 a 29 anos) Filiado 50,00
Elite Feminina (Idade 19 a 29 anos) Filiado 50,00
Infantil (Idade 07 á 12 anos) Filiado 30,00
Infanto Juvenil (Idade 13 á 14 anos) Filiado 30,00
Juvenil (Idade 15 á 16 anos) Filiado 50,00
Junior (Idade 17 á 18 anos) Filiado 50,00
Sub 23 (Idade 19 á 22 anos) Filiado 50,00
Sub 30 (Idade 23 á 29 anos) Filiado 50,00
Master (Idade 30 á 34) Filiados 50,00
Master (Idade 35 á 39) Filiados 50,00
Master (Idade 40 á 49) Filiados 50,00
Master (Idade 50 á 54) Filiados 50,00
Over 55 (Idade 55 á 59 anos) Filiado 50,00
Infantil (Idade 07 á 12 anos) Não Filiado 35,00
Infanto Juvenil (Idade 13 á 14 anos) Não Filiado 35,00
Juvenil (Idade 15 á 16 anos) Não Filiado 55,00
Sub 30 (Idade 23 á 29 anos) Não Filiado 55,00
Master (Idade 30 á 34) Não Filiados 55,00
Master (Idade 35 á 39) Não Filiados 55,00
Master (Idade 40 á 49) Não Filiados 55,00
Master (Idade 50 á 54) Não Filiados 55,00
Over 55 (Idade 55 á 59 anos) Não Filiado 55,00
Copa Premo Tripp Amador - Cadete (Idade 26 á 30 anos) 30,00
Copa Premo Tripp Amador - Expert (Idade 18 á 25 anos) 30,00 Copa Premo Tripp Amador - Feminina (Idade Livre) 30,00
Copa Premo Tripp Amador - Veterano (Idade acima de 31 anos) 30,00

1-CALENDÁRIO OFICIAL:1ª etapa: 03 de maio de 2009 Pesque Pague e Pousada Campestre, Itabirito, MG2ª etapa: 28 de junho de 2009 Pesque Pague e Pousada Campestre, Itabirito, MG3ª etapa: 02 de agosto de 2009 Retiro Das Rosas, Ouro Preto, MG

Att;

Reltman Oliveira

RECURSO FMC - COPA MINAS RACE (ILEGALIDADES)

Por e-mail: Giga Bike. Fica o direito de resposta do organizador da prova bem como da F.M.C. e do árbitro citado no e-mail.
Frango

Prezados Senhores.
Encaminho à vossas senhorias teor de recurso interposto perante a FMC - FEDERAÇÃO MINEIRA DE CICLISMO, contra o resultado da competição ocorrida em 26/04/2009, na Cidade de Confins-MG.Ocorre, em apertada síntese, que cheguei em segundo lugar na aludida competição, porém, o sr. Comissário (ALEXANDRE LUCIO EUZEBIO DA SILVA), enviado pela FMC, por estar desatento à prova, não acompanhou a chegada, e desta forma gerou grande prejuízo, uma vez que por não ter acompanhado a chegada afirmou categoricamente que eu não havia chegado naquela classificação, ou pior, alegou que sequer a finalizei, indo de total desencontro aos fatos, até mesmo comprovados pelos demais competidores.
Frente à indignação posta, foi apresenta o recurso que segue adiante à FMC, que se manifestou contrário ao provimento do mesmo, alegando que ao final da prova era o momento oportuno de apresentação do mesmo, porém, foi cientificada que os recursos eram apresentados ao comissário, o mesmo já citado, e que se recusou a aceitá-lo.Diante de tais barbaridades ocorridas, bem como a conivência do Sr. Presidente da FMC com o Sr. Comissário, necessário se faz a apresentação e relato de todo ocorrido para que esta ilustre Confederação se manifeste diante das ilegalidades e imoralidades.Sem mais, cumprimento-os, e fico no aguardo de um retorno de V. Srs, lembrando ainda que sou praticante do ciclismo há mais de 20 anos, e competidor desde 1993, o que por se só, já aponta as credenciais de quem clama por justiça!
Cordialmente
Antônio Marcos Alves da Silva (Gigante)
031 3072 - 6655 / 9135 - 1911
Belo Horizonte

-------------------------------------------------------------------------------------------------
RECURSO



Sr. Presidente da Federação Mineira de Ciclismo

Conforme contato telefônico, venho através deste, entrar com recurso contra o resultado da Corrida Copa Minas Race – Categoria Sub-40 numero176 realizado dia 26/04/09 em Confins, cujo Sr. Alexandre Lúcio foi comissário e apurador da prova.


Dirigir-me a mesa apuradora para saber o resultado, tamanha minha surpresa quando o Comissário me disse que eu não havia completado a prova e ele não tinha registrado a minha chegada, alegando que se ele não registrou é porque eu não teria passado.

Questionei com o mesmo e apresentei várias testemunhas que me viram passar na linha de chegada, inclusive chegando junto comigo. Segundo o Sr. Alexandre isso não serviu como prova concreta dizendo que como ele não anotou eu não havia passado na linha de chegada e pediu prova concreta que pra ele seria filmagem ou fotos.

Quero registrar minha insatisfação quanto a este Comissário, pois não é a primeira vez que situações constrangedoras acontecem quando o mesmo está comissionando provas.

Sendo uma pessoa conhecida do meio, tento prestigiar todas as provas quanto possíveis, mas situações como estas fazem com que tenhamos dúvidas quanto aos resultados e ficamos decepcionados com a FMC.Sendo assim espero que o fato seja apurado,porque acredito que “uma laranja podre, não pode estragar toda a caixa”.

Segue abaixo a lista de atletas que me viram cruzar a linha de chegada e que podem servir como testemunhas:


Rosinha – Tel. 9187-8462
Tiago (Brou) – Tel. 8835-6179
Daniel (Ita) – Tel. 8447-3336
Luiz Gustavo – Tel. 9216-6443
Nº 144 da Sub 30 que chegou junto comigo

Atenciosamente,

Antônio Marcos (Gigante)
GigaBike

O CARBONO DA SPECIALIZED VISTO POR DENTRO






É sempre motivo de curiosidade imaginar como será o interior dos quadros de carbono, como são feitas as junções, como será a coluna de direção, como funcionam o amortecedor e suspensão, etc. A specialized disponibilizou duas bicicletas para esse efeito. Atentem nestas imagens aos detalhes de cada um desses pormenores. Impressionante!!!
Paulo Aquino








O mal perdedor



Para relembrar

Ricardo Alcici - Meta e fuga na Copa da República 2007 na Pça da Liberdade em BH: http://www.youtube.com/watch?v=Bem55E0J6mY
Ricardo Alcici
Treinador Esportivo
(31)8742-3503

Qualquer semelhança é mera concidência



Frango na novela
Caminho da Indias, como o Sacerdote Pandit.

Paulo Aquino/TANDEM

E-mail de Paulo Aquino

"Caro Frango. Enquanto estava suando na lagoa eu estava lá em casa suando na churrasqueira. Segue fotos dos pratos principais que perdeu: Peixe
jiló
Costelinha de porco
Picanha"
Perdi isto tudo, esperando amigos que combinaram pedalar e não compareceram no treino de terça.
Valeu amigos.
Frango








terça-feira, 28 de abril de 2009

Fotos: Liga Mineira de Ciclismo


Vejam mais fotos no blog:

www.pedaldofrangofotos.blogspot.com


Armstrong impedido de disputar prova

Material retirado do site: http://www.pop.com.br/

Regra da UCI impede Armstrong de disputar prova

O ciclista norte-americano Lance Armstrong não poderá disputar a Volta de Gila, prova de cinco dias que começa nesta quarta-feira, no estado do Novo México, e seria sua primeira competição depois de fraturar a clavícula durante uma competição na Espanha, no mês passado. Ele ficou de fora por causa de um veto da União Ciclista Internacional (UCI), que proíbe a participação de ciclistas de alto nível em provas de alcance apenas nacional, que teriam um nível técnico inferior.
"Estou desapontado por não poder correr", disse Armstrong em sua página do Twitter, site de microblogs. "É uma grande corrida americana e espero que todos apoiem o evento." Armstrong voltou neste ano às pistas, e pretendia usar a prova como preparação para a Volta da Itália, de 9 a 31 de maio.
"Nós e a UCI estamos tentando promover o ciclismo, mas essa decisão não ajuda em nada e nos deixa com um gosto amargo na boca", afirmou o diretor da prova norte-americana, Jack Brennan, sem dar maiores detalhes sobre a decisão da entidade máxima do ciclismo. A informação foi confirmada pela Astana, equipe defendida por Armstrong, e por diretores da USA Cycling, entidade que rege o esporte no país.
A recuperação de Armstrong foi surpreendente: após a lesão, a expectativa era de que ele levasse até quatro meses para se recuperar, o que o impediria de disputar não só a Volta da Itália como a Volta da França, que venceu entre 1999 e 2005 e era sua prioridade para a temporada de retorno.
Sem ele, uma das principais atrações da Volta de Gila será Floyd Landis, o americano que venceu a Volta da França em 2006 e foi considerado o herdeiro de Armstrong, mas acabou pego no antidoping e acabou perdendo o título para o espanhol Oscar Pereiro. Ele cumpriu dois anos de suspensão e está voltando aos poucos às competições.

Att;

Reltman Oliveira

Comunicado importantissímo de Sandro

E- mail de Sandro Orbea

Hoje pela manhã antes de ir para o trabalho, estava acompanhando as notícias sobre este surto da gripe suína tendo casos suspeitos já em BH e lembrei que muito de nós( inclusive eu) fazemos um intervalo em Confins para pegarmos água e vendo que a gripe pode ser transmitida não apenas pelo ar mas também pelos objetos com a saliva de outras pessoas infectadas ,venho comunicar que a gente corre o risco de contrair esta doença pelo simples fato de pegar água nos bebedouros do Aeroporto, pois lá passa gente de todas as partes do mundo!
Tive este alerta em minha memória e deixo este aviso para que possa alertar todas as pessoas que gostam de treinar na MG 010, inclusive neste feriado que será nesta Sexta feira.

Obrigado
Sandro Orbea

Parabéns prá você..............


Aí amigo Lúcio, parabéns e muitas felicidades hoje e sempre.
Frango

Copa Minas Race 2009 Equipe Lapa Bikers


Por email: Cristiano Mota


Copa Minas Race 2009 foi muito boa para os atletas da equipe Lapa Bikers, com um circuito muito rápido mais muito duro principalmente nas subidas os atletas vão muito bem confira a classificação dos atletas Lapenses:

Rafael Rocha segundo lugar na Junior, Rogério ficou em segundo na cat. sub 23

na sub 30 Atos ficou com o terceiro lugar e Cristiano em décimo quarto essa posição ainda tem que confirmar, Geraldo filho ficou em primeiro na categoria over 50, ainda não se sabe qual será a próxima corrida da equipe provavelmente em Itabirito copa Ale ou em Curvelo Copa Grande Sertão, até quarta feira teremos uma definição.

Cristiano Mota

Ultra Maratona de Mountain Bike


Mais um final de semana duplo de MTB

Neste final de semana acontece mais duas etapas da Ultra Maratona de Mountain Bike do Caminho da Fé.
A 3ª e 4 ª etapas largando de Mococa e São Sebastião da Grama finalizando em Águas da Prata completam 4 etapas da maior prova de mtb do Brasil. No dia 12 de julho totalizarão 600 km de muito pedal. A Ultra Maratona está na sua 4ª edição e terá sua prova rainha como é conhecida no mês de Novembro. Uma prova que totalizará 500 km em 4 dias consecutivos.

A novidade deste ano ficou para o passaporte como é chamado o troféu que traz pedaços de um quebra cabeça e que a cada etapa o atleta recebe uma parte dele.

As inscrições ainda estão abertas nos sites autorizados e no local da largada de cada etapa. As etapas são independentes e cada atleta pode participar da etapa que quiser.

A prova não tem limite de tempo.

"O maior desafio de MTB do Brasil"

Mais informações sobre este final de semana: 13 3301 7215/ 13 7850 1578/ 13 9131 6640 ou no site www.timeeventos.com.br/maratona

Arara acompanha ciclista em competição (foto)




Durante uma prova de Speed em Brasília, uma arara acompanhou o pelotão de atletas por vários metros, dando rasantes e "gritando". A companhia foi maior ao atleta João Victor que tentava se esquivar dos "ataques" da bonita ave. Quem viu custou a acreditar na cena.

Veja as fotos no link:
http://g1.globo.com/VCnoG1/0,,MUL1100454-8491,00-ARARA+ACOMPANHA+CICLISTA+EM+COMPETICAO.html

Por Email: Júlio César e Alexandre Marques

Volta de Santa Catarina - Resultado


Alex Diniz é bicampeão da competição.
Foi encerrada neste Domingo, 22 de abril, junto a Serra do Rio do Rastro, a 22ª edição da Volta de SantaCatarina.Na 5ª e última etapa da competição, ALEX DINIZ da equipe Sejelp/ Fapi/Sundown/ JKS de Pindamonhangaba conquistou o bicampeonato, após um total de 486 km.
Em segundo lugar na classificação geral, ficou DOUGLAS BUENO da equipeSuzano/ Flying Horse/ Caloi, a 44 segundos do campeão.
A última etapa com 39 km, percorridos entre Orleans e Bom Jardim da Serra,foi vencida por CLEBERSON WEBER da equipe DataRo/ Cordeiropolis, que escalou a Serra do Rio do Rastro com o tempo de 1h 19m 21s.
Na decisiva escalada, quando a Serra começou a ficar mais dura, DOUGLASBUENO atacou.
ALEX DINIZ e MAGNO PRADO, companheiros da equipe de Pindamonhangaba, além de CLEBERSON, começaram a perseguir o escapado.
CLEBERSON contra-atacou e foi abrindo vantagem, até a vitória no alto daSerra.
Classificação individual da 5ª etapa:
1 WEBER, Cleberson – Dataro/Cordeiropolis – em 1h 19m 21s2 DINIZ, Alex - Sejelp/Fapi/Pindamonhangaba – a 13s3 BUENO, Douglas - Suzano/Flying Horse/Caloi – a 36s4 NASCIMENTO, Antonio - Memorial/Santos/Giant – a 51s5 SANTOS, Renato Aparecido – Dataro/Cordeiropolis – a 52s6 BULGARELLI, Otavio - Suzano/Flying Horse/Caloi – a 1m 06s7 MOSER, Marcelo Avaí/Florianopolis – MT8 MORANDI, Mauricio Scott/Marcondes Cesar - MT9 NAZARET, Magno Sejelp/Fapi/Pindamonhangaba - MT10 MEDICI, Matias Scott/Marcondes Cesar – a 1m 11sClassificação geral individual após 5ª etapa:1 DINIZ, Alex - Sejelp/Fapi/Pindamonhangaba – em 12h 09m 56s2 BUENO, Douglas - Suzano/Flying Horse/Caloi – a 44s3 NASCIMENTO, Antonio - Memorial/Santos/Giant - a 54s4 BULGARELLI, Otavio - Suzano/Flying Horse/Caloi – a 1m 03s5 MORANDI, Mauricio - Scott/Marcondes Cesar – a 1m 14s6 NAZARET, Magno - Sejelp/Fapi/Pindamonhangaba - a 1m 16s7 MOSER, Marcelo - Avaí/Florianopolis – a 1m 18s8 SANTOS, Renato - Dataro/Cordeiropolis – a 1m 36s9 PULINI, Andre - Memorial/Santos/Giant – a 1m 39s10 VIEIRA, Alcides – Dataro/Cordeiropolis – a 1m 52s
Fonte:
por E-mail: Alysson Trindade

Clássica Liège-Bastogne-Liège


Andy Schleck vence clássica Liège-Bastogne-Liège.
O ciclista luxemburguês ANDY SCHLECK venceu neste Domingo, 26 de abril, a competição belga Liège-Bastogne-Liège, terminando os 261 quilômetros de uma das principais clássicas do calendário mundial, com 1m 17 s de vantagem sobre o espanhol JOAQUIN RODRIGUEZ da equipe Caisse d'Epargne.
O pelotão principal, liderado pelo italiano DAVIDE REBELLIN da equipe venezuelana Serramenti, recente vencedor da Fleche Wallone, cruzou a linha de chegada a 1m 24s do campeão.
O ciclista da equipe Saxo Bank, tido como um futuro candidato a vencer as Grandes Voltas (Itália, França e Espanha), ganhou pela primeira vez a competição belga, depois de no ano passado ter acabado em 4º lugar.
SCHLECK, de 24 anos, juntou-se assim a EDDY MERCKX e BERNARD HINAULT, grupo restrito de ciclistas que venceram a prova com menos de 25 anos.
O luxemburguês atacou a cerca de 20 quilômetros da chegada de forma avassaladora, pelo que os restantes ciclistas que ficaram à frente acabaram por limitar-se a disputar a segunda colocação.
"Me senti bem durante toda a prova. O plano era atacar na subida (Rocheaux Faucons), mas eu nunca imaginei que iria seguir sozinho até a metafinal", disse SCHLECK, que foi 2° no Giro d’Italia de 2007.
"Eu consegui abrir uma vantagem de 200 metros e continuei forçando o ritmo. O time fez um trabalho excelente atrás de mim. Sem eles, a vitória não seria possível", completou SCHLECK.
Classificação individual da prova:
1 Andy Schleck (Lux) Saxo Bank - em 6.34.322 Joaquím Rodríguez (Spa) Caisse d'Epargne - a 1.173 Davide Rebellin (Ita) Serramenti PVC - a 1.244 Philippe Gilbert (Bel) Silence-Lotto - MT5 Serguei Ivanov (Rus) Katusha - MT6 Simon Gerrans (Aus) Cervélo TestTeam - MT7 Damiano Cunego (Ita) Lampre-NGC - MT8 Benoît Vaugrenard (Fra) Française des Jeux - MT9 Alexandr Kolobnev (Rus) Saxo Bank - MT10 Samuel Sánchez (Spa) Euskaltel-Euskadi - MT11 Ryder Hesjedal (Can) Garmin-Slipstream - MT12 Matteo Carrara (Ita) Vacansoleil - MT13 Jérôme Pineau (Fra) Quick Step - MT14 Oscar Freire (Spa) Rabobank - MT15 Rinaldo Nocentini (Ita) AG2R La Mondiale - MT16 Cadel Evans (Aus) Silence-Lotto - MT17 Thomas Dekker (Ned) Silence-Lotto - MT18 Rémy Di Gregorio (Fra) Française des Jeux - MT19 Alejandro Valverde (Spa) Caisse d'Epargne - MT20 Vladimir Efimkin (Rus) AG2R La Mondiale - MT
por e-mail: Alysson Trindade

Promoção Bici Shop

Promoção de quadro para MTB

Quadro Astro comet ------------------------------R$ 539,00
Quadro Astro Planet-------------------------------R$ 639,00
Quadro Astro Smoother traseira de carbono ---R$ 1.339,00
Quadro Dabomb Rapid modelo 2009-------------R$ 489,00
Quadro GT Avalanche 3.0------------------------R$ 329,00
Quadro Schwinn Mesa-----------------------------R$ 329,00
Quadro Rally---------------------------------------R$ 239,00
Quadro GTX----------------------------------------R$ 179,00

CONFIRA OS DETALHES NO SITE www.bicishop.com.br31 3292-8422
MSN: alyssonmtb@hotmail.com

segunda-feira, 27 de abril de 2009

Noticias do Warley


"Tô com o pé na cova, e outro na casca de banana, mas ainda suspiro!Vocês vão ter que me aguentar muito ainda".

ass.: Warley

Parabéns prá você..............

Sumiu heim? Cansou de tomar na cabeça pro véio né! Rsss
Parabéns amigo, aparece logo.
Frango







Bruno

Maratona Linha Verde

É Japão.
Demais a maratona. Pude assistir de camarote boa parte da prova e adorei a organização vocês.
Parabéns a todos que participaram da prova. Precisamos de mais eventos como este aqui em Minas. Aguardo o resultado da Elite para a publicação.
Frango

Roberto Leal campeão no Minas Race


ROBERTO LEAL CONQUISTA MAIS UM TROFÉU. DESTA VEZ FOI CAMPEÃO DA MARATONA DE CONFINS..

MARATONA QUE FOI REALIZADA NESTE DOMINGO 26/04/2009

domingo, 26 de abril de 2009

Parabéns prá você..............

Dener


Parabéns duplo, amigo!
Frango

Notícias de Warley


Warley sofreu um pequeno acidente hoje devido a uma distração de uma motorista na Av. Vilarinho. Se encontra no Pronto Socorro Risoleta Neves fazendo exames com uma possível fratura no tornozelo.
Aguardamos mais notícias.
Frango

Notícias de Donabela


Donabela (esq.) acidentou-se ontem no treino de sábado. Encontra-se em casa, com a clavícula quebrada. Será operado na Terça-feira.

Desejo melhoras.
Frango



sábado, 25 de abril de 2009

Nasceu a Liga Mineira de Ciclismo!

Hoje, dia 25/04/2009, reuniram-se vários ciclistas e três associações numa assembléia para a eleição da primeira diretoria da Liga Mineira de Ciclismo.As associações votaram e confirmaram a eleição do Sr. Demerson Furtado Pulis Gomes para Presidente e Afrânio Marques Pacheco para Vice Presidente. Contamos também com a presença do Sr. Welington de Souza, presidente da F.M.C. Queremos agradecer a todos que estiveram presentes na reunião. Agradeço também pela confiança que estão depositando em nós e faremos de tudo para realizarmos um bom trabalho. Num prazo de tres meses estaremos aceitando filiações.
Associações que já fazem parte da liga:

Associação Mineira de Ciclismo
Associação Varginhese de Ciclismo
Associação Itabirana de Cilismo


Secretário:
Israel Tomaz Ferreira

Tesoureiro:
Dener Henrique de Queiroz Fonseca

Conselho fiscal e suplentes:
Douglas Ceron
Thiago Matos Camargo
Marcelo Morais
Gilberto Martins
Volney Alex
Luis Otávio de Pinho

Auditores
Antônio Tadeu de Castro
Juraci de Almeida
Kleber Borges de Figueiredo

Auditor Substituto
Eduardo Cardinali

Será que o cara sabe andar de Bike?



Por e-mail: Julio Cesar

Bom fim de semana



Por e-mail: Julio Cesar

sexta-feira, 24 de abril de 2009

Equipe XPRO de Ciclismo conquista é vice-campeã na Prova da Inconfidência no Contra-Relógio individual


A equipe XPRO /IB Factoring/ +bike/ Gontijo, participou no último final de semana da Prova Ciclística da Inconfidência Mineira na Linha Verde na região metropolitana de Belo Horizonte.
No sábado, o atleta Ricardo Alcici teve uma grande performance na prova de contra-relógio e foi o Vice-Campeão com o tempo de 17'29''.

O atleta Edgard chegou na 7ª posição com 18'51''.

A equipe conquistou também a 10ª e 12ª posições com Jonatas Gomes e Rafael Alves de Almeida respectivamente.
No domingo a prova foi disputada em um circuito que passava quatro vezes pela dura subida de Vespasiano.

A equipe se comportou compacta no pelotão até a 3ª volta onde aconteceram ataques sucessivos na subida e o pelotão se partiu.

A equipe não conseguiu estar no pelotão principal, mas mesmo assim colocou seus atletas entre os 20 primeiros da competição conquistando importantes pontos para o ranking nacional.
Com os pontos conquistados na prova , a equipe provavelmente estará entre as 15 primeiras colocações no Ranking Nacional por Equipes.A equipe tem o patrocínio de XPRO Sistemas, IB Factoring, +bike, Gontijo Transportes, Anodiminas, Mai English e tem o apoio da Academia SportFitness, VidaAtiva Treinamento e Ponto o Atleta.


XPRO por E-mail

Se liga na Liga

Amanhã será a reunião para a criação da nossa Liga.
Venham conferir no endereço acima mencionado. Todos serão bem vindos.
Agora ninguém mais vai nos parar, principalmente o tal de Sr. Guilherme que até hoje não apareceu.
O ciclismo não será mais o mesmo, eu prometo.

Frango

AGRADECIMENTOS DE ROGERIO PACHECO

Amigos, venho por meio desta, agradecer todos, que tanto deram e me dão apoio. Seja em momentos de glória. Também nos momentos difíceis. Agradecer em especial, o Pedal do Frango (Demerson), que tem contribuindo de várias formas, para o ciclismo em Belo Horizonte. Também, o Blog São José da Lapa (Cristiano). Palavras não caberiam para expressar, tamanha gratidão por tanto carinho diante minha pessoa a tantos...

Estava iniciando meus treinos, para a temporada de 2009 e lamentável o acidente ocorrido na Lagoa da Pampulha, no sábado do dia 21/03/09, levando eu e o Bruno ao hospital Odilon Bherens, também outros atletas que se envolverão neste acidente, que nada tiveram além de susto. O Bruno que sofreu fraturas em dois lugares do braço direito e eu Rogério Pacheco, que tive uma lesão conhecida como “luxação acrômio clavicular - grau três”.

Sabemos dos riscos, que estamos sujeitos, e não precisamos pensar só porque somos ciclistas, para um acidente interromper uma atividade na qual fazemos. Digo sujeito, pois acidentes acontecem e basta estarmos vivos, para isso acontecer. Apenas, lamentamos que este acidente, teve uma causa que nos faz pensar e analisar o porque aconteceu. Não preciso entrar em detalhes, pois não estou aqui para julgar ninguém, tão pouco, tenho o direito de fazer isso. Quero apenas lamentar com atitudes, pois não sou eu, nem o Bruno que perdemos, mas o esporte, pois o grupo “A” é referência para muitas pessoas, sejam adultas, crianças que pedalam ou não na Pampulha, e uma imagem negativa do esporte pode ficar marcada nas mentes das pessoas.

Estou neste momento bastante chateado, estive em um segundo médico especialista em ombro, para analisar o que fui submetido, referente à cirurgia feita para reparar a lesão, e lamentável o laudo do segundo médico, que foi indicado pelo Ailton um amigo nosso do pedal. Na análise, foi constatado que minha lesão não precisava ter colocado PINO, e sim, “ligado os tendões”, caso confirmado, pelo segundo médico, especialista. Agora resta esperar, pois a negligência do médico do SUS (Sistema Único de Saúde) foi feita, que nem se quer o vi, nem antes muito menos depois da cirurgia, vale relatar o mesmo pediu a enfermeira para eu não retirar de forma alguma o curativo; Então, terei que ficar por seis semanas com este curativo? Perguntei enfermeira. Brincadeira! Mas, já estou orientado pelo segundo médico, que é preciso trocar curativo todos os dias. Com tudo, estou bastante apreensivo...

Vale destacar que de acordo com o segundo médico existe um percentual de 42% de chances de uma segunda cirurgia, por não ter reparado os tendões lesionados. Sei que sempre me deram apoio e agora conto com todos para que rezem por mim para que tudo esteja bem após retirada deste pino que faltam duas semanas . Uma segunda cirurgia me deixaria inseguro para estar em forma e tentar defender o tri campeonato nas 24h de Fortaleza em outubro deste ano.

Aproveito para desejar aos amigos do pedal: Dr. Kleber, Bruno, Ivan, Tadeu, Marcinho que se recuperem e voltem o mais rápido possível para praticar o esporte que tanto é importante e continuem suas vidas como antes... Como já disse: Acidentes acontecem, basta estar vivo para tal!

Abraços a todos, em breve estaremos pedalando juntos e fazendo história.

Rogerio Pacheco

quinta-feira, 23 de abril de 2009

Comunicado da Associação Varginhese de Ciclismo



O idealizador e promotor da COPA PROMOSOM DE CICLISMO, Paulo Veloso, vem a público comunicar o CANCELAMENTO da competição deste ano:
- Peço sinceras desculpas aos ciclistas, equipes e apreciadores da Copa. Em especial, àqueles que se programaram e estão realizando treinamentos específicos para o nosso famoso “circuito de outro mundo”.
- Sinto-me constrangido por ter prolongado a confirmação deste cancelamento, mas posso garantir que não medi esforços tentando viabilizar esta que seria a 22ª edição da Copa Promosom de Ciclismo.
- Tenho consciência do período crítico que a economia mundial está atravessando e deposito aí minha esperança de em 2010 realizar esta edição agora “adiada”. Mas, paralelamente, registro minha decepção com o desprezo dos poderes públicos para com o ciclismo local e mineiro e a falta de reconhecimento ao nosso trabalho de 31 anos, pois são mais de quatro meses de empenho e trabalho todos os anos.
- Enfim, diz o provérbio que “um homem que não sonha é um homem pela metade”. O meu sonho sempre foi inserir a Copa Promosom na lista das maiores competições ciclísticas do Brasil. Em 2008, depois de 30 anos, eu realizei esse sonho, mas agora eu sei que o meu verdadeiro sonho é fazer com que ela permaneça nesta seleta lista.
- Recuso-me a realizar a Copa Promosom de forma leviana, improvisada, imprudente e descompromissada. Eu sei o quanto trabalhei para atingir e conquistar o status de prova com ranking nacional Classe 1 e o privilégio do respeito dos ciclistas de todo o Brasil.
- Vou continuar trabalhando na concretização do meu sonho e espero poder continuar contando com o apoio, carinho e amizade de todos aqueles que me apoiaram nas edições passadas. Nos últimos oito anos a Copa Promosom recebeu muitos e importantes apoios: dicas, conselhos, colaborações, reconhecimentos, mobilizações, etc. Quero registrar meu agradecimento a cada uma dessas pessoas. Podem ter certeza que todos têm o meu sincero carinho e gratidão.
- Um grande abraço e com a ajuda de Deus, teremos a:
“COPA PROMOSOM DE CICLISMO 2010...
De cara nova pra vocês!”

Varginha, 23 de abril de 2009.
PAULO ROBERTO O. VELOSO

E-mail de Paulo Aquino

Estava hoje fazendo uma caminhada na Av. Paulista (São Paulo capital) onde me deparei com uma manifestação solitária e única.........uma bicicleta e um nome..................Márcia.

Márcia Regina de Andrade Prado, 40, faleceu numa quarta-feira, dia 14 de janeiro 2009, ao ser atropelada por um ônibus enquanto pedalava na Av. Paulista. Participante da bicicletada paulistana, ela era uma das signatárias do Manifesto dos Invisíveis, no qual ciclistas afirmam que o que falta não são ciclovias, mas o entendimento de que os ciclistas também são parte do trânsito e que devem ter suas vidas respeitadas:
"As ruas são públicas e devem ser compartilhadas entre todos os veículos (...) Em vez de ciclovias, a instalação de bicicletários deveria vir acompanhada de uma campanha de educação no trânsito e um trabalho de sinalização de vias, para informar aos motoristas que ciclistas podem e devem circular nas ruas da nossa cidade. Nos cursos de habilitação não há sequer um parágrafo sobre proteger o ciclista, sobre o veículo maior sempre zelar pelo menor. Eventualmente cita-se a legislação a ser decorada, sem explicá-la adequadamente. E a sinalização, quando existe, proíbe a bicicleta; nunca comunica os motoristas sobre o compartilhamento da via, regulamenta seu uso ou indica caminhos alternativos para o ciclista. A ausência de sinalização deseduca os motoristas porque não legitima a presença da bicicleta nas vias públicas".
Márcia pedalava na faixa da direita, destinada aos veículos mais lentos, na altura da Fundação Cásper Líbero.
O motorista do ônibus, Mario José de Oliveira, 53, relatou à imprensa que "não teve culpa pelo acidente" e que tinha a sua "consciência tranqüila".
Segundo o código de trânsito, os motoristas devem manter 1,5 metro de distância do ciclista, por todos os lados. Se esta lei houvesse sido respeitada, Márcia ainda estaria entre nós.

Paulo Aquino/TANDEM

Como chegar ao local da reunião da Liga

Para quem nao sabe como chegar , nem tem ideia do local.
Segue o link do Maps-google

http://maps.google.com/maps?f=q&source=s_q&hl=pt-BR&geocode=&q=R.+Val%C3%A9rio,+199&sll=-20.233852,-44.994507&sspn=1.718876,2.460937&ie=UTF8&ll=-19.866044,-43.91937&spn=0.013461,0.019226&z=16&iwloc=A

Campeonato Regional de Ciclismo 2009 (2° Etapa)


Campeonato Regional de Ciclismo 2009

Monte Belo supera as expectativas

O município de Monte Belo sediou a 2ª etapa do Regional de Ciclismo nesta terça-feira, dia 21. A etapa foi marcada pelo duríssimo circuito na Praça da Matriz, que exigiu muito esforço dos competidores.
O público local compareceu e prestigiou os competidores, formando torcidas e aplaudindo os vencedores. O Prefeito Municipal, Prof. Humberto Fernandes Maciel, esteve presente e se emocionou com o evento e prometeu que dará todo o apoio aos competidores locais, para que possam participar das próximas etapas. “Eventos como o Campeonato Regional de Ciclismo engrandecem o município pela sua organização e beleza da estrutura física. Foi emocionante ver a quantidade de ciclistas e a variedade de municípios presente – foram 112 competidores de 16 municípios”, disse o Prof. Humberto.
Vários setores da Prefeitura se uniram em prol do evento inédito no município. Estavam presentes, trabalhando, acompanhando as provas e apoiando os competidores locais. Destaque para Wagner Tranches de Faria, Encarregado de Cultura, Alexandro Sequalini, Encarregado de Esporte e Lazer e Laércio José do Nascimento, Secretário de Agricultura e Meio Ambiente.
Entre os vencedores dessa etapa, três categorias permanecem com líderes invictos: Bruno Sabino Humberto na Infantil; Michael Pereira da Silva na Juvenil e Fernando Lopes Gomes na Elite MTB. O município de Três Pontas conquistou a vitória das duas principais categorias em disputa, Adriano Chagas de Lima, o Dioléia, na Elite Speed e dobradinha na Elite MTB, além da vitória de Fernando, Michael ficou em 2º lugar.
Após a realização de todas as baterias, foi realizado o sorteio entre os competidores de uma bicicleta Sundown, num oferecimento da Eletro Zema.
O Campeonato Regional de Ciclismo é uma competição homologada pela Federação Mineira de Ciclismo, realizado pela C. L. Áudio e Eventos e AVC em parceria com a Prefeitura Municipal de Monte Belo, através da Secretaria de Cultura, Esporte e Lazer, apoio da EPTV, Sundown Bikes, Vzan, Smile Odonto - Consultoria para Clínicas Odontológicas, Ottima Veículos, Paristur Viagens e Turismo, cobertura da Revista Pedal e Jornal Show Radical.

Confira os resultados

Fraldinha:
1º - Letícia Ribeiro de Azevedo – Varginha
2º - Alan dos Anjos de Souza – Monte Belo
3º - Felipe de Souza Ferreira (Hammer Fall Bikers) – Varginha
4º - Mariana Eveline V. Ribeiro – Monte Belo

Mirim:
1º - Juan Pablo P. Lima (World Bike) – Três Pontas
2º - Maria Eduarda Campos (Prefeitura Municipal) – Caxambu
3º - Alan Augusto Tomaz – Monte Belo
4º - Carlos Augusto Ferreira – Monte Belo
5º - Vitor Sene Marques – Monte Belo

Aro 20:
1º - Fernando Silva Cardoso – Monte Belo
2º - Danilo Ribeiro dos Santos – Monte Belo
3º - Cláudio Filipe M. Silveira – Monte Belo
4º - Rodrigo Ap. Batista – Monte Belo
5º - Patrick Cristhian Silva – Monte Belo

Infantil:
1º - Bruno Sabino Pires Humberto (New Bike) – Varginha
2º - Marcos Roberto L. Veloso (EPTV/ Paristur) – Varginha
3º - Maria Eduarda Campos (Prefeitura Municipal) – Caxambu
4º - Juan Pablo P. Lima (World Bike) – Três Pontas

Juvenil:
1º - Michael Pereira da Silva (World Bike) – Três Pontas
2º - Rafael Pereira – Varginha
3º - Gustavo Henrique R. Azevedo – Varginha
4º - Bruno Sabino Pires Humberto (New Bike) – Varginha
5º - Gustavo Henrique Campos (Prefeitura Municipal) – Caxambu

Open Speed:
1º - Cristiano Hortêncio Pimenta (MP – Metalúrgica Pimenta) – Varginha
2º - Leonardo Garcia Moreira (Campanha Biker) – Campanha
3º - Lucas Batista da Silva (Casa do Açaí) – Pouso Alegre
4º - Marcelo Gonçalves Leandro (B Zero Bala) – Varginha
5º - Charles de Carvalho – Pouso Alegre

Open MTB:
1º - Orlando Carvalho Neto – Varginha
2º - Mateus Teixeira Coelho (Ciclo Sul Minas) – Pouso Alegre
3º - Lucas Brandão Guilherme (Ciclo Sul Minas) – Pouso Alegre
4º - Aldo José de Melo (Renato Bike) – Machado
5º - Wanderley de Souza (Campanha Bike) – Campanha

Master:
1º - Flávio Papali (Esporte Bike) – Varginha
2º - Rodrigo Cunha Rezende (New Bike/Bikessauros) – Varginha
3º - Sebastião Inácio R. Filho (Esporte Bike) – Varginha
4º - Altair Rosa dos Santos – Pouso Alegre
5º - Adilson Ferreira (Hammer Fall) – Varginha

Elite MTB:
1º - Fernando Lopes Gomes (Tribo 2 Rodas) – Três Pontas
2º - Michael Pereira da Silva (World Bike) – Três Pontas
3º - Sebastião Pena Junior (ACAR/Robby Bike/Ass. Cicl. Alfenas) – Alfenas
4º - Alysson Pereira de Souza (Renato Bike) – Machado
5º - Nata Henrique Silva (Renato Bike) – Machado

Elite Speed:
1º - Adriano Chagas Lima (World Bike) – Três Pontas
2º - Everton Carvalho (SEME Rio Claro/SP) – Varginha
3º - Enoque Oliveira Ruela Fº (Plascar/Central Jóias) – Varginha
4º - Moisés Miguel Silva – Congonhal
5º - Rufus da Motta (Rufus Bike) – Pouso Alegre

Mais pista

http://www.youtube.com/watch?v=BkkTSVVrPYk

Esses caras deram um show na pista, foram até aplaudidos pela torcida.
Frango

Por e-mail: Marcim

Gosta de pista?

http://www.youtube.com/watch?v=E7T_6GtZAGo

Poe e-mail: Marcim

A bicicleta

Bicicleta como meio de transporte ecológico alternativo
Atualmente o único meio viável de transporte privado no mundo é a bicicleta. A principal objeção é o automóvel, que tem ajudado a industrializar o mundo do século 20. Mas o automóvel já mostrou as suas limitações. Estão esgotadas as reservas de espaço e combustível. Neste momento, o automóvel é o responsável por uma série de contaminações ambientais bem como por 250.000 mortes e 10 milhões de ferimentos que se produzem em todo o mundo como consequência de acidentes automobilísticos.
À medida que se vai abrindo caminho perante a constatação dos inconvenientes deste meio de transporte, as nações industrializadas começam a buscar alternativas ao automóvel.
A bicicleta sai assim beneficiada desta busca, redescoberta como máquina eficiente e ecologicamente limpa. No seu desenvolvimento tecnológico, a bicicleta parece encontrar-se no amanhecer de uma idade de ouro no mundo ocidental


Retirado do Site: Sampabike.



Rogério Diniz
Fones:
(11) 7542.2828
(31) 9227.7558
(31) 3228.4700

quarta-feira, 22 de abril de 2009

Resultados da Prova da Inconfidência de Ciclismo

Já estão disponíveis os resultados da prova no site da FMC. www.fmc.org.br
Frango

Site de fotos de ciclismo

http://www.steephill.tv/
Vale a pena colocar no favoritos de sua máquina.
Frango

por e-mail: Julio Cesar

Vem aí a Liga Mineira Desportiva (Comunicado)

Amigos do pedal, neste sábado dia 25/04/2009 às 14:00 hs haverá uma reunião na
rua Valério , 199 (Pracinha do Pirajá).
Será lido o estatuto da Liga e votado a diretoria.
Fica aqui o convite a todos que quiserem comparecer e presenciar esta reunião.
Agora o ciclismo vai andar!
É importante a presença das equipes de ciclismo CDC/XPRO/Cicle Viana/Green Max/MTB Sta Luzia e MTB Barreiro.
Conto com a presença de todos.
Frango

Site de fotos mundiais

http://noticias.uol.com.br/album/090420_album.jhtm?abrefoto=25
Por e-mail: Julio Cesar

PROMOÇÃO BICI SHOP

Quadro Dabomb rapid modelo 2009-- R$ 489,00
Suporte caramanhola Zefal-------- R$ 16,00
Cambio traseiro ultegra---------- R$ 289,00
Pneu Vittoria tubular------------ R$ 105,00
Pedivela Shimano 105------------- R$ 699,00
Oculos Tifosi Pave--------------- R$ 249,00
Conheça os produtos no site www.bicishop.com.br
tel: 31 32928422
MSN: alyssonmtb@hotmail.com

terça-feira, 21 de abril de 2009

Fotos: XXXII Prova da Inconfidência - Estrada

Parabéns prá você..............

Parabéns e muitas felicidades sempre............. vê se aparece e liga o telefone.
Frango

Cerveja e esporte

Cerveja pode ajudar atletas a se reidratarem Consumida com moderação, bebida não altera capacidade psicognitiva nem causa erros.
A cerveja fortalece o coração e ainda ajuda a suportar mais o esforço físico. New York Times
Cerveja é bebida número 1 para o atleta depois da água, diz cientista.--------------------------------------------------------------------------------A ingestão moderada de cerveja após o exercício físico favorece a reidratação dos atletas semprejudicar suas capacidades psicocognitivas, segundo estudos de especialistas em nutrição. As conclusões destes estudos foram apresentadas por seus autores nosimpósio realizado em Granada, sul da Espanha, com o tema "Cerveja, Esporte e Saúde". Todos recomendaram incluir a cerveja na dieta diária dos atletas e ressaltaram as propriedadesantioxidantes da bebida, que também favorece o sistema cardiovascular.Em entrevista coletiva, o cardiologista e ex-jogador de basquete Juan Antonio Corbalán assegurouque a cerveja tem um perfil "excelente" por conseguir uma hidratação eficaz do organismo após oexercício físico. Segundo Corbalán, o baixo teor alcoólico da bebida é "absolutamente compatível"com o rendimento esportivo de alto nível, "sempre que se leve em conta que a quantidade de cervejaingerida seja adequada à capacidade do organismo de metabolizar o álcool". O cardiologista se referiu à necessidade de eliminar determinados tabus em relação ao sumo dacevada, que definiu como "a primeira bebida para o atleta, após a água". O catedrático de Fisiologia Médica da Faculdade de Medicina da Universidade de Granada ManuelCastillo Garzón afirmou que, segundo as pesquisas, a ingestão moderada de cerveja não piora ascapacidades psicocognitivas dos atletas porque não provoca a perda de campo de visão nem levaa um maior número de erros. Garzón acrescentou que seu consumo aumenta a tolerância ao esforço físico e reduz o estresse que
representa fazer exercícios em condições extremas. Para chegar a estas conclusões, o especialistaavaliou as capacidades cognitivas e locomotoras de um grupo de jovens que, de forma aleatória,beberam cerveja ou água após fazer esporte em um quarto a 40ºC, situação que favorecia adesidratação. Castillo Garzón analisou as capacidades dos jovens antes e uma hora e meia depois do exercício,para o qual usou um sistema utilizado para medir a reação dos pilotos de caças a determinadosestímulos. O experimento permitiu ao cientista aprovar os benefícios do consumo moderado decerveja para os atletas.
THIAGO MATOS CAMARGO

Site de fotos do mundo

http://noticias.uol.com.br/album/090420_album.jhtm?abrefoto=25
Tem aí uma arvore de bicicletas criada por um artista plástico.

por e-mail: Julio Cezar Q. MachadoCiclismo
Mountain Bike e Personal Trainer
(31) 8851-6025 / 3088-3202

Voce acha qua a lagoa tem buraco?

http://www.youtube.com/watch?v=zHmm2HuafYg&feature=related‏

Poe e-mail: Marcim

segunda-feira, 20 de abril de 2009

Resultado de Mariana




ACM realiza a XVIII Edição Do Bike Enduro
Neste ultimo final de Semana foi relaizado a XVIII edição do Bike Enduro uma das provas mas tradicionais de Minas.
A prova exigiu pernas e fôlego dos 180 participantes. O calor,o barro e trechos bem mais técnico foram os grandes desafios dos 36 quilômetros que foi vencido pelo atleta de Itabirito Jorge Augusto Flareon sendo o novo recordista da prova com o tempo de 1:17:48 chegando logo em seguida o atletca campeão da prova do ano passado Kilder de Melo de Ouro Preto com o tempo de 1::18:10 completando o pódio o Atleta Felipe Moraes Ferreira com o tempo 1:19:30 o restante das categorias ficaram assim.

Elite Feminino
Tatiana Poliana 1:41:50 Mariana
Liege Walter 1:54:34 Mariana
Amanda Monteiro 2:15:45 Brumadinho

Especial Mariana
Wanderson Aparecido 1:23:07
Diego Márquez 1:25:21
Gleison Pereira 1:26:11

Infantil
Jailson Santana 2:00:36 Mariana

Infanto Juvenil
Rodolfo Bernandes 1:54:31 Mariana

Juvenil
Wilhan Nascimento 1:33:53 Ouro Branco

Junior
Lucio Soraes 1:23:17 Itabirito

Sub-23
Leandro Augusto 1:19:44 Itabirito

Sub-30
Felipe Alves 1:19:31 Cons. Lafaiete

Sub-35
Raimundo Nonato 1:19:45 Santa Luzia

Sub-40
Antonio Costa 1:23:49 Belo Horizonte

Sub-45
Roberto Leal 1:26:08 Belo Horizonte

Over-45
Paulo Dutra 1:51:06 Macae RJ

Over-50
Luis Faísca 1:36:02 Mariana

Over-55
Wilhan Moreira 1:48:32 Itabirito

Equipe
Planet Bike
Cons. Lafaiete
Santa Luzia

Por que usar capacete

MUITO LEGALKKKK

http://www.youtube.com/watch?v=2Qhz3u7iCyw&eurl=http%3A%2F%2Fwww%2Ebiocicleta%2Ecom%2Ebr%2Findex%2Ephp%3Fcategoryid%3D1%26p2%5Farticleid%3D563&feature=player_embedded

REGINALDO SOARES
FONTE: biocicleta

Frases que ciclistas escutam dia todo

QUANDO VOCÊ DIZ A DISTÂNCIA QUE PEDALOU
 "porque não foi de carro ou de busão?"
 “Ó. O Fulano veio pedalando. Foram 20km... Outro: Bah! E vai voltar hj?”
 "não sei pra que, ficar se matando em cima dessa bicicleta"\
 "eu vejo o jeito que tu chega, todo estressado de pedalar desse jeito" (exausto depois de um dia inteiro de
pedal)
 "e qual foi a maior distância que tu já pedalou?" "tu diz, num único dia?" "é..." "Ah, XXX km"
 "nossa, eu acho que se eu pedalasse tudo isso eu morria"
 "nossa, eu acho que se eu pedalasse tudo isso eu ia ficar uma semana sem conseguir me mexer (ou sentar)"
 "ah, eu teria ido de carro!"
 "Rapaz é melhor tu pegar um carro pra tu ir pra tua cidade"
 "Não acredito que você tem coragem de acordar em pleno Domingo, às 7:00 da manhã, pra pedalar 50km!"
 "Filho, porque vc não vai de ônibus? Eu te dou o dinheiro"
 “"nossa, que inveja da sua disposição, mas ainda chego lá!"
 “isso não é pra qualquer um..."

QUEM MORA EM APARTAMENTO – ao entrar no elevador:
 "Porque vc não deixa sua bike no bicicletário do condomínio junto com as "outras"?Se arranhar vc manda
pintar e já era!!"
 Bicicleta é la fora. Porteiro de prédio se achando uma autoridade!
 "pô, tem um lugar lá embaixo, no bicicletário, não precisa sujar teu apartamento!"

DEPOIS DE APERTAR O PNEU DA BIKE UM MILHÃO DE VEZES:
 "ahhhh, tem câmera, e olha, a roda sai também!"
 “E se o pneu furar?”
 " 120 libras (psi) nesse pneuzinho? Não vai estourar não?"
 "Esses pneus não tem câmara né?"
 "como você consegue se equilibrar num pneu tão fininho"
 "Quantas libras cabem? putz como pode esse pneu tão fininho caber mais ar que o pneu de carro. Isso ta
errado não ta não?"

SOBRE O PORTE FISICO
 "Olha só, os caras todos magros, saudáveis, tomando Coca , e a gente tudo barrigudo tomando cerveja!!"
 "Pedala Gordinho!!!"
 “Também com nessa magreleza até eu ando nessa velocidade”
 “ó ta gordo heim cuidado com o vento senão tu vai pegar vôo”
 "Pedalar não emagrece?" (quando você ainda está acima do peso)
 “aô fisico de pardal”
 “Ta pedalando pra perder peso?”

SOBRE O UNIFORME
 "Mas vc usa aquela bermudinha?"
 “lindas pernas em roubou a bermudinha de lycra da irmã ne kkkkk (pior ainda se estiver de calça)”
 “O que? Para pedalar tenho que usar essa bermudinha ridícula? Eu sou espada, meu!”
 Bando de viados! (normalmente dita por babacas em carros cheios de
homens referindo-se a grupos de ciclistas, vai entender...)
 Essa roupa já vem pra homem?
 “Que bermudinha de bicha...”
 “Olha o Cogumelo! OLha a tartaruga Ninja!” (se referindo ao ciclista com capacete).

SOBRE OS RELACIONAMENTOS
 " Vai me trocar pela bike de novo"
 Essas aí são as minhas concorrentes??"
 “Vai trocar de bike de novo? Assim agente não casa.”
 “Você passa mais tempo cm essa bike do que comigo”
 A esposa fala : “Pagou 5.000 nesta roda de bicicleta! Igual a outra que você tem.”Você responde: “Estava com
um preço muito bom e resolvi comprar.” A esposa responde: “Amanha vou comprar umas roupinhas novas ,
só tenho roupas velhas!”
 “Vai trocar por quê? Essa aí não está funcionando?” (quando você faz um upgrade.)

REGINALDO SOARES
FONTE: biocicleta

Copa de Ciclismo Amador premia vencedor com uma moto

A segunda etapa da Copa de Ciclismo Amador, que será realizada no domingo, dia 26, em Ribeirão Pires, terá uma premiação especial.
O campeão da categoria Elite Masculina, principal categoria do ciclismo brasileiro, receberá uma moto.
A competição será realizada em um circuito de 2,3 km, que será montado na Avenida Brasil.
A largada da primeira das 12 baterias que estarão em disputa acontecerá a partir das 8 horas.
Além de uma moto para o vencedor da Elite Masculina, a segunda etapa do campeonato premiará os cinco primeiros colocados de cada categoria com medalhas.
A Copa de Ciclismo Amador também terá uma premiação especial após as quatro etapas disputadas.
Os campeões de cada categoria ganharão uma bicicleta, enquanto o vencedor da Elite Masculina faturará uma moto.
As inscrições para a segunda etapa da competição já estão abertas e podem ser feitas em três locais: na subsede da Federação Paulista de Ciclismo (FPC), que fica localizada na Avenida Senador Vergueiro, 4.771, em São Bernardo do Campo, via depósito bancário e no dia do evento no local da prova – até uma hora antes do início da respectiva categoria.
Maiores informações no site da entidade (www.fpciclismo.org.br) ou pelo telefone (11) 4367-3777.
As inscrições para a competição custam R$ 15 + 1 kg de alimento não-perecível ou R$ 20 sem 1 kg de alimento não-perecível. As categorias Mirim (Masculino e Feminino), Infantil (Masculino e Feminino), Infanto-Juvenil (Masculino e Feminino) e Juvenil (Masculino e Feminino), estão isentas da taxa de inscrição, mas terão que doar 1 kg de alimento não perecível.Além das categorias Mirim, Infantil, Infanto-Juvenil e Juvenil, a Copa de Ciclismo Amador, que terá quatro etapas durante o ano, será disputada ainda nas categorias APAE, Paraolímpicos, Máster MTB (Masculino), Speed (Masculino e Feminino), Open Máster (Masculino), Sub-40 MTB (Masculino), Máster Speed (Masculino), Sênior Speed (Masculino), Júnior Speed (Masculino), MTB (Feminina) e Open Elite (Masculino e Feminino).

Reginaldo Soares
Fonte: bikemagazine

Ciclistas ajudam vitímas de terremoto

Petacchi e Di Luca ajudam vítimas do terremoto
Alessando Petacchi (LPR), que venceu ontem o Gran Premio L’Escaut, na Bélgica, juntou-se ao seu companheiro de equipe Danilo Di Luca para ajudar na arrecadação de dinheiro para as vítimas do terremoto de magnitude 6.3 que assolou a região italiana de Abruzzo, no dia 6.“Ciclistas geralmente estão afastados, mas esta é uma ocasião para demonstrar nossa união e solidariedade”, contou o ciclista ao jornal italiano “La Gazzetta dello Sport”.
Di Luca, que é de Abruzzo, está coletando diversos itens de ciclismo para leiloar no site e Bay.
Os lucros das vendas serão destinados às vítimas do terremoto.“Você pode ver o que aconteceu pela televisão, mas ela não conta a verdadeira história pela qual essas pessoas estão passando”, disse Petacchi.Até agora, estima-se que houve 293 vítimas fatais do terremoto.

Reginaldo Soares
Fonte: prologo uol

Tyler Hamilton admite doping e se aposenta

O norte-americano Tyler Hamilton reconheceu hoje, dia 17, seu resultado positivo em um exame antidoping e, em consequência disso, anunciou que deixará o ciclismo.
Hamilton, que foi diagnosticado com depressão em 2003, usou um esteróide anabolizante chamado dehidroepiandrosterona (DHEA) e foi pego em um teste realizado em fevereiro deste ano.“Tomei uma substância proibida, então aceitarei qualquer pena que me imponham para seguir adiante com minha vida. É momento de falar da minha despedida do esporte e de minha depressão, não de meu passado, disse Hamilton, que foi campeão olímpico de contrarrelógio nos Jogos de Atenas de 2004.
Segundo sua declaração, a substância estava presente no medicamento antidepressivo Celexa, ingerido no dobro da dosagem prescrita durante duas semanas em janeiro, quando o a notícia de que sua mãe estava com câncer fez a saúde emocional de Tyler declinar.
Hamilton, de 38 anos, já havia sido afastado por dois anos das competições após um resultado positivo em um teste de transfusão de sangue em 2004, quando foram achadas em seu sangue células de um doador não especificado.
De acordo com o código da Agência Mundial Antidoping, a reincidência poderia custar-lhe uma suspensão de oito anos a uma vida toda.“Todas as carreiras chegam a um fim. Eu não queria terminar dessa forma, mas a vida é assim e eu estou tentando entender o motivo disso tudo estar acontecendo. Muitas pessoas têm depressão e elas precisam ser tratadas”, declarou.

Reginaldo Soares

Fonte: Prologo uol

Presença de lance na Itália

O heptacampeão do Tour de France confirmou ontem sua largada no Gran Tour Italiano, que começa dia 9 de maio, em Veneza
Os organizadores do Giro d’Italia confirmaram a presença de Lance Armstrong na largada do Giro d’Italia, que começa no dia 9 de maio, em Veneza.
Segundo o jornal italiano “Gazzetta dello Sport”, o heptacampeão do Tour de France afirmou ontem, dia 16, que fará parte, pela primeira vez, do Gran Tour Italiano.
Depois do acidente que sofreu na primeira etapa da Volta a Castilla e León, quando quebrou sua clavícula direita, a presença de Lance na edição do centenário do Giro era incerta.
Recentemente, Armstrong esteve treinando em Aspen, Colorado

Por e-mail: Reginaldo Soares
Fonte: Prologo uol

Volta da Turquia Útimos 8Km (Video)

http://www.youtube.com/watch?v=aoEd0w-BmfI

Por e-mail: Júlio César

Ciclista faz teste com drogas para melhorar desempenho!


Por e-mail Paulo Aquino

"O cara (maluco) fez um teste até com uma TANDEM"
Esta foto é o auge forma fisica falsa do camarada.

Ciclista faz teste com drogas para melhorar desempenho!


Todo mundo sabe que muitos atletas trapaceiam AO USAR DROGAS QUE AUMENTAM A PERFORMANCE, como esteróides, testosterona e EPO. Mas como é tomar essas substâncias proibidas? SERÁ QUE ELAS REALMENTE AJUDAM A VENCER? Para descobrir a resposta, enviamos um ciclista amador até os bastidores da medicina esportiva, onde ele DISSE SIM à maioria das substâncias químicas controversas dos esportes

POR STUART STEVENS FOTOS: GREGG SEGAL

“COMO VOCÊ QUER FICAR?”, disse o médico ao entrarmos no consultório. Mostrei-me confuso e ele se explicou: “Maior? Mais magro? Mais rápido em distâncias longas ou curtas? Quer mais resistência? Quer enxergar melhor?”. “Enxergar melhor?”, perguntei, incrédulo. “O hormônio do crescimento humano melhora os músculos dos olhos. Afinal, o que você deseja?” Freud escreveu que anatomia é destino, e aqui estava um médico me dando a chance, nos meus quarenta e tantos anos, de mudar meu corpo. Era estranho, mas tentador.


Demorou um tempo até eu chegar ao consultório do “dr. Jones” - vamos chamá-lo assim, pois concordei em não divulgar sua identidade. Meu objetivo era experimentar, sob supervisão médica, algumas drogas que aumentam a performance e são freqüentemente utilizadas em alguns dos esportes que pratico, como o ciclismo e o esqui cross country. Apesar de saber que arriscaria minha saúde, decidi que só havia um jeito de descobrir se essas drogas fazem você ficar 1% ou 10% mais rápido e forte: experimentar e ver no que dava. O cardápio que eu tinha em mente incluía hormônio do crescimento humano (human growth hormone ou HGH), testosterona, alguns esteróides anabolizantes e a poderosa eritropoietina, mais conhecida como EPO, um hormônio que estimula a medula óssea a produzir mais glóbulos vermelhos, aumentando os níveis de oxigênio no sangue.
Vendidas com receita médica e usadas em casos legítimos (o HGH, por exemplo, é usado no tratamento da síndrome Prader- Willi, uma doença rara que retarda o crescimento de crianças), essas substâncias são proibidas em competições profissionais e levam à desclassificação e à suspensão, apesar de as penalidades e os testes variarem muito. Esse é um dos principais problemas que a Agência Mundial Antidoping (World Anti-Doping Agency, WADA) - um grupo independente de controle de doping sediado em Montreal, no Canadá - vem enfrentando. A WADA tenta padronizar as substâncias banidas, os testes e os posteriores apelos, na esperança de que essas regras e procedimentos sejam adotados pelas federações esportivas de todo o mundo.

Turbinado
Dr. Jones é um especialista no novíssimo campo da medicina antienvelhecimento, que usa uma combinação de nutrição e drogas para ajudar pessoas (muito ricas, já que acabei gastando US$ 7.500 em drogas durante meu programa de oito meses) a adiar os efeitos do tempo. Um médico que conheço me contou que ele também usa esse tipo de droga para “trabalhar com atletas”. Dr. Jones concordou em me ajudar a adquirir as drogas de maneira segura - suprir drogas com o propósito de melhorar a performance não é ilegal nos Estados Unidos, mas certamente seria visto com maus olhos por seus colegas. Isso não o incomoda. Ele toma drogas antienvelhecimento e diz não estar no ramo das “doenças”, como descreve o trabalho dos médicos convencionais, mas no da “melhora”. Foi assim que ele me perguntou como eu queria ficar. “Mais magro, mais forte, mais resistente. Não quero mais massa muscular”, respondi. E, depois de pensar um momento, “enxergar melhor também não é uma má idéia”. Ele levantou os olhos das suas anotações e assentiu com a cabeça: “Posso te ajudar”.
Eu treinaria como sempre (entre 15 e 20 horas por semana) e tomaria vários suplementos sob a supervisão do dr. Jones. Em oito meses, eu pretendia participar dos 1.225 quilômetros da prova de ciclismo Paris-Brest-Pari (P-B-P), um festival de sofrimento que acontece a cada quatro anos e é popular entre os ultraciclistas amadores. Antes, teria que me classificar competindo em provas de 200, 300, 400 e 600 quilômetros dentro de certos limites de tempo. A P-B-P é um evento doido, mais um passeio que uma corrida, sem prêmios, sem ranking, sem controle de doping. Se as drogas me ajudassem, eu não estaria roubando a classificação de ninguém. E, já que eu teria que completar esse “passeio” em menos de 84 horas, seria um teste de verdade para meu novo e turbinado ser.

Quero mais
“Iniciaremos com o HGH, o hormônio do crescimento humano”, anunciou dr. Jones naquele primeiro dia no consultório. O HGH é produzido naturalmente pela glândula pituitária e está relacionado a força, crescimento, funções sexuais, resistência dos ossos, níveis de energia, formação de proteínas e recuperação dos tecidos. “Dos 20 aos 30 anos, nosso hormônio do crescimento está em seu pico de produção e, de repente, cai”, explicou dr. Jones, advertindo sobre os efeitos negativos dos baixos níveis de HGH no corpo. “O colesterol bom cai e o mau aumenta, o tônus e a força muscular diminuem, a gordura corporal cresce, a performance no exercício e as funções mentais declinam. ” Existem vários testes para detectar o doping por esteróides, mas nenhum para o HGH.
Dr. Jones pegou leve comigo, começando com apenas 0,1 unidade internacional por dia, cinco dias por semana (a unidade internacional ou UI é um padrão mundial que calibra as doses para hormônios e vitaminas). Eu disse que queria mais do que apenas HGH. “Uma de cada vez”, disse ele com firmeza. “É a única forma de monitorar qual é o efeito de cada uma delas. ” Perguntei o que deveria esperar. “Não posso dizer nada a respeito do hormônio do crescimento, além de que custa um monte de dinheiro. ” Meu HGH custou mais ou menos US$ 750 por mês.
Após algumas semanas comecei a notar mudanças sutis. Umas manchas de sol que eu tinha nos braços começaram a desaparecer e, certa manhã, acordei e vi que uma cicatriz que tinha na testa - fruto de um tombo de mountain bike dois anos antes - tinha meio que sumido. Mesmo treinando como um louco, eu me sentia mais descansado, mais jovem e bem disposto. Comecei a notar que minha visão estava mesmo melhorando. Abandonei os óculos que usava para dirigir à noite.


Pilhado
Depois do HGH, dr. Jones receitou testosterona em injeções de 200 miligramas e um frasco de Testocream, uma pomada que eu espalhava nas laterais da barriga. Para a maioria dos homens (e mulheres) a produção de testosterona tem seu pico por volta dos 20 anos de idade e vai decrescendo. A testosterona estimula as células musculares a criarem mais proteínas e, conseqüentemente, mais músculos.
Mas o hormônio causa efeitos colaterais que vão da acne até o aumento da pressão sanguínea. Mas só duas semanas depois, quando adicionei EPO à minha dieta, comecei a notar diferenças sérias. Em três semanas, meu nível de hematócritos (células vermelhas responsáveis pelo transporte de oxigênio no sangue) tinha subido de 43% para 48% - um pouco abaixo do nível da desqualificação, que é de 50%. Ao mesmo tempo, meus níveis de testosterona tinham disparado de 280 para 900 nanogramas por decalitro. Apesar desses números, permaneci cético em relação às drogas até o dia em que competi num evento de 600 quilômetros na Califórnia, o Solvang Double Century, num ritmo rápido e duro, terminando em onze horas e meia. Por volta da décima hora, me dei conta de que alguma coisa estava realmente acontecendo. Os ciclistas ao meu redor pareciam tão desgastados quanto era de se esperar após dez horas sobre o selim. Eu estava cansado, mas me sentia curiosamente forte, irritantemente falante, louco para engolir os últimos 60 quilômetros.
Na última vez que pedalei 300 quilômetros, no dia seguinte me senti como se tivesse sido atropelado por um caminhão. Depois de Solvang, mal senti dores musculares. Eu havia adentrado uma nova realidade: o reino da recuperação instantânea, um mundinho tranqüilizador que me fez entender o porquê de algumas pessoas quererem permanecer nele. Quando entrei no consultório com as novidades, dr. Jones não ficou surpreso. “Com níveis de hematócrito tão altos, você não produz tanto ácido lático, por isso consegue pedalar mais forte e por mais tempo. O hormônio do crescimento e a testosterona ajudam seu corpo a se recuperar mais rápido”, comentou ele. Tudo começou a fazer sentido.


QUE DOPING E ESSE? O uso de bebidas alcoólicas, plantas, ervas e macerações à base de cogumelos tóxicos para potencializar o desempenho dos atletas era permitido na Grécia Antiga, berço da Olimpíada. Desde aquela época, atletas já apelavam para os mais estranhos métodos em busca da tão sonhada vitória. No fim do século 19, era comum entre os ciclistas europeus o uso de uma espécie de coquetel vasodilatador formado por açúcar, éter e nitroglicerina, que aumentava o fl uxo de sangue e dava mais fôlego.Mais tarde, atletas inseriam eletrodos em tendões e davam descargas elétricas de mais de 50 volts para que a musculatura se contraísse, permitindo reações mais rápidas em esportes de explosão. Outra técnica que beirava o absurdo era a inserção de ar, com ou sem bexigas, pelo ânus dos nadadores para que o corpo fl utuasse com mais facilidade. Trocar a urina do dopado pela de outro atleta, misturar saliva para diluir a amostra e alterar o pH e até introduzir um cateter pela uretra para colocar um xixi novinho (de outra pessoa) na bexiga foram técnicas usadas para alterar o resultado do exame. Vixe!

Como o Viagra
Um mês depois, quando acrescentei um esteróide anabolizante ao coquetel, me senti como se tivesse agarrado um carro a 100 km/h. O efeito era poderoso, rápido e difícil de regular. “Esteróide” é um termo amplo para várias substâncias sintéticas relacionadas aos hormônios do sexo masculino. Apesar de cada um ter um efeito distinto, normalmente os esteróides ajudam o corpo a produzir músculos. Eles são usados na medicina para tratar de tudo, desde anemia e leucemia até Aids, ajudando os pacientes a se fortalecer.
Perguntei sobre os efeitos colaterais. Dr. Jones suspirou. “Se você passar muito tempo consumindo, seu cabelo pode começar a cair e seus testículos a encolher. A maioria dos esteróides pode destruir seu fígado, mudar seu humor e te tirar a vontade de fazer sexo. Daí, quando você pára de usar, seu corpo começa a voltar a ser o que era antes. A depressão pode chegar. A maioria das pessoas se esquece que tudo aquilo são as drogas e não elas mesmas. É como tomar Viagra e achar que vai ter sempre aquele desempenho. Não, não e não. “

Ainda assim eu quis experimentar. “Posso receitar 200 miligramas de Deca por um tempo, mas você terá que fazer visitas semanais ao meu consultório. ” O Deca tem a vantagem adicional de diminuir a dor nas articulações, pois retém água. Em duas semanas, uma dor que eu sentia no joelho esquerdo depois de pedalar 150 quilômetros - distância que agora era apenas um treininho leve - sumiu, voltando apenas nas ladeiras mais violentas. Mas, uma manhã, ao subir na balança, fiquei chocado: 94 quilos! Nunca havia pesado tanto. Na minha primeira consulta, eu pesava 88, o que já era muito para mim.
HOMEM BOMBA: Stuart no auge da sua falsa forma física
“Qual é o problema?”, perguntou dr. Jones quando tive um chilique por causa do peso. Ele mediu minha massa corporal e gordura e meu peso tinha aumentado, mas minha porcentagem de gordura havia caído de 10% para 6, 5%. “Você perdeu três quilos de gordura e ganhou seis de músculos. E, como eu já disse, o Deca supersatura as células musculares com fluido. Esse é um dos motivos pelos quais suas articulações estão melhores. ” Nesse ponto, minha pequena aventura começou a ficar assustadora, como se algo dentro do meu corpo estivesse tomando o controle. O que, de certo modo, era verdade. Tinha milhares de dólares em drogas correndo nas veias. O que eu tinha feito? Comecei a ansiar pela hora em que tudo aquilo acabasse.
Freak show
A P-B-P começou às 5 horas de uma manhã fresca, perfeita para pedalar. Eu estava numa bicicleta Tandem - aquela para duas pessoas - com meu amigo Bob Breedlove, uma lenda do ultraciclismo. Ao longo da prova, me sentia absurdamente forte. Cinco meses antes eu nunca imaginaria pedalar tanto e sentir-me tão bem. Terminamos o percurso de 1.225 quilômetros em pouco menos de 76 horas, parando para dormir apenas duas vezes por umas poucas horas. Na manhã seguinte, se não fosse pelos machucados causados pelo selim - uma desgraça típica do ciclismo -, teria feito tudo de novo. Sem dúvida, o programa do dr. Jones tinha funcionado.


Quando voltei da França, parei com tudo. Era fantástico estar livre de uma rotina que começara com uma sensação proibida e interessante, mas se tornara apenas uma tarefa diária irritante, como tomar vitaminas. Não verifiquei mais meus níveis de hematócrito, gordura corporal, HGH ou testosterona, mas minha vista já está voltando a falhar. Tenho certeza de que meu tempo de recuperação aumentou. Fico imaginando se continuaria a tomar essas drogas se tivesse dinheiro para bancá-las.
Para mim, teria que ser uma questão de qualidade de vida, não de performance. Se o HGH não fosse tão caro, provavelmente eu continuaria a tomar, pelo menos até ter uma boa razão para parar. No mínimo ele melhorava minha vista e me dava mais energia. Quanto à testosterona, tenho lido alguns estudos relacionando a queda dos níveis desse hormônio com sinais precoces de osteoporose. Vou continuar monitorando meus níveis e, se baixarem muito, vou pensar em estimular a produção com o creme.
O EPO, mesmo se alguém me desse de presente, eu não arriscaria. Seu uso é uma dor de cabeça e há sempre o risco de resultados desagradáveis. E jamais tocaria em esteróides novamente, a não ser que tivesse necessidade médica específica. São muito fortes e é difícil ler a lista de efeitos colaterais sem ter a sensação de que se está jogando roleta russa.
Depois de oito meses vivendo no mundo dos melhorados artificialmente, me convenci de que é muito difícil para uma organização como a WADA ter sucesso. Esse grupo representa a tentativa internacional mais séria de se travar uma batalha contra o doping e é uma resposta ao argumento doido de que é impossível eliminar a trapaça, então o único remédio é legalizar tudo - assim, nenhum atleta teria vantagens sobre outro, já que todos seriam livres para usar qualquer coisa.
Isso transformaria o esporte em um teste de quanto cada atleta está disposto a arriscar-se para melhorar seu desempenho. Os campeonatos esportivos teriam um estranho caráter de vida ou morte. Se não mantivermos as drogas fora desses eventos, eles vão se tornar shows de horror, com atletas fazendo papel de gladiadores e nós, os romanos decadentes, estimulando- os. Com as drogas, o esporte deixa de ser uma disputa entre atletas para ser uma briga entre químicos.

PAÍS ANABOLIZADO
O Brasil é o campeão de consumo e tráfico de esteróides anabolizantes da América Latina. Em 2004 foram apreendidas 30 mil ampolas no país e, só até abril deste ano, foram confiscados 70 mil frascos no valor de R$ 1 milhão. Segundo a Comissão Nacional de Combate ao Doping (CCD), as drogas vêm da Europa, entram por portos e aeroportos brasileiros via Argentina, Paraguai e Uruguai e são vendidas aqui por médicos, policiais civis e militares, atletas e dirigentes. “A lei do doping no Brasil ainda é branda”, afirma Alexandre Pagnani, presidente da CCD. De acordo com a Lei 9. 615, qualquer profissional envolvido em algum caso pega, no máximo, 360 dias de punição.

*STUART STEVENS É AUTOR DE CINCO LIVROS E CO-PRODUTOR DANOVA SÉRIE ESPORTIVA DA HBO, K STREET.