domingo, 28 de setembro de 2008

Telefone do tapa buraco


Amigos do Pedal, estamos com vários buracos em nossa pista de treino (Pampulha) principalmente na nossa meta. O número do disque buraco é
156 depois digite 2. tem que dar uma referencia do local, Bairro Nome da rua ou número de residencias próximas. Vamos todos ligar e pedir para fazerem uma varredura na orla toda. Se não conseguirmos convoco a todos para pintarmos de branco cada buraco a ser tapado como fazem em Portugual.
Abr. Frango

sábado, 27 de setembro de 2008

sexta-feira, 26 de setembro de 2008

2° Etapa da Copa de Ciclismo de Pista (Sábado)

Vamos ver se desta vez voces amigos compareçam para pelo menos torcer. Façam seu treino de Sábado para Betim, depois todos no velodromo. É uma intimação. Nesta quarta terá treino aberto com Alcici e Lúcio no Velodromo à partir de 7.30 da manha.
Abr. Frango

Solução em dias de chuva



Por e-mail

Estrelismo ou picuinha?


Espanhol ameaça sair
Ciclismo: Contador diz que Armstrong não será o líder da Astana
26.09.2008 - 13h17 Lusa
O ciclista espanhol Alberto Contador diz ter garantias de que será o líder da Astana, apesar do regresso ao ciclismo do norte-americano Lance Armstrong, grande aquisição da equipa do Cazaquistão."A equipa deu-me garantias de que serei eu o líder, mas, ainda assim, quero ter o máximo de garantias possíveis. Veremos com as coisas evoluem", disse o espanhol. E foi mais longe: “Se eu não estiver feliz, vou sair. Se eu não tiver a certeza de que a equipa corre para mim, vou-me embora", assegurou Contador, vencedor da Volta a França em 2007, bem como do Giro e da Vuelta em 2008.Lance Armstrong, sete vezes vencedor do Tour, decidiu regressar à competição no próximo ano, com o intuito de voltar a ganhar a prova rainha do ciclismo, objectivo também partilhado por Alberto Contador.A Astana não foi convidada para a edição deste ano do Tour, depois do controlo antidoping positivo do cazaque Alexandre Vinokourov, cujas análises revelaram transfusão sanguínea na edição do Tour 2007. Contudo, a equipa deverá voltar ao Tour em 2009. Resta saber quem será o líder."Toda a gente sabe que o Lance tem uma grande personalidade, ele monopoliza tudo", disse Contador, que tem dúvidas sobre o sucesso da permanência de ambos na Astana. "A mudança de equipa continua a ser uma possibilidade", garantiu o espanhol, que afirmou ter recebido muitas propostas.

Acessório para uma determinada equipe do A


Farrapeiros noturnos




De bicicleta e lambreta, pilotos reconhecem pista
Nos dias que antecedem a primeira prova noturna da história da Fórmula 1, os pilotos aproveitam para reconhecer o circuito de Cingapura e se familiarizar com o traçado da pista.
Nesta quinta-feira, alguns dos pilotos usaram diferentes meios de transporte para percorrerem o trajeto de rua montado na localidade asiática.
O alemão Nick Heidfeld foi um dos que esteve no circuito. De lambreta, ele andou pelo local. Já Felipe Massa preferiu passear de bicicleta pela pista, enquanto Kimi Raikkonen pilotou um carrinho de golfe.
O inglês Lewis Hamilton aprovou o circuito. "Com certeza, existe espaço de ultrapassagem. Vamos pilotar a quase 300 km/h à noite com luzes nos olhos. É isso que me deixa mais empolgado", afirmou.
Já o espanhol Fernando Alonso se mostrou preocupado com as zebras na curva 10 do circuito de rua de Cingapura. De acordo com o bicampeão, elas são altas demais e poderiam encurtar o fim de semana de alguns pilotos.
"Não foi a melhor solução que poderiam encontrar. Se alguém errar aquela chicane ou perder o traçado ideal, então teria que passar por cima da zebra, o que poderia danificar o carro", afirmou o espanhol.
A Federação Internacional de Automobilismo (FIA) levou o diretor de corrida Charlie Whiting para inspecionar a curva nesta quinta-feira e estuda uma solução.
A prova em Cingapura acontece às 9h (de Brasília) deste domingo. No horário local, a corrida está marcada para as 22h. Com um ponto a menos que Hamilton, Massa pode tomar a liderança do Mundial na Ásia.

Resultado 8° etapa da Meta e Chegada da Lagoa


Bem amigos estamos chegando na reta final alguns campeões já estão definidos, mas espero que esta possibilidade não tire a graça da última etapa que será realizada em outubro no dia 30/10.

Ontem pela primeira vez ocorreu 2 acidentes, no grupo B, sem maiores prejuizos fisícos ou materiais graças a DEUS. foi cassete puro até no pelotão C que compareceu em massa, fiquei muito satisfeito de ver a galera disposta a desser a lenha. Para o ano que vem os campeões do B e do C serão transferidos de categorias passando a correr no e no A e no B consectivamente. Também os 3 primeiros de cada categoria serão tranferidos. Vamos fazer um teste e ver no que que dá. Mudaremos também o horário de largada que passará ser 8.00 hs devido ao fluxo de transito ficar menor à partir deste horário. conto com a compreenção de todos. Parabéns a todos que participaram e um agradecimento especial a Cris pela entrega dos trofeus e ao padeiro que nos forneceu um delicioso lanche no final do evento.

Espero todos voces em outubro e sucesso amanha no Campeonato Mineiro.

Abr. Frango


Resultado:

METAS:

Grupo A Ivancler Sales Supermecardos

Grupo B Vinícius X PRO

Grupo C Douglas

Master Luis Elétrica Gutierrez/Cicle Viana


CHEGADAS:

Grupo A 1° Gilberto CDC/RED HOT/ CICLE VIANA

2° Luiz CDC/RED HOT/ CICLE VIANA

3° Múmia


Grupo B 1° Daniel

2° Vinícius X PRO

3° Du Cicle Viana


Grupo C 1° Douglas

2° Maclei

3° Iran


Master 1° Kleber

2° Luiz Elétrica Guitierrez/Cicle Viana

3° Tal Oficina da Bike


Abr. Frango

Fotos: 8° meta e chegada / Set 2008





Fotos: 8° meta e chegada / Set 2008





quinta-feira, 25 de setembro de 2008

Tem males que vem para bem rssssssssssssssss


Canditado apoiado pelo Pedal do frango


João sempre me apoiou no que se trata do nosso esporte. Sempre abriu os microfones da Rádio Itatiaia em nosso favor, explicando vários motivos do pedal na lagoa, acontecer na rua e não na ciclovia, pedindo paciência dos motoristas para conosco, divulgando todos os eventos desde que o Pedal do Frango foi criado.Então acho que é a hora de retribuirmos o que até hoje foi feito por nós atraves dele. Agradeço a todos e peço aqueles que não tem ainda candidato a vereador que leiam a proposta e pense bem e se possível de seu voto a ele.Abr. Frango

Ciclista de São Paulo Criam placa para alertar motoristas


Fonte por E-mail
Ciclistas criam placa de trânsito para evitar acidentes em SP
Ativistas espalharam placas na região da Avenida Paulista. Grupo quer garantir cumprimento de artigo do código de trânsito.
LINK DA MATÉRIA
http://g1.globo.com/Noticias/SNa

Praça dos Ciclistas, em plena Avenida Paulista, os defensores da bicicleta instalaram a décima placa de uma campanha informal para garantir, com segurança, o uso do meio de transporte em São Paulo. O grupo, que também organiza a Bicicletada, busca advertir os motoristas para a obrigação de ser mantida a distância de 1,5 metro durante a ultrapassagem de um ciclista, conforme determina o artigo 201 do Código de Trânsito Brasileiro (CTB). “A gente sabe que a maioria dos motoristas, ou melhor, praticamente todos, não sabem dessa lei. Os únicos motoristas que já vi conhecer a lei são justamente os que também pedalam”, afirma André Pasquallini, um dos cicloativistas que participa da iniciativa. As placas são feitas com material reciclável que o grupo recolhe de caçambas de entulho. Elas podem ser consideradas como a segunda etapa da sinalização informal que os ciclistas criaram para a capital paulista. Os primeiros foram os símbolos pintados no asfalto para demarcar uma via que também pode ser usada por bicicletas. Eles dizem já ter sinalizado 70 km de ciclofaixas na cidade. “É uma ação lúdica”, comenta o ciclista, que lembra que as viagens feitas com bicicletas dobraram nos últimos dez anos de acordo com a pesquisa Origem e Destino do Metrô. Procurada pelo G1 na tarde de quarta-feira (24), a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) não informou se há alguma iniciativa do órgão para coibir a colocação das placas ou realizar uma sinalização oficial com base no artigo do código defendido pelos ciclistas.

O último levantamento divulgado pela Prefeitura, referente ao ano de 2006, aponta que 84 ciclistas morreram em acidentes na cidade. Para protestar, os cicloativistas penduraram "
bicicletas fantasmas" em ruas da cidade. Atualmente, 300 mil viagens por dia são feitas com esse meio de transporte na capital paulista.
aoPaulo/0,,MUL772922-5605,00.html
Deveriamos seguir este exemplo Frango

Confirmado o retorno de Lance ao ciclismo

Fonte:
© 2008 LUSA - Agência de Notícias de Portugal, S.A.

Ciclismo: Armstrong confirma regresso "da Austrália à França" pela Astana
2008-09-24 19:11:32
Nova Iorque, 24 Set (Lusa) - O norte-americano Lance Armstrong, recordista de triunfos na Volta a França em bicicleta (sete), confirmou hoje o seu regresso à competição em 2009, da Austrália até ao "Tour", pela equipa Astana.
"Posso dizer-vos que vou correr em 2009 na equipa Astana", disse Armstrong, numa conferência de imprensa, em Nova Iorque, incluída no quarto fórum "Iniciativa Global Clinton", criado em 2005 pelo antigo presidente norte-americano Bill Clinton para a reflexão sobre os principais desafios mundiais nas áreas da Saúde, Educação e Ambiente.
O corredor texano, retirado há três anos, vai assim voltar a ser dirigido pelo director-desportivo com o qual obteve os maiores êxitos, o belga Johan Bruyneel, ainda com os patrocinadores US Postal e Discovery Channel, numa equipa que agora conta com o espanhol Alberto Contador, vencedor do "Giro" e da "Vuelta", em 2008, e do "Tour", em 2007, além do português Sérgio Paulinho.
Contudo, Contador já declarou estar disposto a abandonar o conjunto sedeado no Luxemburgo e patrocinado pelo Governo do Cazaquistão por sentir o seu lugar de chefe-de-fila ameaçado pelo regresso de Armstrong, mas considerou hoje "lógico" existirem "dois ou três campeões numa mesma equipa", num comunicado difundido pela Astana.
"As pessoas procuram criar controvérsias, mas, honestamente, não tenho quaisquer maus sentimentos em relação a Lance (Armstrong)", afirma Contador, no referido documento, que inclui ainda as declarações de Bruyneel, "muito honrado" e "cheio de vontade de voltar a trabalhar ao lado de Armstrong", com a certeza de que terá "o mesmo nível de carisma, paixão e influência na equipa, no Desporto e na comunidade da luta contra o cancro".
O texano prometeu "tentar estar o mais pronto possível", ressalvando não saber se será "o suficiente para ganhar", diferenciando a situação daquela vivida em 2001, por exemplo, já que, na altura, sentia "a confiança para dizer que ia ganhar".
"Honestamente, não sei. Estive longe da bicicleta durante três anos. Terei quase 38 anos. Portanto, não sei", continuou Armstrong, sobre a possibilidade de aumentar o número de vitórias na "Grande Boucle" para oito.
Armstrong tinha assumido o regresso à competição a 09 de Setembro e confirmou hoje que estará presente na próxima edição do "Tour Down Under", na região australiana de Adelaide, entre 19 e 25 de Janeiro de 2009, num plano de preparação para o ponto alto da temporada: a 96ª edição da Volta a França.
HPG.
Lusa/Fim.
keywords: desporto LANCE ARMSTRONG

domingo, 21 de setembro de 2008

Resultado Parcial das Metas e Chegadas da Lagoa


Resultado parcial das Metas e Chegadas da Lagoa (7° etapa)

O nosso ranca-rabo esta aberto e aí a cobra vai fumar. Façam suas contas e tracem suas estratégias. Resultado por números de vitórias até a 7° etapa. O critério de desempate será declarado campeão aquele que na última meta vencer. Pois a última vale dobrado.


Metas: Grupo A
Gilberto Martins CDC 2 vitórias
Edgard IB 2
Ivancler CDC 3

Grupo B
Márcio Boca Pam. T 1
Marcelo C.V. 3
Daniel Diniz C.V. 2
Vinícius Pam. T 1

Grupo C
Iran 4
Vinícius Diniz C. V. 2

Master
Luis C. V. 3
Kleber 2
Tal 1
Klever 1

Fem
Isadora 4

Chegadas: Grupo A
Giberto Martins CDC 3
Nilton Sales 1
Ivan Rezende CDC 2
Luis Fernando CDC 1

Grupo B
Gabiroba 2
Nedson 1
Daniel Diniz C.V. 2
Vinícius Pam T 2
Marcelinho C.V. 1

Grupo C
Iran 1
Vinícius Diniz C.V. 2
Maquilei 1
Douglas 1
Daniel 1

Master
Tal O. Bike 1
Juraci CDC 1
Adalto O. Bike 3
Luis C.V. 1
Klever 1

Abr. Frango

Penúltima Etapa das Metas e Chegadas da Lagoa



Quinta dia 25/09, teremos nossa penúltima etapa das Metas e Chegadas. Largada na Meta. Não esqueçam do macarrão.

Abr. Frango

sábado, 20 de setembro de 2008

Amigo do Frango






Cristiano Gomes da Mota (São José da Lapa) MTB

Equipe XPRO de Ciclismo



A Equipe XPRO de Ciclismo promete ser uma Força do Esporte em Minas Gerais
O Estado de Minas Gerais pode comemorar a criação de sua mais nova equipe de ciclismo profissional. Formado por 11 atletas, o time surgiu com o objetivo de dar forças para um esporte que vem, a cada dia, conquistando um número maior de adeptos.
A formação da equipe foi oficializada no dia 11 de setembro, em evento que contou com a participação de atletas, dirigentes esportivos e empresários de diversos setores que vêm contribuindo para dar mais força à prática esportiva.
Um dos idealizadores do projeto foi o atleta Lúcio Aleixo Filho, que aposta o sucesso da equipe no foco em certos tipos de provas.
"O objetivo principal da equipe é focar provas de circuito e pista e no desenvolvimento de atletas de categoria de base.
Hoje contamos com dois atletas da categoria júnior. Poucas equipes se preocupam com isso", disse.
O treinador da Equipe XPRO Ricardo Alcici também esteve presente no encontro e lamentou a falta de apoio para o ciclismo de pista no Brasil. "Aqui, infelizmente esta modalidade do ciclismo está engatinhando em relação a outros países.
Exemplo disso é a ausência de atletas brasileiros nas olimpíadas de Pequim.
Um dos projetos da nossa equipe é justamente ajudar a preencher essa lacuna", afirmou.
Para contribuir com o incentivo à prática do esporte, o grupo anunciou que fará uso constante do Velódromo de Contagem, localizado no Parque Fernão Dias que está em desuso há anos.
A equipe conta com o patrocínio da XPRO, empresa especializada na fabricação e comercialização de equipamentos médicos.
O diretor da XPRO, Sandro Moraes, que também é praticante do esporte, não escondeu sua satisfação em aliar a marca da empresa ao grupo.
"Quando vi o projeto, eu me lembrei de quando a XPRO foi criada, quando tínhamos o sonho de nos tornar o que somos hoje. O projeto tem tudo para dar certo, porque envolve pessoas sérias e com espírito de luta", comentou.
A equipe é composta pelos atletas Daniel Diniz, Edgard da Silva, João Bosco Marçal, Lúcio Aleixo Filho, Mário Silveira, Oliver Schmitzer, Rafael de Almeida, Ricardo Alcici, Rodrigo Gomes, Sandro Moraes, Vinícius de Almeida; e conta com o patrocínio da XPRO Sistemas, Diniz Pneus, Mai English, Vida Ativa, Goal Esportes, Mais Bike, Ponto do Atleta e a agência de publicidade Alternativa Laranja.

sexta-feira, 19 de setembro de 2008

evento


Amigos do Pedal.
Estivemos sem internet desde que desabou aquele temporal na nossa região.
Por isto estou rtificando um comunicado do secretário da Regional Pampulha.
Neste domingo está confirmado o evento RUA SEM CARRO. Contaremos com o apoio da Polícia Militar, BHTRANS e da própria prefeitura. Daremos 1 volta em velocidade de passeio e depois iremos apoiar o manifesto sobre a verticalização da lagoa.
Conto com a presença de todos vocês.
Abr. Frango

Previsão do tempo


quarta-feira, 17 de setembro de 2008

Previsão do tempo


Contra relógio animal

Galera no velodromo roendo os ossos.
Capitão trabalhando.
Com rodinha no Nordeste.








Cancelamento de evento


Amigos do pedal foi cancelado o evento do dia 21/o9 que seria realizado na orla da Pampulha neste domingo. Mas as 10.30 será feito um manifesto contra a verticalização da lagoa e seria uma boa que todos nós estivessemos lá para apoiar pois trata-se de interesse comum a nós do pedal.
Abr. Frango




segunda-feira, 15 de setembro de 2008

Jornada Internacional Na Cidade Sem Meu Carro

Este é o evento que vai rolar no dia 21/09 domingo, que fomos convidados e conto com todos vocês lá, pois é a prefeitura apoiando o nosso pedal. Então vamos dar o troco e comparecer, assim com o tempo as coisas ficarão mais fáceis para conseguirmos mais apoio para o ciclismo.. Preciso do apoio de todos vocês. O evento é gratuito. Teremos apenas que deixar o treino de domingo para outro dia. Não custa nada fazer isso. LEIAM O TEXTO COM ATENÇÃO.
Abr. Frango

A Jornada Internacional Na Cidade Sem Meu Carro, surgiu no ano de 1999 através de uma iniciativa francesa. È um movimento que tem sua origem na sociedade civil organizada com intuito de promover o resgate da rua como local de convívio social e não apenas como local de passagem dos automóveis, visa também o incentivo e valorização dos modos não motorizados e não poluentes de locomoção como, por exemplo, a bicicleta e até mesmo o andar a pé, e a questão ambiental, como a poluição do ar e sonora e o comprometimento da qualidade de vida das pessoas nas grandes cidades.
O movimento surgido na França logo se espalhou pela Europa dando origem à Semana Européia da Mobilidade, de 16 a 22 de Setembro, sendo o dia 22 de setembro o dia da Jornada, cuja proposta é que as pessoas deixem seus carros em casa neste dia e experimentem a cidade de uma outra perspectiva, percebendo que é possível se deslocar na cidade através do transporte público, de bicicleta ou mesmo a pé.
Neste dia as pessoas devem ter oportunidade de perceber como a presença imperativa do automóvel tem influência maciça no nosso dia-a-dia e principalmente nas decisões urbanísticas e administrativas das cidades em detrimento de outros modais de transporte.
No Brasil, o movimento chegou no ano 2001, através da iniciativa do Instituto da Mobilidade Sustentável Ruaviva, coordenador brasileiro da jornada, e Belo Horizonte é pioneira na adesão do movimento, tendo participado de todas as edições.
Para a iniciativa brasileira, procuramos dar um enfoque maior à questão do transporte público, sendo este de má qualidade e inacessível economicamente para boa parcela da população, vem desenhando contornos preocupantes no que se refere à mobilidade das pessoas nas grandes cidades.
A presença do automóvel se torna cada vez mais marcante enquanto o transporte público e a infra-estrutura para ciclistas e pedestres sempre é relegada a segundo plano.È preciso que o brasileiro crie a cultura do transporte público e também de modos não motorizados de deslocamento, como a bicicleta e andar a pé, como alternativas ao automóvel e à motocicleta.
Para tal devemos utilizar estes modos criando demandas para que o poder público invista nos mesmos, pois quanto maior o uso do automóvel maiores serão as necessidades de infra-estrutura viária que garantam a fluidez do trânsito, infra-estrutura esta que é finita uma vez que os espaços nas cidades já está saturados, apontando para o transporte público de massa, com qualidade, eficiência e economicamente acessível como a única solução para o caos no sistema de mobilidade das grandes cidades.
O Instituto Ruaviva propõe que na Semana de 16 a 22 de Setembro as cidades brasileiras façam a adesão ao movimento comprometendo-se assim a pelo menos colocar a questão da mobilidade urbana sustentável nas pautas dos governantes, da mídia e também da sociedade civil organizada.
Durante esta semana várias ações podem ser feitas, tanto de forma efetiva quanto de forma simbólica.
Do poder público podemos esperar ações que irão beneficiar o transporte público, os pedestres e os ciclistas, como por exemplo, a implantação de faixas exclusivas nos corredores viários para o transporte público garantido assim uma maior eficiência do mesmo, a instalação de bicicletários em estações do Metrô, integração de ônibus, ou em grandes instalações como parques, shoppings etc.
A Mídia tem papel preponderante para que possamos alcançar o objetivo de uma cidade mais justa e agradável no que tange a mobilidade urbana, ela deve pautar o assunto de forma jornalística expondo os problemas e colocando o debate para a sociedade.
Ao cidadão comum e as organizações não governamentais cabe o engajamento através da mudança de comportamento e da conscientização da necessidade de reivindicar ao poder público ações mais efetivas e investimentos na área.
Para chamar atenção dos administradores das várias esferas de governo e da mídia ações simbólicas como passeatas, eventos públicos, passeios ciclísticos, debates e seminários são muito eficientes.
Em Belo Horizonte, que tem a organização do evento sob responsabilidade do Comitê BH pela Mobilidade Sustentável composto por várias entidades, já virou tradição a Rua Verde, que consiste em interditar o trânsito em uma rua e no dia 22 de setembro, ocupar este espaço de forma diferente.
O asfalto é coberto por grama, atividades culturais são desenvolvidas ao longo de todo o dia e as pessoas podem experimentar como seria uma rua sem carros e sem trânsito.
Outras ações também são de extrema importância, como os passeios ciclísticos, uma vez que a bicicleta pode ser uma alternativa bastante plausível ao automóvel.
No intuito de colaborar com o movimento em Belo Horizonte a Regional Pampulha propôs a interdição de parte da Orla da Lagoa da Pampulha no dia 21 de setembro como parte da programação da Semana Brasileira da Mobilidade (16 a 22 de setembro), por se tratar de um local bastante significativo para a cidade, a idéia foi amplamente aceita pelo Comitê, que propôs que um passeio ciclístico fosse realizado na Orla neste dia para dar maior força e visibilidade a ação.
O Pedal do Frango, foi assim indicado pela Regional Pampulha para colaborar com a ação.

Conto com todos voces neste domingo, não me deixem na mão.
Abr. Frango

domingo, 14 de setembro de 2008

Resultado final Voando Baixo p/ Confins

Parabéns aos campeões deste evento. Abr. Frango
Recebido por e-mail.

Ciclismo paraolímpico em Beijim

Provas de ciclismo acabam com vantagem mínima
Portal Terra
SÃO PAULO - As duas provas de ciclismo de estrada realizadas na manhã deste domingo (horário local), nos Jogos Paraolímpicos de Pequim, foram decididas por um segundo. Em cada uma das finais, três atletas brigaram pela medalha de ouro até os metros finais.
Na categoria HC C, disputada por atletas com perda total da mobilidade dos membros inferiores e outras inabilidades funcionais menores, o vencedor foi Ernst van Dyk. O sul-africano completou os 48,4 km do percurso em 1h21min40.
Assim, Van Dyk venceu os norte-americanos Alejandro Albor e Oz Sanchez por apenas um segundo. Na análise da chegada, Albor levou a melhor sobre o compatriota e conquistou a medalha de prata. Nenhum brasileiro disputou a prova.
A final da categoria HC B, disputada por atletas com perda da mobilidade do tronco e das extremidades inferiores, também não teve brasileiros. A medalha de ouro ficou com o suíço Heinz Frei, que fechou a disputa em 1h28min25.
Assim como Van Dyk, Frei cruzou a linha de chegada com dois ciclistas no encalço. O alemão Max Weber e o libanês Edward Maalouf completaram o percurso um segundo após o vencedor, com mínima vantagem para o xará do filósofo e sociólogo
Fonte: JBrasil

Ciclismo paraolímpico em Beijim



Em Pequim
Brasileiros encerram participação no ciclismo
Plantão Publicada em 13/09/2008 às 11h39mLancepress
SÃO PAULO - O Brasil encerrou sua participação nas competições de ciclismo dos Jogos Paraolímpicos de Pequim, neste sábado, com as disputas das provas de estrada. Soelito Ghor foi o sexto colocado na categoria LC1/LC2/CP4, com o tempo de 1h39min13s, e Flaviano Carvalho terminou a prova da LC3/LC4/CP3 na 14ª colocação, com 1h34min15s.
Na LC1/LC2/CP4, a medalha de ouro foi conquistada pelo italiano Fabio Triboli, com 1h46min36. A prata foi para o francês David Mercier e o bronze para o austríaco Michael Gallagher.
Já na LC1/LC2/CP4, o britânico Darren Kenny ficou com o ouro, ao terminar em 1h37min00s. Em segundo, com a prata, terminou o espanhol Javier Ochoa, seguido pelo tcheco Tomas Kvasnicka, em terceiro, com o bronze.
Fonte: O Globo

sexta-feira, 12 de setembro de 2008

Trofeu Chupa Rodas


Amigos achei que a disputa seria mais acirrada mas tem atleta dando uma lavada na galera. Aí vai uma parcial:
Motorola 2 votos
Monareta 2 votos
Juney 2 votos
Sapateiro 1 voto
Wilam 20 votos
Continuem votando mas so pelo e-mail pedaldofrango@gmail.com ou mensagen de celular 88171472.
Não adianta achar ruim é só uma brincadeira e vai ter que levar o trofeu para casa.
Abr. Frango

Atenção na data da última etapa do Voando baixo p/ Confins


Por e-mail


DEVIDO NOVAMENTE A ALTERAÇÃO DA DATA DO CAMPEONATO MINEIRO PARA O DIA 28 ,E COMO TAMBEM TEMOS NO DIA 21 O EVENTO COMEMORATIVO AO DIA MUNDIAL SEM CARRO NA LAGOA ONDE A UNIÃO E O PEDAL DO FRANGO CONTA COM A PRESENÇA DE TODOS EM APOIO A PREFEITURA DE BH .

FICOU DEFINIDO QUE A ULTIMA ETAPA PARA CONFINS SERÁ MESMO NESTE FIM DE SEMANA COMO PRIMEIRAMENTE DIVULGADO. DIA 14/09Saída as 7:30.

A LARGADA NO MEMOS LOCAL DE COSTUME. (ARÉA FECHADA PELA PREFEITURA). COM O AUMENTO DO PERCURSO E O FORTE CALOR DOS ÚLTIMOS DIAS A LARGADA SERA MAIS CEDO , PORTANTO SOLICITO A TODOS QUE CHEGUEM MAIS CEDO PARA NÃO ATRASSAREM A NOSSA SAIDA SIMBÓLICA.

VALOR JA DIVULGADO PARA ESTA ULTIMA ETAPA R$10,00, PARA AJUDAR NAS COMPRAR DOS TROFÉUS.



Marcelo Casteloes Diretor Tecnico Esportivo U.C.R.D.M.G

Armstrong pedala para a Casa Branca

Lance Armstrong vai regressar ao ciclismo profissional. Não para fazer meia-dúzia de corridas, ajudar a reabilitar o pelotão ou para ganhar dinheiro. O sete vezes vencedor da Volta a França quer, aos 37 anos, ganhar mais um Tour.
O céu é o limite para Lance Armstrong. O texano atingiu, em 2005, a glória velocipédica, quando conquistou sete Voltas a França consecutivas. Antes desse feito, havia anunciado que encostaria a bicicleta mal descesse do pódio de Paris e assim aconteceu. Desde esse momento até hoje, Lance dedicou-se à fundação "Livestrong", criada por ele mesmo, para lutar contra o flagelo do cancro.
Segundo o próprio Lance, o regresso ao exigente mundo do ciclismo profissional é mais um passo para dar força a quem padece de cancro. É, portanto, um segundo regresso, de um dos atletas mais fantásticos de sempre, que, a meio da década de 90, contraiu cancro (nos testículos) e renasceu das cinzas para se tornar num dos grandes campeoníssimos do ciclismo.
"Nunca desistam" é a mensagem que Lance Armstrong quer passar, nas pedaladas da vida, do desporto e, agora de forma mais clara, da política.
Numa entrevista concedida à revista norte-americana "Vanity Fair", que serviu para antever o anúncio do regresso, Armstrong revelou que, desde que se retirou do ciclismo profissional, nunca deixou de treinar e de pedalar. Na maior parte dos dias levanta-se às 5.30 horas, pega na bicicleta e percorre umas boas dezenas de quilómetros. Pelo meio, tem participado em algumas provas de BTT, com resultados aceitáveis.
"Só tenho um problema. Às vezes, doem-me as costas", revelou o campeão, adiantando que "isso resolve-se com mais e melhor treino".
Dos vários exemplos dos regressos bem sucedidos à alta competição, Lance Armstrong inspirou-se no caso da nadadora norte-americana Dara Torres, que, aos 41 anos, e depois de duas paragens para ser mãe, voltou para ganhar três medalhas de prata nos Jogos Olímpicos de Pequim. O desporto conhece outros casos de regressos bem sucedidos, como os de Mohammed Ali e Goerge Foreman no boxe, de Michael Jordan no basquetebol ou de Alain Prost na Fórmula 1.
No seio do ciclismo profissional, o retorno de Armstrong tem provocado mais dúvidas do que certezas. Alguns dizem que Lance é homem para ganhar de novo a Volta a França, outros consideram que não tem qualquer hipótese. Entre estes, a opinião mais contundente é a de Federico Bahamontes, o primeiro espanhol a ganhar o Tour (em 1959). "Armstrong não ganha a Volta a França nem bêbedo e nem com todo o pelotão comprado", sentenciou o "Águia de Toledo", na experiência dos seus 80 anos.
Os organizadores do Tour encaram a situação com cautelas e o responsável máximo, Christian Preudhomme, lembrou que "quem quiser participar na prova deverá respeitar o regulamento antidopagem, que mudou nos últimos anos".
De todas as formas, Armstrong promete voltar a marcar o ciclismo de forma mediática e ganhar ainda mais admiração, para iniciar uma carreira política, cuja pedalada só irá parar na presidência dos Estados Unidos.

Notícias de Beijim (Ciclismo para olimpíco)


Brasileiros ficam em sexto e nono no ciclismo
Plantão Publicada em 12/09/2008 às 10h55mLancepress
Os ciclistas brasileiros Soelito Ghor, da categoria LC1, e Flaviano Carvalho, da LC3, terminaram a prova contra o relógio do ciclismo de estrada, nos Jogos Paraolímpicos de Pequim, na sexta e na nona colocação, respectivamente.
Na LC1, Soelito Ghor chegou a ocupar a terceira colocação durante a prova, mas terminou os 28,4km do percurso em 35min50s02. A medalha de ouro ficou com o alemão Wolfgang Sacher, com o tempo de 34min41s62. Em segundo, terminou o austríaco Wolfgang Eibeck, com 34min52s20, seguido pelo italiano Fabio Triboli, com 35min23s70.
Já na LC3, Flaviano Carvalho teve um tempo total de 40min44s90. Em primeiro, com o ouro, terminou o francês Laurent Thirionet, com 38min00s31. A prata ficou com o britânico Simon Richardson, com 38min23s73, e o bronze com japonês Masaki Fujita, que terminou em 38min38s96.

quinta-feira, 11 de setembro de 2008

Nova equipe de ciclismo X-PRO

EXCLUSIVA
A X-Pro (Equipamentos para Medicina) tem o prazer de anunciar a nova Equipe XPRO de Ciclismo.
A mais nova equipe de ciclismo profissional de Minas Gerais está contando com o patrocínio de várias empresas, como a Mai English, Diniz Pneus, Anodiminas e Vida Ativa Treinamento Esportivo, além da própria XPRO.
A estréia da equipe será no próximo Campeonato Mineiro de ciclismo, a ser realizado dia 20 e 21 de Setembro de 2008.
Os objetivos da equipe para o próximo ano são de participar de provas de nível nacional e de figurar entre as 15 melhores equipes do país.

DESEJO A NOVA EQUIPE TODA A SORTE E FELICIDADE NOS PRÓXIMOS CAMPEONATOS. QUE TENHA UMA FELIZ ESTRÉIA.
ABR. FRANGO

Obs.: aguardem fotos

O homem das 1000 faces adivinha quem é?


Advinha quem é?