sexta-feira, 31 de outubro de 2008

Materia falando de Isadora

Equipe A Tribuna busca o título do Metropolitano de CiclismoTexto de: 31/10/2008

Bike - Neste domingo, 2 de novembro, a cidade de Praia Grande, no litoral paulista, recebe a 7ª e última etapa do Campeonato Metropolitano de Ciclismo.
Um dos destaques é a equipe A Tribuna Unilus Specialized, que compete com todas as integrantes na briga pelo titulo da Elite Feminina, no circuito montado na Via Expressa Sul, a principal da cidade.
O objetivo do time é trabalhar em grupo, para levar Ana Paula Elias ao título geral do campeonato.
A ciclista ocupa o 4º lugar no ranking, com 21 pontos e está a apenas sete pontos da líder, Sumaia Ribeiro, da equipe de Pindamonhangaba.
O 2º lugar é de Camila Coelho, de São Caetano do Sul, e o 3º está com Luzia Bello, de São José dos Campos. Ana Paula será escoltada pelas companheiras Valquíria Pardial, Roberta Stoppa, Fernanda Souza, Isadora Figueiredo e Elizabete Morais. "Vamos batalhar por esta vitória para fechar bem o ano e claro que a meta é ajudar a Ana", avisou Valquíria, atual líder do ranking nacional individual de estrada, com 100 pontos de vantagem.
Outra aposta da equipe é Isadora, que aos 15 anos conquistou o título brasileiro de estrada juvenil na categoria feminina. "A Isa tem tudo para evoluir muito e ser uma ciclista completa. A equipe A Tribuna Unilus está dando exemplo de um trabalho sério e fortalecendo muito a categoria feminina.
É um exemplo com esse apoio dos nossos patrocinadores", comentou Roberta, a capitã da equipe. Após a final do Metropolitano, a equipe talvez dispute os 100 km de Brasília. "Ainda estamos avaliando, porque já temos garantido os títulos por equipe e individual e a idéia é parar mais cedo e nos preparar bem para a Copa América, em janeiro", adiantou o diretor-técnico, Cláudio Clarindo, que compete no próximo dia 15 no Desafio 24 Horas de Ciclismo em Porto das Dunas, no Ceará. "Estou treinando muito bem e até o dia da prova quero estar 100%", comentou Clarindo.
Por e-mail

Parabéns prá voce.................

Parabéns e que Deus abençõe sempre voce amigo Geovani
Frango

Parabéns e que DEUS te ilumine sempre.
Frango

Fotos: 10° Etapa Meta e Chegada da Lagoa 31/10 Final

Equipe CDC/RED HOT/CICLE VIANA e Paulo Aquino da EMDESA
patrocinador do evento.


Imbativéis em 2008


Campeões da Master


Campeão de Chegadas 2008 Master.
Adalto ( Oficina da Bike)



Campeão de Metas 2008
Luis Cicle Viana / Elétrica Gutierrez















Acabou agora é nas estrada de Confins aos domingos. Vamos torcer o cabo. Valeu amigos.
Abr. Frango







Fotos: 10° Etapa Meta e Chegada da Lagoa 31/10 Final

Comendo o Frango . Literalmente.
Campeão de Chegada Grupo C
Douglaos de Oliveira

Campeão de metas Grupo C
Campeão de metas Grupo C Iran ( Padeiro)


Campeão de Chegadas 2008 grupo B
Vinícius XPRO



Campeão de Metas 2008 Grupo B
Marcelino ( o lindo)




Fotos: 10° Etapa Meta e Chegada da Lagoa 31/10 Final

Este troféu é de Campeão de Chegada Ano 2008
Gilberto Martins CDC/RED HOT/ CICLE VIANA.

Campeão de Metas 2008
Ivancler (baiano) CDC/RD HOT/CICLE VIANA














Fotos: 10° Etapa Meta e Chegada da Lagoa 31/10 Final
















quarta-feira, 29 de outubro de 2008

Ressonância Magnética da galera da lagoa

Este exame foi feito em toda a galera que gira à noite na lagoa e aí esta o resultado. Por isso somos os melhores em todos os grupos e treinos. rssssssssss.......................

terça-feira, 28 de outubro de 2008

Nesta quinta tem meta


Não esqueçam do macarrão!

Quinta tem Meta


Levem a família!

Semana do melhor amigo


Você conhece o relacionamento entre seus dois olhos?
Eles piscam juntos, eles se movem juntos, eles choram juntos, eles vêem coisas juntos e eles dormem juntos, embora eles nunca vejam um ao outro...
A amizade deveria ser exatamente assim!
Estamos na SEMANA MUNDIAL DO MELHOR AMIGO.
Quem é seu melhor amigo?
De-lhe um abraço hoje se possível.
Abr. Frango

segunda-feira, 27 de outubro de 2008

Novo ponto de apoio na lagoa


MACARRÃO APÓS O TREINO


O José Ribeiro, proprietário de um novo restaurante na avenida Otacílio Negrão de lima, 6840 - Pampulha, convida os atletas do ciclismo, bem como
familiares após os treinos, a experimentarem um delicioso macarrão na chapa.
O local tem área de estacionamento para as bikes.

Valores:
Espaquete GR R$ 4.50
Yaksoba R$ 5.50
Açai 300 ml R$ 4.00 *
500 ml R$ 6.00 *

Av. Otacílio Negrão de Lima, 6840 - Bandeirantes (ao lado do portão da toca da raposa I )
(31) 3492-4921

* Diferencial no açai é que o xarope é servido à vontade.

Nesta quinta tem Meta e Chegada 30/10

Data: 30/10 quinta-feira
Aguardo todos vocês e convido quem não quiser participar que venha assistir os sprintes dando um show. Para quem for participar trazer 1 pacote de macarrão e 5 reais.

Abr. Frango

Passeio até a cidade de Oliveira

OBS: Este passeio está sendo organizado pelo Rubão
Caros Amigos (a)

Como vocês já estão a par, houve uma votação apertada.
Ficou da seguinte forma:
Dia 15/11( sábado) às 8hs no posto policial da BR 381, indo até a cidade de Oliveira.
Regressando no dia 16/11 às 8hs.
Houve um contato com Autopistas Fernão Dias onde teremos todo o apoio a nível de ambulância e outros pequenos incidentes que possam ocorrer.
Opções de Hotel (sem estrela – tipo pousada)
- Hotel Bandeirantes :diária R$42,00 (caso o pessoal fique lá, terá um desconto( R$35,00 com café da manhã (fone: 37 3331-4347 – Mônica)
- Novo Hotel , diária R$28,00 com café da manha (fone: 37 3331-4903/7100)
Custo da Gasolina do carro de apoio e motorista:
40ltsx2,50 R$100,00
Diária Motorista R$100,00
Outros Hotel+Ref.+Div. R$ 82,00
Total...................................R$282,00

Este valor deverá ser rateado com todos os participantes.


Meu e-mail (rubens.matos@yahoo.com.br), deverão enviar sua resposta para o endereço acima.

Não esquecendo que o referido pedal é um passeio

Rubão

Novo uniforme da Green Max




Afrânio, Rogerio e Chicão.

Parabens prá você..........................

Querido Roberto Leal, que DEUS te ilumine nesta data e para sempre. É o que nós do Pedal te desejamos.
Abr. Frango

Ciclista no campo de Futebol (Inacreditável)

Acho que tem alguém querendo trocar de esporte. Teremos que fazer uma reunião urgente para saber se expulsamos ou não do pelote. rssssssssssssssss....................


sábado, 25 de outubro de 2008

Resultado Parcial das Metas e Chegadas da Lagoa até a 8° Etapa


Resultado parcial das Metas e Chegadas da Lagoa (9° etapa)O nosso ranca-rabo esta aberto e aí a cobra vai fumar. Façam suas contas e tracem suas estratégias. Resultado por números de vitórias até a 9° etapa. O critério de desempate será declarado campeão aquele que na última meta ou Chegada vencer. Pois a última vale dobrado. Ou terminar numa colocação melhor que a do seu adversário. Lembrando que nosso útima etapa será no dia 30/10 c/ largada as 20 horas.


Metas: Grupo A

Gilberto Martins CDC 2 vitórias

Edgard IB 2

Ivancler CDC 4

Ivan Rezende CDC 1


Grupo B

Márcio Boca Pam. T 1

Marcelo C.V. 3

Daniel Diniz C.V. 2

Vinícius Pam. T 2


Grupo C

Iran 4

Vinícius Diniz C. V. 2
Douglas 1

Master

Luis C. V. 3

Kleber 2

Tal 1

Klever 1


Fem

Isadora 4


Chegadas: Grupo A

Giberto Martins CDC 4

Nilton Sales 1

Ivan Rezende CDC 2

Luis Fernando CDC 1


Grupo B

Gabiroba 2

Nedson 1

Daniel Diniz C.V. 2

Vinícius Pam T 2

Marcelinho C.V. 1

Daniel 1


Grupo C

Iran 1

Vinícius Diniz C.V. 2

Maquilei 1

Douglas 1

Daniel 1


Master

Tal O. Bike 1

Juraci CDC 1

Adalto O. Bike 3

Luis C.V. 1

Klever 1


Abr. Frango

sexta-feira, 24 de outubro de 2008

Doação de sangue





Encontra-se hospitalizada no Hospital da Santa Casa a Sra. Maria Natalícia Vieira,(sogra do nosso querido Adauto),para fazer uma cirurgia.
Será necessário doadores de qualquer tipo de sangue.
Contamos com os amigos que tiverem disponibilidade para doar.
Abr. Frango

Bicicletas curiosas (vídeo)




terça-feira, 21 de outubro de 2008

Que loucura.(video)

Amigos do pedal curtam esse video e analisem se voces realmente andam bem. Rssssssssssssssssssss

Parabéns prá você..........................


Dia 26 será aniversário da Tia Dileuza. Ela está convidando todos os amigos do Pedal para comer um bolo no dia 25/10 (sábado), após o treino da União Ciclística.
Tirem o escorpião do bolso e levem uma lembrancinha.
Abr. Frango
Tradução: Venham comemorar comigo. Conto com vocês!

sábado, 18 de outubro de 2008

Parabéns prá voce..........................


Nós do pedal desejamos a voce Gilberto Martins muitas felicidades e que Deus continue te iluminando na sua Jornada.
Abr. Frango
Gilberto,Gomes,Luis,Ivancler. Foto de campeão 2007 de Chegada da Lagoa. Tirada em Fevereiro de 2008.

sexta-feira, 17 de outubro de 2008

Andar e Pedalar - Exercícios benéficos para a Saúde

Para quem pensa em manter a forma não são necessários grandes esforços sobre-humanos para tanto. Basta um pouco de boa vontade e perseverança para obter a forma ideal. Atualmente duas práticas desportivas têm se destacado para os que buscam a boa forma. É a caminhada e a antiga e eterna bicicleta.A falta de atividade física mais conhecida como sedentarismo, que se tem verificado com intensidade nos dias atuais, constitui-se um fator de risco para o aumento da incidência de doenças cardiovasculares, em especial a arteriosclerose e a hipertensão arterial. O ato de caminhar funciona como efeito preventivo para vários problemas cardiovasculares.Caminhar constitui uma das mais naturais atividades físicas por ser um método simples, facilmente controlável, sem a necessidade de equipamentos especiais e pode ser praticado por qualquer pessoa.A caminhada está incluída no grupo de exercícios denominados de aeróbicos ou de resistência, que segundo os cardiologistas, significam exercícios rítmicos de grandes músculos, da mesma intensidade, até um nível em que o organismo utiliza o oxigênio como fonte de energia. Neste grupo de exercícios, além da caminhada estão incluídos ainda a corrida, a natação, andar de bicicleta e a própria dança aeróbica. Estes exercícios são os que proporcionam maiores benefícios ao sistema cardiovascular.BenefíciosOutros efeitos benéficos da caminhada para o organismo, além da melhora e prevenção dos problemas cardíacos podem ser ressaltados, como a redução da gordura corporal, contribuindo para a manutenção do peso ideal, a melhoria da função respiratória, redução dos níveis sangüíneos de colesterol e triglicérides, a redução da ansiedade e depressão, regularização do sono e conseqüentemente, um melhor desempenho intelectual e maior equilíbrio emocional. É considerada, ainda, como forma de lazer.É preciso considerar alguns aspectos fundamentais para que a caminhada e demais exercícios aeróbicos tragam alguns benefícios à saúde. O principal deles é a intensidade do exercício a ser realizado, procurando-se obter de 51 a 85% da sua capacidade máxima. Isto pode ser medido através de testes, como por exemplo o ergométrico.Outros aspectos a serem analisados são a duração e a freqüência do exercício para que se obtenham resultados satisfatórios. Além disso, a prática deve ser de acordo com a idade, o sexo, o peso, o treinamento prévio, a situação cardiovascular e o uso de medicamentos.Os fatores como a condição de vida e ambiente, a alimentação adequada, o trabalho diário, o hábito de bebidas alcoólicas, o fumo e as condições da temperatura devem ser consideradas. O ideal é que as pessoas que desejam iniciar qualquer atividade física contassem com uma avaliação prévia e controle regular através de exames solicitados por um cardiologista.CuidadosAlém dos exames que garantem uma avaliação mais segura, as pessoas devem observar alguns princípios considerados fundamentais na prática da caminhada, como a escolha de um tênis confortável, flexível e macio, a escolha de local adequado e de preferência sem ladeiras.Outro aspecto destacado é com relação ao uso adequado de roupas, que devem ser leves e confortáveis, evitando o suor excessivo, que deve surgir espontaneamente. E, com o término do exercício, as pessoas devem fazer o relaxamento, sob a forma de ginástica de alongamento e respiração leve para permitir a adaptação novamente ao estado de repouso.PercursosAs pessoas, antes de iniciar qualquer atividade física, como por exemplo caminhar, devem ter o cuidado de se orientar com especialista sobre a necessidade ou não de alguns exames médicos. As pessoas que iniciam a caminhada com grandes percursos, ou que desejam entrar em forma de uma hora para a outra, devem lembrar que isto pode ser prejudicial à saúde com conseqüências imprevisíveis. O aumento de exercício deve ser gradual e qualquer alteração nas condições físicas deve ser comunicada a um especialista. Por exemplo, ao caminhar até 5 Km/h se consome 3,5 de energia; 7 Km já consome 4,5; e assim por diante.Como exercício aeróbico perfeito, que não exige pique ou coordenação como nas aulas de academia, o caminhar em uma velocidade maior que a do andar normal tornou-se um grande esporte. Para tanto são necessárias algumas precauções como, uso de calçados adequados, postura, freqüência, tempo, roupas e outros.A vestimenta de quem se dispõe a caminhar deve ser leve. Os tecidos sintéticos ou emborrachados são desaconselháveis porque impedem a transpiração natural. Tênis acolchoados, com palmilhas que amortecem o impacto do pé contra o solo são os melhores. Mas se o único horário possível para a caminhada for a hora do almoço, procure usar pelo menos calçados que não estejam apertando os pés.A postura de quem caminha deve ser ereta. O tempo de duração de uma caminhada não deve ser nunca menos de 20 minutos. É só, após este prazo que começa a queima de calorias. A hidratação deve ser feita com um copo de água antes, um durante e um depois da atividade.Pedalar - um exercício lúdico Já esta atividade física evita seu contato de impacto com o solo, eliminando os riscos de uma ruptura de ligamentos. Em termos aeróbicos os benefícios são os mesmos, além disso, pedalar fortalece os músculos da perna e do coração, combate à flacidez das pernas, melhora a circulação sangüínea e ajuda na queima de calorias. Pedalar ainda é um exercício lúdico, estimula a convivência social e em família. Os melhores lugares são parques e ciclovias, pedalar ainda é indicado para as pessoas gordinhas porque exige menor esforço para executar a tarefa, principalmente para as crianças.Algumas dicas para pedalar com segurança e prazerO ideal é começar pedalando de 15 a 20 minutos, três vezes por semana. Use tênis, qualquer modelo, desde que confortáveis. As bicicletas devem ter guidão alto, para evitar esforços na coluna. A postura deve prezar por manter o tronco na vertical, sem forçá-lo. O banco deve estar regulado na altura da extensão das pernas.O ciclismo não oferece risco algum, a não ser as quedas. Para usufruir do esporte como método de condicionamento físico, pedale mais de 20 minutos por dia, e para perder calorias o tempo deve ultrapassar os 40 minutos diários. Ainda é possível pedalar sem sair de casa, basta usar as bicicletas ergométricas. Os benefícios são os mesmos.Antes de iniciar qualquer tipo de exercícios, é recomendável procurar um médico para obter maiores informações.
Por e-mail
Abr. Frango

Pedalar modela o corpo


ANIMAL!!!






Matéria Estado de Minas (Rogério Pacheco)


Personagem da semana - Rogério Pacheco
Ciclismo pode ajudar a recuperar dependentes químicos
Esportista aposta na sensação de liberdade oferecida pelo ciclismo como instrumento de apoio na recuperação
Bianca Melo - Estado de Minas

Jair Amaral / EM / D.A Press
Os 18 quilômetros da orla da Lagoa da Pampulha são percorridos com entusiasmo e velocidade nas noites de segunda e quinta-feira e nas manhãs de sábadoUm dos meios de transporte mais simples, basicamente duas rodas, um cano de ferro e um guidom, pode ser usado no tratamento de dependentes de drogas. Quem garante é o ciclista Rogério Pacheco, de 36 anos, bicampeão brasileiro do Desafio 24 horas e um dos principais ciclistas do país. Todos as noites, depois das 19h, Pacheco está a postos em frente à igrejinha da Pampulha, em Belo Horizonte, esperando os companheiros que vão circular com ele pelos 18 quilômetros da Lagoa da Pampulha. Por lá, explica, aparecem obesos, moradores da região, adeptos de velocidade e jovens, geralmente mais calados, que tentam se livrar do vício. “Mantemos contato com uma instituição que trata dependentes e tem a história também de um ir falando para o outro.” A metodologia é pedalar com orientações e, de preferência, acompanhado por mais pessoas. “É porque a bicicleta dá aquela sensação de liberdade e leva a gente a ir se desafiando para chegar cada vez mais longe”, justifica. Seu próximo projeto é dar orientações e aulas sobre bicicletas para internos de casas onde ficam dependentes químicos. “Já tenho tudo na cabeça e estou correndo atrás de parcerias”, diz. Ele mesmo não foi dependente, mas se animou com histórias que acompanhou. “Incrível como algumas pessoas começam a levar a sério e passam a ter prazer em andar de bicicleta, mudando de hábitos.” A própria relação de Pacheco com a bicicleta se explica pelo prazer de pedalar. Diariamente, o ciclista sai de Justinópolis, em Ribeirão das Neves, por volta das 7h e pega mais de 25 quilômetros rumo a BH em seu meio de transporte preferido. Até 9h, o tempo é para treinamentos e, na seqüência, começa o expediente na loja de bicicletas que ele mantém com um irmão. De lá, ele só sai às 19h. As noites de segunda a quinta e as manhãs de sábado são para os passeios com as turmas ao redor da lagoa. Saem em grupos, chamados por eles de pelotões. O tamanho dos grupos varia de acordo com o clima e com o humor dos ciclistas. Segunda e quarta especialmente são os dias em que a velocidade é menor porque a maioria dos ciclistas é de amadores. “É necessária apenas uma bicicleta, pode ser simples, mas precisa ser adequada para o peso e a estatura da pessoa”, ensina. Não foi fácil se dedicar integralmente à bicicleta, como ele faz hoje. Na adolescência e juventude, aprendeu a fazer comida japonesa e trabalhou por muito tempo em Belo Horizonte em restaurantes e eventos. Não havia moleza na casa de sete irmãos em Justinópolis, a mesma em que ele vive hoje. “A gente tinha que trabalhar para ajudar em casa.” Mas foi a opção de ir de bicicleta da sua casa para a capital para economizar o troquinho da passagem que mais tarde lhe deu ânimo para participar de disputas. Rogério começou a competir há 11 anos e, conta, nunca teve patrocínio. Neste ano, foi um dos quatro brasileiros convidados a participar do Mundial de Ciclismo na Suíça, no mês que vem, mas não conseguiu dinheiro para financiar os gastos e desistiu. Seria a primeira competição fora do país. Sua esperança agora é a Race across american (Corrida pela América), prova de 5 mil quilômetros, que será disputada nos Estados Unidos, em junho de 2009, com atletas de todo o mundo. “Pelas contas que fiz, acho que não gasto menos de R$ 60 mil”, diz o ciclista, aproveitando para divulgar aos empresáriosa existência da lei de incentivo ao esporte. Segundo ele, será preciso contratar fisioterapeuta, nutricionista e suporte. Apesar de vencer disputas de nível internacional, ele não teve sucesso em seu pedido ao Ministério dos Esportes de receber a bolsa-atleta. OpçãoNa quinta-feira, quando conversou com o Estado de Minas, ele já tinha passagem comprada para Uberlândia, onde disputaria prova de três dias. Ele desmonta a bicicleta e a leva em uma caixa, maior do que a mala que costuma acompanhá-lo. Com exceção das viagens de longa distância, ele faz todos os deslocamentos de bicicleta. “É um carro a menos na rua”, diz. Ele garante que, se o ciclista respeitar as regras de trânsito e souber sinalizar, é possível circular sem problemas na capital. “Claro que é preciso muita atenção porque alguns motoristas ainda encaram o ciclista como um intruso na rua e têm mania de espremer a gente”, admite. Ele mesmo levou um ligeiro tombo ao frear assustado com o movimento de um carro que não deu a ele a preferência quando seguia para a igrejinha da Pampulha, local da entrevista. “Isto é raro porque eu conheço muito bem a lagoa, foi azar”, brinca o rapaz, que é recordista na área com 15 voltas na orla em 11 horas sem parar.
Abr. Frango

Cuidado com os Dentes

A Odontologia e os Esportes

Frente a um acidente esportivo envolvendo as estruturas bucais devemos buscar de imediato o aconselhamento e atendimento de um Cirurgião-Dentista que pratique Odontologia Desportiva
Por Drª Débora Corrêa

Frente a um acidente esportivo envolvendo as estruturas bucais devemos buscar de imediato o aconselhamento e atendimento de um Cirurgião-Dentista que pratique Odontologia Desportiva. Porém, freqüentemente a saúde bucal é negligenciada pelos atletas por não se darem conta da relação existente entre -boca saudável e corpo saudável-. Mas, afinal, o que é Odontologia Desportiva? É uma área da Odontologia ligada à Educação Física que atua junto a uma equipe multidisciplinar (médicos, fisioterapeutas, nutricionistas, psicólogos), visando uma saúde bucal equilibrada, de forma a trazer ao atleta, profissional ou não, melhor desempenho esportivo, proteção e conseqüentemente melhor saúde geral. O Cirurgião-Dentista que trabalha com Odontologia Desportiva está apto a prestar atendimento em casos de acidentes esportivos, oferecendo protocolo de atendimento e tratamento específico a cada tipo de trauma bucal. Entretanto, Odontologia Desportiva não se resume aos tratamentos emergenciais, visa também garantir saúde bucal ao desportista, detectando precocemente fatores prejudiciais à sua saúde e desempenho, como cáries, problemas gengivais, alterações mastigatórias e respiratórias, fraturas, entre tantos outros. Os traumatismos bucais e crises dolorosas afetam sensivelmente o desempenho do atleta (chegando até 30% de perda de rendimento), seja de forma psicológica ou mesmo física, ao passo que um ambiente bucal saudável permite o funcionamento do organismo de uma maneira mais eficiente, desde uma melhor mastigação e digestão dos alimentos até mesmo o suporte apropriado da musculatura do corpo. Estudos mostram que esportes como ciclismo estão entre os que mais expõem o atleta a traumas dentais, onde o impacto da região frontal da face quase sempre é inevitável. Para os praticantes de atletismo, incluindo corridas de rua, um acompanhamento odontológico também faz-se necessário, tendo em vista o trauma constante entre os dentes devido ao impacto da corrida, necessitando de materiais específicos para reconstrução ou mesmo restauração dos dentes. Segundo a National Youth Sports Foundation, estima-se perda de 5 milhões de dentes ao ano devido as práticas desportivas; este tipo de trauma corresponde ao terceiro atendimento relacionado à traumas na face, levando a perda dental imediata no momento do acidente ou tardia devido a complicações posteriores das estruturas bucais. Os traumas mais comuns que acometem atletas são lesões de tecidos moles (lábios, bochechas, gengivas), fraturas dentais, luxações, perda do dente por inteiro e em casos mais severos nos deparamos com fraturas maxilares e mandibulares. Então, como se proteger? Assim como para cada modalidade esportiva existe determinado equipamento de proteção, a Odontologia Desportiva preconiza a utilização do protetor bucal como equipamento de proteção para os dentes e estruturas orofaciais. Os protetores bucais agem distribuindo a força do impacto, prevenindo fraturas dentais e ósseas bem como tecidos moles, como lábios e bochechas. Segundo a American Dental Association (ADA), cerca de 200 mil traumas são evitados ao ano devido ao uso de protetores bucais não só nos momentos da competição, mas também nos períodos de treinamento. Dentre os protetores bucais existem os pré-fabricados encontrados no mercado, porém não garantem adaptação satisfatória, deixando a desejar no quesito fundamental a que se propõe: proteção. Os protetores bucais mais indicados são os confeccionados pelo Cirurgião-Dentista, pois serão personalizados e terão encaixe apropriado, proporcionando maior conforto sem alteração da fala ou respiração, ao contrário dos convencionais. Para concluir, a Odontologia Desportiva apesar de bastante reconhecida e aplicada em países como Estados Unidos, Canadá, Japão, Austrália, entre outros, cresce lentamente no Brasil. Contudo, acreditamos que a correlação existente entre a Odontologia e os esportes tem levado organizações esportivas e atletas a darem a devida importância à especialidade e investirem no profissional adequado, já que uma condição bucal saudável, sem dúvida, dá o suporte necessário para que o atleta busque o seu melhor. A Drª Débora Corrêa, que assina este artigo, é Cirurgiã-Dentista (CROSP 67.519) com aperfeiçoamento em Odontologia Desportiva pela Universidade de São Paulo.

Tecnicas de Mtb (Alisson Trindade)

Esse cara tem a manha, podem confiar. Abr. Frango

quarta-feira, 15 de outubro de 2008

Parabéns prá voce..........................

Amigos do pedal, quero hoje em nome de todos dar os parabéns ao nosso grande colaborador, Paulo Aquino, que esta comemorando mais uma velinha em sua vida. Paulo que DEUS lhe abençõe e te de muita saude para continuar sua tarefa aqui na terra.
Abr. Pedal do Frango
Contato: emdesa02@terra.com.br

terça-feira, 14 de outubro de 2008

Pedal solo de Warley Noronha





Devido a falta de tempo para treinar na lagoa, resolvi fazer um pedal solo na estrada real.
Abr.Warley